# # #

Primeiro gozo e punheta amiga pro tiú e mais umas histórias que do antes da punheta

961 palavras | 3 |5.00
Por

Essa é uma história verídica da primeira vez que gozei e em seguida bati uma pro meu tiu

Eu devia ter uns 12 anos na época e sempre fui um garoto tímido, nunca saia de casa e sempre ficava jogando vídeo game até tarde, até que eu finalmente conheci meu tio, eu nunca tinha visto ele,l (não que eu lembra-se) ele ficou feliz em me ver e sempre que ele me visitava íamos no shopping sair e comprar coisas, até que em determinado momento vi meu tio de cueca, foi estranho porque eu fiquei curioso e animado, lembro de ter ficado com vergonha mas ao mesmo tempo com vontade de ver mais vezes ele de cueca, até que comecei a tentar espiar ele pelo buraco da fechadura do banheiro, mas não conseguia ver nada.

Até que um dia meu tio dormiu no meu quarto numa cama reserva que tínhamos, em casa temos uma mania até hoje de dormir com a tv ligada, então o quanto ficava iluminado com a tv, eu fiquei olhando pro meu tio e fiquei excitado, não sei o que deu em mim, fiquei tão animado para ver ele de cueca que fui até a cama dele no meio da noite e fiquei tocando o dedo na calça dele na região do saco, eu tinha medo de tentar pegar com a mão cheia mas eu com meu dedo indicador conseguia sentir um pouco do conteúdo que estava por baixo do shorts dele, isso foi o suficiente para eu tentar extrapolar um pouco mais, como ele era adulto e tinha um sono mega pesado eu tentei abrir o velcro do shorts dele com sucesso consegui ver um pouco do volume da cueca dele, eu fiquei com coração batendo muito forte bem devagar eu fui com a minha mão formando uma concha e eu acomodei minha mão no volume da cueca dele, fiquei de pau duro na hora e comecei a sentir o calor do volume da cueca dele, então ele se mexeu e eu saí correndo pra minha cama e fingi dormir, ele obviamente tinha percebido o que eu fiz e foi até a cama pra tentar falar comigo, ele mexeu em mim e me chamou mas eu fiquei imóvel pra tentar fingir q não fiz nada, até que ele disse o seguinte “eu sei o que você estava fazendo” logo depois de voltar pra cama, eu geleia na hora e peguei no sono.

No dia segunda eu fiquei com vergonha de falar com ele, mas não foi necessário pois ele veio até mim kkkk aí a história fica muuuito boa pqp

Meu pai e minha mãe estavam no trabalho e iriam demorar muito pra chegar, então meu tio podia fazer muita coisa comigo, ele veio até mim e me chamou pro quarto, eu fui e ele me mostrou umas revistas porno com umas mulheres peladas, ele me entregou e deixou eu olhando enquanto me observava, ei fiquei com vergonha pois ele estava testando se eu gostava de homem ou de mulher, pois com as mulheres na revista eu não sentia porra nenhuma, até que ele disse ” vê essa daqui é bem melhor” e me entregou uma revista de homens, na hora eu fiquei de pau duro e ele logo percebeu, ele disse bem assim “porra então vc gosta de vê pau né” eu comecei a negar e dizer que não era viado até ele falar “deixa eu te mostrar uma coisa bem gostosa” então ele baixou meu short e ficou vendo meu pau meio duro meio mole, daí ele me mandou olhar as revistas de homem e eu olhei deixando meu pau mega duro, daí ele falou “é isso mesmo vc gosta de homem” e sem falar nada ele segurou meu pau bem firme e ficou olhando nos meus olhos enquanto segurava, ele dizia “como você se sente?” E eu ficava com vergonha até ele começar levemente a bater uma punheta em mim, era a primeira vez que eu sentia prazer sexual, ele ficava intercalando de rápido pra devagar e sempre me olha do no rosto e perguntando como eu me sentia, ele não batia rápido e ficava fazendo pequenas pausas pra eu não gozar rápido, ele ficou me manipulando por uns bons minutos até eu finalmente sentir uma sensação que me fez contorcer todo até eu ficar vesgo e com a visão escura, ele tinha me feito gozar pela primeira vez, eu disse que tinha adorado e que nunca tinha feito isso, daí ele disse “vc vai precisar praticar pra fazer direito em vc, então eu vou te ajudar” então ele me limpou e depois ficou sentado na cama só de camisa, sem short e cueca, com o pau pré duro, eu fiquei muito feliz por ver pessoalmente um pau daquele jeito, era bem grande e com os pelos raspados, ele tinha uma barriga peladinha magrinha, eu pegou minha mão e fez eu segurar o pau dele meio mole, e ele disse ” vou deixar vc sentir ele latejar” e depois de alguns segundos ele ficou com o pau mega duro, eu lembro te ter ficado impressionado porque era muito Grande pra mim na época, eu me disse para bater uma pra ele e assim o fiz ,tentei fazer o mesmo que ele, bater rápido e devagar mas ele disse que iria demorar pra gozar e que eu poderia bater bem rápido, e eu fiquei lá, fazendo trabalho braçal até ele gozar litros na cama, desde aquele dia, sempre que tínhamos tempo ele ia bater uma pra mim, nem sempre eu batia uma pra ele, mas as vezes rolava, mas ele sempre me masturbava quando dava.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 5 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mamador discreto de Recif ID:41igm29o499

    Devias ter aproveitado e dado um mamada na pica dele e depois dado o cu pra ele fuder bem gostoso

  • Responder Barbeiro ID:477hqpbz49b

    Tesão. Amo punheta. Só de imaginar fica babando o pinto.

  • Responder Paulo Henrique. ID:w72lbed1

    Gostei muito lendo esse conto
    [email protected]