# # #

Meu filho se mostrou tarado por mim – o ciúme

2522 palavras | 43 |4.66
Por

Oi, pessoal!

Fico muito feliz ao ler o comentário de cada um/uma de vocês. Não comento um a um simplesmente por falta de tempo, afinal acho desrespeitoso não responder à altura do que vocês merecem. Muito, muito, muito obrigada a cada um/uma de vocês!

E percebi uma coisa também: não sabia que meu conto também causaria revolta. Há quem só venha em busca de atestado de veracidade. Não sabia que precisava disso para publicar.
Outros que querem dar o norte da história, querendo acrescentar alguém que não existe até então. Pensarei na ideia de coautoria para os próximos textos.

Ah,
E lembrando: o e-mail que publiquei aqui deu problema. Por isso não respondi a alguns.
Reativei um antigo e-mail: [email protected]

Esse era do meu marido e ele nem usa mais. Então, vou usar até fazer um novo.

Continuando…

No dia seguinte, após a ida de meu marido para o trabalho, estava eu sentada na poltrona da sala, com os pés estirados no centro de vidro, tomando meu suco de laranja e assistindo ao telejornal. De repente, Lucas acorda com aquela cara de sono e vem peladão já se masturbando.

– Bom dia, meu amor!
– Bom dia, gostosa! – disse, já me dando um beijo na boca.

Simultaneamente, ele segurou também no meu copo de suco, mirou o pinto e deu 3 gozadas fartas.

– Leite grosso para você, putinha.
– Já amanhece o dia com a safadeza a mil, não é, seu sem-vergonha?!
– Foda-se! – e saiu rumo ao banheiro.

Comecei a rir em silêncio. Achava o máximo aquele jeito dele e tudo aquilo que ele fazia. Sinceramente, pessoal, eu acho que é por isso que muitas meninas adolescentes querem ficar e namorar aqueles meninos mais debochados, largados, pervertidos. Lucas sempre foi muito educado e obediente, mas a veia adolescente dele é forte no quesito cara de chatice, deboche, perversão e safadeza. E eu amava!
Acho que se eu fosse adolescente e vocês fossem meus pais, diriam: “Minha filha, larga esse moleque com cara marrenta e insuportável!” Ou, se me vissem agora, diriam: “Mariana, você uma mulher casada e de 32 anos (na época) se envolvendo com esse moleque arrogante que não tem nem 15. Se respeite”. Mas era justamente isso que me dava o plus do tesão.

Meu marido sempre foi um grande homem e bastante educado, super gentil e atencioso. Para mim, é um excelente contraste, pois Lucas exala safadeza o tempo todo, falta de pudor, obscenidades, petulância. Acho que foi isso que me fez mergulhar nessa relação com Lucas.

Vi aquele creme grosso e branco no meu suco e fui bebendo aos poucos, para degustar mesmo. Nem preciso dizer que, nessa hora, a buceta estava bem molhada. Quando acabei o suco, Lucas voltou à sala, subiu na poltrona, colocando os dois pés nos braços dela, e ficando assim com o pinto na altura do meu rosto. Apenas abri a boca:

– Caralho! Ter um boquete desse logo pela manhã é bom demais! Não pare, sua puta!

Obviamente, não parei até ele gozar na minha boca, dessa vez bem pouco, afinal já havia gozado muito no meu suco.
Depois, ficou batendo o pinto na minha cara, me deu um tapa, desceu e olhou nos meus olhos:

– Para você saber que seu homem sou eu.
– E alguém duvida disso?
– Sou mais homem que meu pai.
– Que seu pai, não. Que o corno do seu pai!

Rimos bastante juntos. Nossa cumplicidade estava estourando todos os limites. A gente só vivia se agarrando, se esfregando, se beijando, se lambendo, falando as piores safadezas.

Porém, Lucas e eu estávamos vivendo como namorados mesmo, namorados de verdade. Claro, exceto quando meu marido estava por perto, que aí agíamos como mãe e filho. Fora isso, éramos um casal de verdade. E não pensem vocês que eu estava encenando o papel de namorada, não. Eu incorporei a namorada dele e me sentia namorada dele e sabia que eu era a namorada dele. Tanto eu quanto ele estávamos amando aquilo.

E, obviamente, agíamos como namorados. Eu pedi para ele me ligar e, quando tocou meu celular, estava no contato dele “Lucas Gostoso (namorado)”. Ele ficou todo feliz, achando-se o cara. Ele também mudou meu contato, que saiu de “Mãe” para “Mariana Namorada (puta)”.

De imediato, peguei o celular de Lucas e comecei a olhar seus contatos e também suas mensagens. Nunca fiz isso no papel de mãe, porque sempre achei uma baita invasão de privacidade. Também nunca o fiz enquanto uma esposa. Porém, na função de namorada…

– Está fazendo o quê, Mariana?
– Olhando seus contatos e suas mensagens. Algum problema?
– Mas você nunca fez isso antes.
– Sua mãe nunca fez isso antes. Mas sua namorada tem toda a autoridade do mundo para fazer. Seja homem o suficiente e tire o celular de mim.

Coloquei o celular bem no rosto de Lucas, mas ele nem se mexeu. Com certeza queria tirá-lo de minhas mãos, mas não se atrevia a isso. Ele sabia que quando eu dizia uma coisa, ninguém passava por cima da minha palavra. Isso já ocorria no papel de mãe, e no de namorada não foi diferente.

Vi uma mensagem de uma tal de Bia, uma colega dele do colégio. Ela dizia que estava com saudade dele e mandou uns emojis de beijos. Aquilo me deu uma raiva, um ciúme imensurável. Nunca fui uma mulher ciumenta em si (a não ser se houvesse algum motivo bem explícito), mas aquilo me deixou furiosa até demais. Realmente, pessoal, você podem estar me achando ridícula, patética ou qualquer coisa do tipo. Mas, como temos um diálogo bem franco, estou sendo super sincera: eu fiquei com muito ciúme mesmo.
Depois, eu comecei a ficar com receio de mim. Afinal, se eu estava com todo esse ciúme de Lucas, então é porque eu já tinha internalizado de verdade que eu era namorada dele. Comecei a dar uns tapas nele e ele me conteve:

– Que foi, Mariana?
– Quem é essa tal de Bia, Lucas?
– É uma menina lá da turma. Que foi que houve, hein?
– Quer dizer que ela está com saudade de você, é, seu safado, sem-vergonha?
– Isso não é nada de mais, Mariana. Deixe de besteira.
– Besteira porra nenhuma, seu safado, moleque.

Acho que ele se assustou quando me viu xingar. Ele realmente percebeu que eu estava falando muito sério mesmo.

– É só uma amiga minha, Mariana. Ela sempre manda esse tipo de mensagem para todo mundo de lá.
– Diga a essa vagabunda que você já tem namorada. E você tome vergonha na sua cara, seu safado. Na hora de me pedir em namoro, soube ficar feito um capacho aos meus pés. Agora vem com essas putarias com essa safada aqui. Você me respeite, Lucas, ou então eu ponho um ponto final em tudo.

Ele se ajoelhou e me implorou para eu não fazer aquilo. E, tomando o celular de minha mão, apagou imediatamente o contato dela.

– Pronto! Está melhor assim?
– Está.
– Mariana, desculpa, meu amor. Aquilo não foi nada mesmo, mas você está com razão. Você me perdoa?

Hesitei um pouco e respondi:

– Perdoo, mas que isso não se repita. – respondi, fazendo aquele bico de menina mimada.

Lucas já veio para cima de mim, com aquele estilo bem moleque aproveitador que sabe contornar as situações.

– Minha putinha ciumenta!
– Sou mesmo. Sou só sua, a sua putinha.
– Quer pica, sua puta?
– Quero.
– Fale mais alto.
– Quero, seu safado! Pode me dar pica na boca, na buceta, no cu, na cara, onde você quiser.

Lucas não pensou 2 vezes. Tirou toda minha roupa com tanta força, deu-me uns 8 tapas na cara e enfiou aquele pinto todo de uma vez na minha buceta.

– Ai, amor! – gemi e gritei com a penetração súbita.
– Vá se fuder, sua piranha. Se doer, eu quero que você vá tomar no seu cu, cachorra.
– Ai, meu gostoso, que delícia.
– Delícia é a cabeça da minha pica, sua pau no cu do caralho.

Quanto mais Lucas me xingava, mais eu gostava e gozava. Dessa vez, não aguentei nem 2 minutos diante de tantos insultos obscenos que ele me deu. Depois, segurou meus seios com força e gozou bem fundo. Senti aqueles 2 jatos inundando meu útero.

– Isso é para marcar território, sua piranha. E saiba que Bia não é porra nenhuma minha, não. Só você é minha cadela.
– E só eu posso ser sua cadela mesmo. Mas nenhuma dessas putas.

Fomos para a cama e dormimos de conchinha, ambos pelados.

Mais tarde, fomos à nossa loja. Como já disse anteriormente, eu antes trabalhava lá com meu marido, mas depois decidi não ir mais, o que para ele foi bom, pois, como temos apenas funcionários homens, ele sentia muito ciúme.
Lucas e eu passamos lá apenas para pegar um papel que eu estava precisando para fazer umas coisas minhas. Nessa hora, 2 funcionários vieram me cumprimentar com muita educação e gentileza, mas nem demorei muito.

Lucas ficou no carro. Assim que eu entrei e liguei a chave, ele já foi dizendo:

– Aqueles dois otários estavam olhando para você.
– Quem disse?
– Eu vi, porra. Eles não paravam de olhar para a sua bunda nem para a sua buceta, sua puta.

Eu tinha ido com uma legging preta somente porque seria coisa rápida. Realmente, marcava um pouco, principalmente minha buceta por ser peluda, como já falei.

– Meu amor, eu nem estou vindo mais aí. E você acha que eu vou dar mole para aqueles dois lá?
– Vá tomar no seu cu, Mariana! Vá tomar no seu cu! Vá tomar no cu! – gritava bastante revoltado dentro do carro.

Lucas estava vermelho, irado, com um ciúme como eu nunca vi igual.

– Calma, meu amor. Desculpa. Não foi minha intenção.
– Não foi sua intenção uma pica no seu cu, sua piranha do caralho.
– Por favor, meu amor. Desculpe-me. É sério. Perdoe.
– Encoste o carro em algum lugar para eu dar um tapa na sua cara, sua piranha. É o mínimo que você merece agora.
– Eu sei, meu amor. Vou encostar.

Encostei o carro em uma rua nem tão deserta assim. Lucas apertou meu rosto, fazendo-me ficar com aquele bico de peixe, e me deu 2 tapas na cara.

– Sua puta do caralho, já não basta ter que dividir você com aquele corno. Não quero ver filho da puta nenhum olhando para namorada minha, não. Quem olha para o seu rabo sou eu, quem olha para sua buceta sou eu. Entendeu, caralho?
– Entendi, meu amor. Desculpa.

Tentei dar um beijo na boca dele, mas percebi que Lucas estava com muita raiva.

– Em casa você vai ter o que você merece, cadela.

Assim que chegamos em casa, coloquei o carro na garagem e Lucas desceu dando uma verdadeira porrada na porta do veículo. Entrou em casa furioso. Sabia que íamos ter uma primeira DR.
Assim que entrei em casa, ele ordenou:

– Vá para o quarto!

Nem me atrevi a falar nada. Apenas obedeci.
Assim que entrei, ele também entrou e tirou toda a sua roupa. Seu pinto já estava totalmente duro, rijo demais. Ele foi curto e grosso:

– Fique nua!

Tirei toda a roupa, também ficando pelada. Pensei que iria rolar mais sexo violento, como nós dois gostamos muito. Mas não! Lucas estava bastante irritado.

– Mariana, você ficou com ciúmes de mim mais cedo e eu quase morri de ciúme agora. Eu me desculpei apagando o contato de Bia. Agora você vai ter de se desculpar comigo.
– O que você quer que eu faça, meu amor?
– Você vai sentar com o cu na minha pica, mas sem lubrificação nenhuma.

Quase entrei em pânico quando ele falou aquilo. Pensei em argumentar algo, mas ele já deu uma intimada:

– Já veio, porra. Sente com o cu na minha pica.

Meio sem reação, subi na cama enquanto ele apontava o pinto na direção do meu cu. Fui descendo aos poucos.
Dar o cu já era uma tarefa difícil em qualquer situação. Pode haver os melhores lubrificantes do mundo, mas por ser algo apertado, deve ter todo o cuidado.
Imaginem só ter de dar o cu sem qualquer lubrificação.

– Mariana, sua puta, ou você vai sentar mesmo que seja devagar ou eu vou te puxar até atolar meu pau no seu cu.
– Não, meu amor. Eu sento, eu juro.

E fui sentando. Quando senti a cabeça do pinto dele topando na entrada do meu cu, já sabia o quanto iria sofrer. Por mais que o pinto de Lucas fosse de tamanho e espessura normais, com certeza seria dolorido. Sentei aos poucos e o senti literalmente me arrombando. Eu estava começando a gritar de dor e Lucas todo feliz, num tesão desenfreado:

– Isso, piranha! Senta mais, senta.
– Ai, meu amor, está doendo muito.
– Foda-se! Vai tomar no cu direitinho agora.

Quanto mais eu sentava, mais eu sentia aquele pinto me rasgar. Eu estava sentindo muita dor, mas também muito tesão em sentir aquela dor. Não dá para explicar, mas era isso mesmo.
Quanto mais eu sentia dor e mais eu via Lucas todo feliz e arrogante, mais tesão eu sentia.
Então, chutei o pau da barraca: se era para sentar, então que eu sentasse de vez. E assim o fiz. Dei um grito de dor insuportável como eu nunca senti na vida, mas com um tesão também incontrolável.

– Isso, sua puta. Bandida! Vadia!
– Eu tenho que sentir dor mesmo, meu amor. A culpa foi minha por você ter sentido ciúme hoje.

E comecei a cavalgar e a rebolar com gosto, por mais que a dor continuasse. Mais algumas cavalgadas e Lucas gozou no meu cu com gosto.

– Porra, Mariana. Você é a puta mais gostosa do mundo.
– E você o macho, namorado, amante mais tesudo do universo. – disse isso, deitada de costas sobre Lucas, enquanto ele apertava meus seios e puxava os pentelhos de minha buceta.

Depois, descobri que tanto Lucas quanto eu tínhamos uma tara em comum: exibicionismo com risco de sermos pegos.
Mas, infelizmente, só poderei contar amanhã porque houve um imprevisto que mais tarde falarei qual é.

Beijos, meus amores!

P.S.: Não tive tempo de fazer uma correção gramatical. Peço desculpas por possíveis equívocos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,66 de 50 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

43 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Marcos Campo ID:8bvve16341o

    Oba… hoje tem conto meu povo, Mariana, já estou contando os minutos …

  • Responder Mariana Garcia ID:on92xrmv9bm

    Teremos conto hoje, pessoal.
    Perdoem-me, mas é que houve uma série de imprevisto que, mais à frente, contarei a vocês.
    Mais uma vez, perdão, pois não quero ficar em dívida com vocês, que tanto prestigiam meus textos.

    • Paulo ID:dct0dgd9a8

      Vc e uma delícia de mamãe

  • Responder Gaibon ID:1reqqw40q

    Você se diz peludona nas partes íntimas. Tem mais algum lugar onde você deixe maiorzinho? Tipo axilas e pernas? ou vc sempre depila? seu filho demonstrou interesse nesses outros pelos e partes do corpo? e vc transpira muito que nem ele? rsrsrs. Gosto de mulheres cheias de tesão, pelos, seios fartos e suor . Deixa um tom sexy e selvagem hehehe

  • Responder Italion ID:yazafmrh1

    Mas um dia sem conto? Aconteceu alguma coisa? Por favor nos responda

  • Responder Marcos Campo ID:45xxp0l1k0ck

    Será que teremos um conto novo hoje?, sem pressionar é claro.

  • Responder Mestre ID:10cq667cm9a6

    Calma linda, todo grande inscrotor(a) é assim, você posto os primeiros contos sem pressão, ai chegou o sucesso, todo mundo adorou, então você tem receio de estragar, ou cometer algum erro, bem vinda a raça humana, isso é normal, relaxa, quando vc estiver pronta continua a saga, abraços…

  • Responder Matheus Costa ID:bf9xqgx20k7

    Aconteceu alguma coisa Mariana?

    • alo ID:830xnlf08ll

      Achava que não ia dar certo mesmo publicar 1 por dia, fica tendo uma pressão para postar e acaba desgastando. Isso de escrever um conto por dia é complicado.
      Se fosse uma historia diferente todo dia, ate que seria mais facil. Agora continuar uma historia todo dia assim, que tem que todo dia pensar em coisas novas para adicionar e nao ter furos e etc, é complicado.

  • Responder Estrupadro14 ID:w72xp9430

    Quro Rasgar seu Cu sua Puta Cadela.
    Muito Bom conto.

  • Responder Mauro Reis ID:10cq667cm9a6

    Assim como aconteceu com o Lucas, que tal nos proibir de gozar lendo outro conto que não seja o seu Mariana?

    • André Cruz ID:10cq667cm9a6

      Mauro, eu concordo, só gozo com as histórias da Mariana

  • Responder Andrson ID:3eez9jpbd9a6

    Muito exitante seu conto

  • Responder ID:h480xp6zl5

    Esta incrível, fiquei aguardando o próximo mas ainda não saiu kkkk amanhã eu vejo!!
    Quero saber o finaaaal

  • Responder Nei ID:3v6otnn920ii

    Tesao ao extremo

    • Mestre ID:45xxp0l1k0c3

      Espero que esteja tudo nem com nossa Heroina, ontem ela teve um imprevisto e hoje, pela primeira vez, não postou nosso conto preferido, talvez não seja nada, apenas crise de abstenção de seus contos, estamos todos irremediavelmente viciados nos seus relatos, será que terá mais tapinhas na cara?

    • Mauro Reis ID:45xxp0l1k0c3

      Vamos fazer uma greve de punheta, só vamos gozar com seus contos que tal? Não esquece seus fãs…

  • Responder Wagner ll ID:g3j6q4m9kj

    Mariana ta começando a ficar repetitivo e muito fantasioso,muito tapa na cara,derepente vc virou uma puta submissa do moleque,outra coisa mesmo adolescente é impossível,ficar duro tantas vezes, só se ele sofrer de priapismo, é 24hrs com o pau duro KKK

  • Responder Tico ID:8efflemqrbo

    Nossa se vc visse o quao duro meu pau fica por esses contos vc me deixava trepar na sua xota por dó

  • Responder Henrique Cardoso ID:g61uhy2v43

    Muitooo boom tesao de mais, parabéns da próxima vez tenta fazer mais longos e safados rsrsrs… meu sonho que a minha mãe seja ingual a voce bjs

  • Responder Oilson ID:40vpqk9sk0a7

    Ótimo conto

  • Responder Mk ID:4adeq531hrb6

    Simplesmente fantástico!
    Sempre me enche de tesão essa transa animalesca entre vocês dois e dessa vez não foi diferente, foi melhor!
    Adorei ver que gostam de exibicionismo e mais ainda a parte Sádica/masoquista da relação. Vejo que tem muito futuro caso se interessem pelo Bdsm.
    Forte abraço!

  • Responder Eu mesmo ID:8kqvjnwzrci

    Parabéns. Cada dia os contos ficam melhores. Ansioso pela continuação

  • Responder Davis ID:xglt7b0d9

    O conto está legal, só acho que o Lucas está exagerando um pouco no ciúmes, ele tem que se garantir mais, vc não fez nada de errado.

    • Vic ID:8d5g1dkqrk2

      Também achei, foi um bom capítulo, mas esse ciúmes todo estraga um pouco. O Lucas não precisa fazer tudo isso para se garantir.

  • Responder [email protected] ID:mt9aubozmq

    👏👏👏👏👏👏👏👍estou ansioso pra próxima

  • Responder uau ID:8kqtjnsk09k

    quanta mentira, desde primeiro até agora, chato para caramba, se não fosses esses comentários fake teria nota zero.

    • L.M. ID:469cu2txzrd1

      Excelente conto, assim como todos os outros! Não mude absolutamente nada! Somente a verdade. Parabéns pela coragem e a mãe maravilhosa que vc é! Gostaria de poder te conhecer mais de perto. Grande beijo😍😘

  • Responder Eu ID:bf9drkvoid7

    Chato pra caralho

  • Responder Clara ID:h5i27y2v4j

    Mais uma vez um conto delicioso, Mariana! Adorei 😍😍😍!! Não ligue para esses que querem provas de veracidade ou que acham que podem ditar o ritmo dos seus contos… Verdade ou não( eu prefiro acreditar que é verdade!) Continue escrevendo como tem feito e nos dando o prazer de fantasiar com suas histórias! Ansiosa pelo próximo! Bjinhos😘😘😘

  • Responder Vantuil OB ID:mujqotchir

    Aguardando a sequência para comentar se houver algo diferente.

  • Responder Carlos ID:gsu13ep8jq

    Acho que já deu né!!! começando a ficar muito ficticio

    • imortal ID:5pba9yw5v99o

      os contos estavam legais até esses 2 ultimos, quanto meteu sentimento no meio virou novela

  • Responder Comedor Araçatuba ID:h5hrcbhrk1

    Nossaa, sonho todos dias ter uma esposa assim incestuosa, ser corno do próprio filho

  • Responder Quetinho ID:xgmii2iq5

    Gosto de seus contos , raspa a buceta , pra ver a reação a dele e parte pro exibicionismo .

  • Responder Pachecao ID:xlo5sk0bo

    Cada vez mais excitante vou ter que tocar outra punheta pensando em vocês. Convida o corno pra participar. Continue não demore a publicar

  • Responder Sousa ID:81rg0l1oikn

    Conto delicioso…. vontade de fuder com vocês ..

    Adoro uma putaria.

    • 21 years que adora coroas ID:44odpuyyxic8

      CONFESSO QUE NOS PEIMEIROS ESTAVA MUITO BOOMMM!!! REALISTA E MUITO NATURAL, SHOW!!! MAS AGORA O ENRREDO ESTÁ PARECENDO PROGRAMADO, E AUTORA ESTÁ QUERENDO APIMENTAR O CONTO! O QUE ESTÁ DEIXANDO O CONTO MENOS NATURAL. MAS MESMO ASSIM ESTA BOM.
      SÓ UMA DICA, TENTE NÃO MISTURAR MUITO A PARTE SENTIMENTAL COM A PARTE DE SEXO! OU FAÇA EM PARÁGRAFOS SEPARADOS. FICA MAIS EXCITANTE.

  • Responder Marcelo ID:81rd095oic1

    Perfeito, só estou achando Lucas mais arrogante do que devia, estou bravo com ele kkk, ótima história

  • Responder Eu ID:h5hwlfrzjo

    Nelson Rodrigues, o grande escritor perde para vc minha querida, que perfeição seus relatos, tenho gozado a cada um deles

    • Jofer63 ID:2ql48xyzl2

      Olá Mariana bom dia,fiquei aguardando o seu conto até umas 00:15 como não foi publicado até então,fui dormir.Já estou viciado em ler seus contos todas as noites rsss, quanto a este que acabei de ler…💯 Palavras!!!🌹😘😘😘

  • Responder Anto ID:2wcj9ta4zir

    Adoro os teus contos Mariana, são bem intensos.
    Eu e minha esposa lemos juntos e depois transamos que nem loucos.
    Obrigado pelos contos e pelo tesão
    A minha esposa manda beijinhos 💋

  • Responder Paunamao35 ID:46kpiyw720dp

    E eu aqui com meu pau na mão, imaginando comer o cu do Lucas enquanto ele come o seu!