# #

Aulas de reforço

464 palavras | 3 |4.45
Por

Aulas de reforço de matemática e muito sexo com dois garotos novinhos.

Dois garotos, meus vizinhos, Mário e Marcelo de 16 anos, pediram para eu dar aulas de reforço para eles porque não estavam entendendo as explicações do professor de matemática “on line” pela internet por causa da pandemia. Fui contratado e fiquei feliz, pois era uma grama extra. Sou João Branco, 18 anos e curso primeiro ano de matemática.
E assim foi durante uma semana tudo correndo na maior normalidade. Na sexta-feira à tarde estávamos sozinhos em minha casa, no meu quarto, então passei uns exercícios para eles e fui até a padaria no outro quarteirão para comprar um lanchinho para nós e disse que iria demorar um pouco. Esqueci minha carteira e voltei para casa quase que imediatamente. Cheguei e ouvi uns gemidos que vinha de meu quarto. Sorrateiramente fui ver o que era; pensei que estavam vendo um pornô pela internet e vi Mário e Marcelo fazendo um delicioso 69 pelados em minha cama. Fiquei de pau duro na mesma hora e observando a sacanagem pela fresta da porta. Mário falou:
— Queria que o João estivesse aqui nessa sacanagem deliciosa.
— Eu o chuparia inteirinho; ele é tão gostoso — Disse Marcelo.
— Oi garotos eu quero brincar também.
Disse isso e fui tirando minha roupa. Meu pinto estava duríssimo. Foi a maior festa. Fizemos um 69 triplo e os garotos disseram que eles faziam troca-troca sempre que aparecia uma oportunidade. Mário, dono de uma bela bunda ficou de quarto na beirada da cama e a ofereceu todinha para mim. Abriu bem as nádegas e pediu para eu fodê-lo. Não aguentei de lambi sua bunda e seu cuzinho. Marcelo deitou-se na coma por baixo de Mário e começaram um 69. Comecei a meter naquele cuzinho que piscava pedindo vara.
— Vai João mete, mete. Eu sempre quis dar minha bunda para você. Me fode, enterra e segura.
Meti por uns cinco minutos e Marcelo disse agora é mina vez. Marcelo meteu no cuzinho de Mário e pediu para que eu fodesse ele. Comecei metendo devagarzinho porque aquele cu era apertadinho. Fizemos um trenzinho da sacanagem.
— Que gostoso ser o recheio do sanduiche. — Dizia Marcelo sem para de rebolar sua bunda.
Mário saiu da vara de Marcelo e ficou atrás de mim. Lubrificou sua vara e a meteu todinha em meu cu; agora eu era o recheio;
Fodemos a tarde toda. Todo mundo comeu o cu todo mundo e todo mundo deu o cu para todo mundo. Fodemos em várias posições e a que mais gostamos foi um sentar na vara do outro. Gozamos com uma vara no cu sempre e todos os dias que meus pais não estavam em casa, era foda na certa.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,45 de 11 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Herique ID:41ii37w2hrkn

    Queria um sexo a 4 seria maravilhoso adorei perder a virgindade numa putaria dessa ter amigos pra fazer troca troca deve ser muito bom fazia todo dia um gozando no cu do outro meu cu chega pisca e meu pau sobe kkk

  • Responder Cavalão ID:7gip920cp

    Delicia

  • Responder HOLIDAY ID:gqaw15uhln

    top