# # #

10 – Falta net, Naji

2244 palavras | 12 |4.67
Por

Levando Naji no seu aniversario para minha casa,

Acelerei bastante para chegar rápido a casa da Naji, chegando perto fui mais de boa, para não fazer muito alarde, chegando lá entrei direto pela porta da cozinha e ela estava dormindo, ainda no chão com um pequeno ventilador barulhento, ela estava em um sono pesado, a noite passada a deixo bem cansada, fiquei olhando para ela e pensando, no que eu estava me metendo, ela não era a mulher mais top que tinha disponível, mas era muito carente, e amável, não sei que eu queria entrar em um relacionamento outra vez, meu casamento que tinha acabado ainda doía muito no coração, era difícil me abrir de verdade com uma mulher, mas para fazer sexo, eu estava disponível direto, e estava gostando da ideia de usar as mulheres para sexo, e depois que enjoava substituir por outra.
Mas não sei por que Naji trazia para fora toda aquela safadeza que eu tinha dentro de mim, acho que um pouco era a gravidez dela, e minha recém descoberta de tara por gravidas, e que dava um tesão muito louco, como um flash lembrei que a Isa estava sozinha lá em casa, e se acontecesse alguma coisa com ela eu não me perdoaria, posso ser um tarado que aceita sexo de todos os jeito, mas não sou tão desmiolado de deixar uma criança sozinha por muito tempo, este é aquele tipo de situação que somos dois, o sexo, e a responsabilidade, como macho ALFA.
Fui de manso e chequei perto dela quando toquei na barriga dela, deu para sentir a neném chutar, naji, deu um encolhida e gemeu, ao mesmo tempo que acordo, olho para mim, fico me encarando com cara de mulher apaixonada, e falo com uma voz bem, dengosa.
Naji – Ela sabe que vc estava por perto.
Eu – Quem?
Naji – A bebe, é só vc chegar perto que ela fica se mexendo toda.
Eu – Não sei não.
Naji – coloca a mão aqui.
E ela guio a minha mão logo abaixo do umbigo dela, e senti na hora os pezinhos dela empurrando a barriga da mãe, me lembrei da minha primeira filha, e beijei Naji sentindo aquela chutamento, ela esta se derretendo, mas sabia que não dava para agente dar uma transa naquele momento, e falei para ela que tínhamos que ir, pois a Isa não estava comigo, naji ja fez uma cara de preocupada, mas a tranquilizei falando que ela estava la em casa vendo desenho, mas que não poderíamos demorar, ela pediu ajuda para se levantar, e me falo que ia tomar um banho, falei para ela que era melhor ela tomar banho la em casa, para convencer ela, falei que com isso deixaríamos a isa menos tempo sozinha, ela aceito a ideia, conheço mulheres geniosas, e vi no rosto dela que ela não estava satisfeita, falei para ela colocar um vestido por cima das roupas que ela estava usando mesmo, enquanto ela entrava no quarto, fui até a moto, pegar o segundo capacete, e no bau pequei o perfume embrulhado, corri para o quarto, ela estava de costa para mim, chequei por trás dela e a abracei com uma mão, e com a outra coloquei o presente na frente dela, ela seguro forte abraçando junto meu braço, e perguntando o que era, falei para ela abrir, ela abriu com muito cuidado, quando viu o perfume se derreteu toda.
Naji – É para mim mesmo? É um perfume caro, não sei nem o que falar.
Eu – passa um pouco, para ver se vc gosta.
Ela espiro um pouco no seu busto, pegando junto o pescoço, e sapateando falo que tinha amado.
Eu falei para irmos, mas ela falo que estava com roupas maltrapilhas para usar com um perfume daqueles, falei para ela não se preocupar com aquilo, e para irmos logo, ela termino de vestir o vestido e saímos ja com os capacetes nas cabeças, ela coloco o perfume em uma bolsinha a tira colo que ela tinha, ao sentar na moto ela sento de lado com os braços me segurando pela barriga, e fomos para minha casa.
Fui relativamente de vagar, e chegando em casa abri o portão e ela fez a mesma cara que a a Isa tinha feito de admirada, entramos tranquei o portão, ela ja me perguntando onde a Isa estava, pela porta aberta, vi ela deitada no tapete da sala, e indiquei para naji, que entrando em casa, fico admirada com afilha tomada banho e de roupa nova, dormindo deitada no chão com meu travesseiro, que ela deveria ter ido pegar na minha cama, Naji acho a coisa mais linda ela daquele jeito em colida meio como um feto fica, sobre meu travesseiro e com a mão segurando o tapete, Naji fico a observando, encantada como a Isa estava, fechei a porta, a agarei por trás, e a chamei para irmos tomar um banho, leia a até o banheiro, e enquanto isso fui no quarto, coloquei os presentes dela sobre a cama, e pequei a toalha que avia secado a isa e um roupão que eu usava de vez em quando.
Chegando no banheiro Naji já estava sentada no banquinho dentro do box, e me pergunto sobre os shampoos e cremes na janela do banheiro, falei que recebia parentes de vez em quando por isso, de todos os cremes para cabelo, ela me pergunto se poderia usar algum, falei que logico, e que a ajudaria, nisso, ela me questiono sobre o banquinho no box, respondi que era para ela usar, pois sabia que a ajudaria ficar mais confortável, quanto entrei no box ela estava me olhando fixamente, me abaixei e dei um beijo, e liguei o chuveiro, coloquei um pouco de shampoo,em minhas mão e comecei a lavar os cabelos dela, enquanto isso ela ficava alisando a barriga, pedi a mão dela e coloquei um pouco, de sabonete liquido, e falei para ela passar, sobre a barriga, ela estava encantada com o toque que ele deixava na pele, e enxaguei a cabeça dela.
Repeti o processo, outra vez na cabeça dela, e enquanto deixava o shampoo agir peguei mais sabonete liquido e uma bucha bem macia que eu tinha, e fui lavando o corpo dela, ela estava bem relaxada, comecei pelos braços pescoço, nos seios dei uma boa massageada, desci para a onde alisei bastante, pulei a cintura e fui para as pernas dela, depois pedi para ela se levantar, o que ela fez se segurando em mim, pois tinha fechado os olhos por causa do shampoo, esfreguei pelas laterais e na hora de lavar a vagina, usei um sabonete liquido intimo, daqueles de dão a refrescam cia, o que a fez dar risada, ainda mais quando a bolinei e ela fico toda melada, e eu a masturbando ne vagina e no anus, depois sente no banco e coloquei ela sentada no meu colo de frente para mim, e como eu estava muito exitado, abri a vagina dela, e coloquei meu pau no meio sem a penetrar, mas como ela ja estava bem exitada também ela começo a se mover para a frente e para trás, se esfregando toda no corpo do meu pau, como ela ja estava sensível de tanto sexy dês de ontem, ela não ia durar muito tempo, mas eu tinha outros planos, levei minhas mão por sua bunda até chegar a seu anus, ela estava mais relaxada e não ligo para isso mas não relaxava as pregas para eu colocar os dedos para dentro, enquanto cutucava o anus dela com uma mão, com a outra retirei novamente a cabeça do chuveirinho e liguei a água, e o levei ao anus dela, como a água estava mor ninha ela não ligo muito mas deu um UI, quando a água batei a portinha dela.
Nisso falei para ela relaxar, e foi o que ela fez, e eu fui controlando com calma, até que a ponta da mangueirinha entro, e ela solto:
Naji – O que é isso?
Eu – Calma, e relaxa, não vai te machucar.
Naji – O que vc esta colocando em mim?
Eu – é só água.
Naji – Tira, parece que eu vo cagar, tira.
Eu – Então relaxa que a mangueirinha vai sair.
Naji – Não posso senão vai sair tudo aki.
Eu – então, pera ai que vo tirar.
Naji – Tira parece que eu vo explodir.
Com esta ultima frase dela, retirei a mangueirinha e coloquei o chuveirinho na ponta dela o que fez a água cair ainda mais forte sobre nós, e ela ainda se esfregando em mim, quando a água lavo seu rosto e ela abriu os olhos me encaro, e falo:
Naji – Vc quer mesmo me transformar em uma puta.
Eu – Se vc quer ser minha vai aprender a me satisfazer.
Naji – Eu vo, mas vai com calma, é muita coisa de uma vez, para mim é difícil aceitar algumas coisas.
Eu – Como o que?
Naji – Como vc tentar me penetrar a minha bunda.
Eu – Vou com mais calma mas vc vai gostar do que vo fazer com vc.
Naji – Sei que vo gostar, mas vai com calma.
Eu sabia que teria um tempo para usar e abusar daquele corpinho, e voltei a acariciar ela por inteira, e ela só curtindo o movimento para frente e para trás, aproveitei que os seios dela estavam enxaguados, e coloquei um na boca e massageei o outro.ela começo a me abraçar forte e beijar minha cabeça enquanto , gemia e começava a tremer, rapidamente ela estava gozando, e tendo espasmos.
Quando ela relaxo, me pediu para levá-la ao vaso, pois ela nem conseguia andar, quando a coloquei no vaso ela relaxo o anus e começo a mijar por trás, mas aproveitando que eu me levantei seguro meu pau que estava bem duro, e começo a me masturbar sentada no vaso, fiquei observando, ela tentando me mostrar que sabia fazer um oral, foi bem gostoso, ela gazia com vontade, mas não tinha as manhas ainda, mas não demoro muito e comecei a ejacular sem avisá-la, queria ver o ue ela ia fazer, ela não se fez de rogada, começo a engolir, foi quando ouvi um barulho de alguma coisa caindo na água do vaso, e ela não parava de chupar e engolir meu esperma, ja com meu pau limpinho, e começando a amolecer, me sentei no chão a frente dela, ela me olho com carinha de manhosa e me pergunto.
Naji – Vc gosto do que eu aprendi?
Eu – foi muito bom.
Naji – Sei que não sou Boa de cama, mas to tentando me esforçar.
Eu – Vc esta cada vez melhor.
Naji – Vc vai me ensinar mais, mas vai com calma, sempre fui objeto não mão dos homens.
Eu – Vc não é objeto, para mim.
Naji – Eu sei, ja vi isso, até dias atras eu nunca me esfreguei em um homem e gostei, como acabei de fazer com vc, e chupar um homem nem se passava pela minha cabeça.
Eu ja sabia que ela nuca tinha sido tratada com carinho e gostado de sexo, como estava gostando comigo. voltei para dentro do box, dei uma ultima enxaguada no corpo.
Naji veio logo atras depois de se limpar, enquanto lavava a bunda mais uma vez, reparei que ela estava com uma mata em formação na sua vagina, falei para ela colocar uma perna sobre o banquinho, ela me pergunto o que eu ia fazer, falei que gostava dela lisinha, e comecei a raspar a matinha que estava se formando nela, ela no começo fico travada mas foi se soltando, na final, estava bem tranquila, foi coisa rápida, terminamos de nos enxaguar e saímos do box, pedi para ela ficar de costa e vesti o roupão nela, o que a fez ficar reluzente, me enrolei na toalha, e fomos para o quarto, quando assenti a luz e ela viu os presentes sobre a cama fico eufórica, me encheu de beijos e foi experimentar.
O vestido fico perfeito nela, ela me pergunto sobre a calcinha, falei para ela ficar sem, ela falo para eu ir com calma, que ela não era acostumada a ficar sem aquela peça intima, ai falei para ela colocar o short de pijama, que era de cetim e bem levinho.
Ela vestiu mas ficava parecendo que não tinha nada por baixo, ma ela me falo que estava uma delicia ficar daquele jeito, e ela guardo os presentes na sacola, passo o perfume, e quanto eu vestia uma bermuda e uma camiseta, saindo do quarto ela foi correndo acorda a Isa, quando ela se abaixo para beijar a filha e fico de 4 pude ficar admirando aquela bunda aberta e dava para ver a barriga logo abaixo, com aquela vagina lisinha, pela lateral do short de cetim, uma visão maravilhosa.

Continua…

Vibradores com 19% de desconto na Vibrio!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,67 de 12 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

12 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mahani. ID:mt9ak6y44i

    Não vai continuar esta história magnífica?

    • DOURADO ID:3ij1za53v992

      vou sim, estava em isolamento por causa da covid.

  • Responder de longe ID:8ef4wn8b0d8

    esperando a continuação

  • Responder Naruto ID:bemna3h2096

    Poxa ficou um sabor de queremos mais😁

    • DOURADO ID:8ciph4p8rci

      Obrigado pelo elogio, espero que os próximos capítulos lhe agrade

  • Responder CALIGULA. ID:mt9ak6y445

    Estamos ansiosos com novos capítulos e aproveito para parabenizar a criação deste conto.

  • Responder Manoel fake ID:mt9ak6y445

    Esta história pode ir longe quando a mamãe tiver no resguardo.
    Ai a filha ajuda a mãe dela com prazer.

  • Responder Manoel fake ID:mt9ak6y445

    Putz vamo pra riba delas faz nossa alegria e parabéns pela história delicia.

  • Responder DOURADO ID:3ij1za53v992

    não serei rude com vc, mas vc ja se envolveu com uma novinha na real?
    esquece os contos que vc le por ai, que o cara chega e ja vai comendo, o negocio é vc deixar ela querer dar para vc, com isso vc tem o silencio dela e toda a liberdade com ela, pois se ela tem a iniciativa, ela sabe que se vc falar que ela começo ela também vai se lascar não so vc se ela abri a boca.

  • Responder B5 ID:xlorij8kl

    Q merda o cara nunca come a menina só fica nesta grávida

  • Responder anonimo ID:7xbwhotghmr

    continua.nao olhe as aparencias e sim o amor carinho tdo que vc pode te com ela e isa

  • Responder Papai de dinheiro ID:8ef2xrp8rin

    Ótimo conto parabéns!
    https://t.me/Sua_recompensa_bot?start=763240944