# # #

O inquilino da minha avó

1882 palavras | 9 |4.44
Por

Eu tinha 9 anos ele 20 anos. Eu quem teve a iniciativa.

Olá meu conto é sobre, o inquilino de minha avó, ele erra alto 170 de altura andava de bike, fazia academia tinha olhos e cabelos castanhos e um sorriso encantador.
Bem eu era diferente tinha meus 9 anos erra meio gordinho e adorava vídeo game, só que eu não podia ter erra criado pela minha vozinha, que não ganhava muito então só sobreviviamos, até que ela teve a ideia mais fantástica do mundo, que erra alugar a casinha que ela tinha no mesmo pátio da nossa.
Nesta casa veio morar o André assina sitado. Ele erra bem gente boa erra técnico de enfermagem, um rapaz que de cara encantava a todos e minha avó adorou ele então alugou a casa pra ele, pra minha felicidade kkkkk.
Bem eu já brincava com o meu pintinho na época e já enfiava até três dedinhos no meu cuzinho, nunca avia feito nada com outro menino até pq na minha ruia erra mais afastada e só avia umas duas casas e não avia crianças erra estrada de chão e tinha que andar quase 800 metros pra chegar no ponto de ônibus, eu tinha que sair todo dia sedo pra dar tempo de chegar lá com a minha avó pra pegar o ônibus da escola pela manhã já que a aula comesava as 7 eu acordava às 5 da manhã e íamos pegar o bus.
Pasou-se quase um mês do André ali em casa, ele trabalhava na parte da manhã das 07as 13 hs a hora que estava na escola. Até que um dia ele estava saindo de carro pra trabalhar e estava chovendo muito mesmo e minha avó não tinha como me levar pra parada de ônibus, ele viu a situação e perguntou se podia ajudar, e eu pedi pra ele me levar pra pegar o ônibus bminha avó disse que não precisa-va, ele prontamente me levou pra pegar o ônibus passava as 06 15 então dava tempo ainda ele saia as 06 hs pra trabalhar.
Depois disso ele me pegou na parada e me levou pra casa as 13 hs, minha avó agradeceu ele muito e ele ofereceu pra me levar todo dia se ela quisesse. Eu amei a ideia não tinha mais que anda tanto.
Então a partir dali ele começou a me levar e me pegar na parada, pasou-se quase 3 meses nisso nós ficamos bem próximos e eu amava conversar com ele e tava amando um homem daquele comigo todo o tempo, passei ir mais na casa dele e cada vez mais.
Ele tinha um vídeo game e me deichava jogar a tarde toda com ele, minha avó não se preocupava táva vendo novela ou dormindo.
Ele nunca teve nenhuma iniciativa perversa comigo, nem faser xixi com aporta aberta ele fazia, o que alimentava minha curiosidade sobre o que tinha embaixo da calça dele.
Como disse anterior eu já brincava com meu pintinho e enfiava uma dedinhos de curiosidade até o cabo da escova de dente no banho amava a sensação. Até que fiquei bem íntimo dele e perguntei se podia ver o pinto dele ele tava na hora fazendo xixi e eu entrei no banheiro e pedi isso na cara dura. Ele ficou me olhando assustado e disse.
Ele- sabia!!!
Eu- sabia oq André?
Ele- sabia que vc queira me ver pelado seu safadinho.
Eu sorri pra ele e ele tirou a mão mostrou pinto dele mole tinha o prepúcio e erra até bem grosso. Fiquei olhando pra ele por um tempo e vendo as veias os pentelhos depilados, olhei por uns 30 segundos até ter uma nova reação e e olhar pro rosto dele, e ver ele me olhando e sorrindo. Nisso ele sobe o shorts e dis já deu, vamos pra sala denovo guri, fomos e jogamos mais um pouco, ele com um shorts de jogador larguinho deitado do meu lado do sofá com o controle na barriga e as pernas em uma messa de sentro.
Eu não parava de pensar no que avia visto e queria ver mais ele duro e sabia como fazer já deichava o meu duro mexendo nele.
Então criei coragem larguei o controle e puxei o shorts dele pra baixo deichando o pinto dele a mostra ele me olhou sério e assustado e disse.
Ele- e agora guri o que vc tá fazendo?
Eu- queira ver ele denovo deicha!! ( Falei com uma voz manhosa e dengosa)
Ele – tá bom mais depois vc par com isso!! ( Falou olhando sério pra tv e continuou jogando)
Eu segurei o shorts dele pra baixo olhei alguns segundos então taquei a outra mão no pinto dele, ele levou outro susto até então ele achava que eu queria só ver não que eu queria pegar.
Ele só me olhou largou o controle e disse chega disso guri você não pode fazer isso.
Eu- pq não? Queria ver se ele ficava durinho como o meu fica!
Ele – como o seu fica?
Eu- é eu mexo nele e fica durinho principalmente quando enfio meu dedo no meu bumbum!
Ele – o que vc faz? ( Disse com foz de assustado)
Eu- enfio o dedo no meu bumbum até a escova de dente as vezes no banho!
Ele- e você quer deixa o meu pinto duro também?
Eu – quero ele parece ser bem grande!
Ele- então tá eu deixo mais você não pode contar pra ninguém Carlinhos pra ninguém!
Eu- tá não conto prometo! ( Fiz um sinal de figa e sorri)
Ele se deitou denovo como antes voltou a joga. E deixou eu abaixar o shorts dele só que dessa vez abaixo do joelho deixei a cocha e o pinto a amostra, e comesei a pegar nele bem desageitado, então ele soltou uma mão segurou meu pulço e fez pra cima e pra baixo umas duas vezes, e soltou e voltou a jogar, a partir dali entendi e fiz o que ele quiz, uma punheta meia rápida o pau dele começo a ficar duro e duro e duro e minha mão não dava a volta até que ficou totalmente duro eu tava amando àquilo de ver o pau dele bem duro na minha mão. Ele vidrado o jogo e eu brincando com o pau dele, então depois de um tempo tirei meu short e comesei a mexer no pinto também já tava mais que duro na hora, eu tava deitado do lado dele de lado e ele de frente no sofá com os pés na mesa, eu tava com uma perna esticada e outra dobrada mexendo com a mão direita no meu pinto e a esquerda no dele, até que virei minha bundinha pra cima e comesei a enfiar um dedo no meu cuzinho, só lembro que nessa hora ele parou e olhou pra minha bundinha carnuda e branquinha com minha mãozinha enfiando um dedindo.
E voltou a olhar o jogo.
Eu- tá gostando disso André? Tô fazendo serto?
Ele – tá sim aprendeu rapidinho!
Ele – quer aprender mais coisa?
Eu – quero o que?
Ele- chupa o meu pinto que nem um picolé!
Meti a boca na hora e chupei A cabeça sem em ir pra cima e pra baixo, então ele empurro minha cabeça pra baixo e pra cima, já entendi na hora e continuei a chupar ele, e soltei o dedo do meu cuzinho e segurei o pau dele com as duas mãos. E a chupar a cabeça do pau dele!
Quando soltei o meu cuzinho ele me perguntou.
Ele- quer que eu continue aqui ( nisso ele coloca a mão em minha bundinha)
Eu – susuro anram.
Consegui finalmente tirar a atenção dele do jogo ele largou o controle e começou a prestar atenção em mim, lambuzou o dedo do meio da mão esquerda com saliva e lambuzou meu cuzinho e enfiou devagarinho, entrou facinho, só deu de ouvir o plafiti da saliva entre minhas nádegas, uma das mãos dele abria uma de minha banda da bunda e a outra a outra ( acho que ele tava querendo ver meu cuzinho) que diga-se de passagem erra rosadinho e virgem apesar das dedadas que eu dava.
Então eu cansei de chupar ele e sentei no sofá olhando ele e segurando o pau dele e punhetando ele. Então eu digo.
Eu – se se deu entra se no meu bumbum será que seu pai também?
Ele- você quer mesmo enfiar meu pau no seu bumbum Carlinhos?
Eu- quero, se o dedo é Tam gosto o seu pinto deve ser também? Deixa eu tentar?
Ele- tá bom mais com cuidado pra não te machucar. E você não pode gritar sua avó pode escutar.
Eu- tá se doer vc para então?
Ele- faz assim senta nele então você quem vai para e continuar o quanto quiser!
Eu- tá como?
Ele- senta no meu colo ( assim o fiz vem rápido) segura meu pau assim e enfinha na sua bundinha e deixa entrar!
Assim o fiz seguro o pau dele e coloquei no meu buraquinho, e ele segurou os dois lados da minha bunda e me ajudou a sentar no pau dele, como estava bem babado por min e meu cuzinho já tava meio larguinho das dedadas que ele tava dando, segurei e enfiei a cabeça do pau dele entrou com bastante dificuldade deu um pulo da dor que deu, mais não desisti ele só disse vai denovo mais devagar agora e não tira se entrar.
Assim o fiz entrou a cabeça ardeu um pouquinho, aguentei ele segurou minha sintura e foi me empurrando pra baixo pra ir entrando fui sentindo cada sentimetro de pau, não vou mentir doeu muito cheguei a chorar naquilo e quando ele olhou meu rosto ele falou.
Ele- para guri tá doendo muito vai te machucar. Para vai!!!
Eu saí de cima dele deitei no sofá de lado e levei minha mão na minha bundinha e no meu cuzinho tava mais aberto que o normal e doía tava quente e ardia ao encostar.
Ele me olhou mandou eu me limpa com a toalha que avia trazido do banheiro e ficar quentinho que logo ia parar de arder.

Neste dia foi isso nada dele gozar nada de dar e sentir o pau dele enterro em min, mais nos dias seguintes que se passou eu volteio a tentar, não foi só dor que eu senti foi muito tesão também fiquei pensando naquilo todo dia até dormir e até acordar e ver ele pela manhã.
Depois de uma semana pedi pra ele tentar né comer de novo que eu queria ver se desta vez conseguia. E deu certo o danado avia comprado lubrificante e camisinha que não foi preciso usar.

Bom isso conto depois ele virou meu ativo preferido dos 9 até os 14 ele se mudou pra capital.

Bajo e vão a merda se for reclamar dos erros de português não sou professor oq.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,44 de 32 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nelson ID:3c793cycoii

    Adorei. Foi tudo que desejei quando criança e nunca consegui.

  • Responder M ID:g3jksf6ij

    Queria ter ser sorte de ter vizinho viadinho pra comer gostoso

  • Responder rcrdl ID:1coxx67km9d

    Consegui ler tudo, apesar de tão mal escrito. Um conto pra ser bom o suficiente, precisa de uma boa escrita. Melhor organização das ideias, estruturação e, lógico, ortografia correta das palavras. Muita palavra errada: havia (avia), cintura (sintura), deixar (deichar) etc. Talvez tenha aplicativo que ajude na ortografia correta. O próprio Google docs faz isso.

    • Carlinhos ID:81rg0ljhra

      Vai ler um livro então viado arrombado se quer um escritor de verdade

    • Oculto ID:8d5fqgkm99

      Se ele tivesse untado seu ânus e o piru dele com pomada vaginal seria mais fácil a penetração, ela deixa o ânus bem relaxadozinho facilitando a invasão do “brinquedão.

    • luiz ID:dlns5khrd

      porra vc estraga o prazer, estamos num site porno se quisesse ler um livro estaria numa biblioteca, ve se toca

    • luiz ID:dlns5khrd

      nao precisa usar camisinha nao o cara é limpeza e vc trate de aguentar seu macho aprenda a dar prazer desde cedo seja um bom deposito de esperma

  • Responder Pachecao ID:g3iw164m1

    Adorei muito gostoso e exitante .continue vou tocar uma gostosa punheta pensando em vocês

  • Responder Loli ID:5pbbpktzfij

    Começou bom mas tem muito erro.