# #

Limpando xixi da xotinha da filha da vizinha de 9 anos

479 palavras | 8 |4.17
Por

Letícia, de 9 anos, sempre vem aqui em casa usar meu computador

Tenho 19 anos. No começo, quando se mudaram aqui para o lado, sua mãe não vinha com frequência aqui para casa conversar com a minha, mas quando vinha, a trazia também. Passado um mês, as visitas se tornaram mais frequentes e tudo começou quando nossas mães foram pra casa ao lado, fazer algo para o almoço, e deixaram Letícia comigo.
Ela logo começou a ver o que eu fazia no computador (coisas chatas da faculdade), e acabou sentando no meu colo. Não precisou nem de um minuto pro meu pau ficar como uma pedra, e isso me incomodava, achava muito errado, mas era inevitável!
Algum tempo depois, falou que queria ir no banheiro, e, não sabendo onde é, me perguntou. Eu rapidamente falei qual porta que era, mas ela não se moveu, provavelmente fingiu que não entendeu qual porta era. Eu logo me levantei, sem segundas intenções e sem pensar em nada de maldade nisso, abri a porta para ela. Quando me virei, ela já estava com o shortinho arriado e puxando a calcinha para baixo.
Acho que como ela não tinha muito contato com homens, muito menos com adolescentes da minha idade, não via maldade nisso. Então, como nunca esperaria isso da minha vizinha novinha, fiquei paralisado e muito excitado. Mesmo não tendo visto nada além da bundinha linda e soltinha dela, fiquei do lado de fora da porta aberta, olhando ela sentada no vaso e ouvindo o barulho dos jatinhos caindo, sem nenhuma reação.
Após ela terminar o xixizinho, que demorou poucos segundos, falou que não tinha papel higiênico (e realmente não tinha), eu rapidamente fui buscar. Chegando no banheiro de novo, ela estava meio curvada de costas para a porta e bem empinadinha, aí eu já entendi que ela estava tentando me provocar. Tirei um pouco de papel do rolo e agachei atrás dela, com uma mão abrindo os lábios maiores e com a outra passei suavemente o papel pra secar a bucetinha apertadinha dela. A cada passada, ela se contraia e dava uma piscadinha no cuzinho. Foi a melhor visão da minha vida, nunca tinha visto uma xotinha tão perfeita e lisinha.
Vendo que ela havia gostado e queria mais (talvez já tivessem feito isso com ela antes), aproximei meu rosto e dei uma boa chupada naquela bucetinha, que ainda estava com um cheirinho de xixi e uma gosminha já se formando, ela estava gostando, e terminei com a língua no seu cuzinho, que piscava quando passava bem no buraquinho. Depois de satisfeito, subi a calcinha e short dela, e voltei para o computador. Ela meio sem graça voltou e ficou como antes, do meu lado e olhando o que eu estava fazendo…

Continua!

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,17 de 41 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Paulo ID:g3ja3hfik

    Continua

  • Responder matico.pan ID:w72i2t0j

    Quer sempre secar a bucetinha dela continue, e um dia peça que faça xixi nas calças daí você da banho nela.

  • Responder Rafaella ID:7xbyxpzfi9

    Cada pessoa tem um fetiche diferente Cherry.. acontece.
    E os outros filhos vc tb chupa ??

  • Responder piroca gostosa ID:w72i2t0j

    Se você continuar secando a bucetinha dela quando ela fizer 12 anos já é hora de tirar o cabacinho dela, mas sem violência.

  • Responder q344u56755679 ID:muj90sfic

    Conta o resto porra, pq todo mundo desse site começa a história e some??

  • Responder Bobinho ID:fi07p998k

    Não há mais gostoso que uma xotinha infantil!

    • lmark ID:g3ja3kt0c

      essa vadia ja nascem com a bucetinha inchada. n tem como o cara nao querer socar

    • Oculto ID:gsudr98rj

      Bom conto..Sem violência, feito com naturalidade, esperou a iniciativa dela. Assim n tem risco dela falar. Ela volta pra fazer de novo e sempre terá uma bocetinha.