#

Mamando na amiga

538 palavras | 7 |5.00
Por

Ela despertou de seu sono pouco tempo depois de eu colocar seu peito em minha boca.

Era um dia de sexta a noite quando Julia minha amiga hetero de 17 anos veio passar um tempinho comigo e dormir aqui em casa. Eu tenho 18 anos, peso 55kg, peito pequeno, bunda grande, morena, cabelo no ombro. Julia era queimada do sol, era amarela mas tinha seus cabelos loiros escuro, uma bunda média e seios fartos. Julia sempre foi da igreja e não tinha costume de beber ao contrário de mim, conversa vai e vem e a gente bebendo na sala, conversando sobre nossos relacionamentos com namorados, logo Julia anunciou o sono e foi dormir, eu fui para meu quarto e ela foi para o outro os quartos não tinham portas Julia trocou de roupa e colocou uma blusinha bem fininha e um short de decido mais confortável. Deitei em minha cama mas sempre que bebo eu fico com muito tesão, do nada comecei a pensar nos peitos da Júlia e foi me dando muita vontade de mamar, comecei a me tocar intensamente, enfiando meus dedos na buceta e esfregando meu grelo imaginando como deve ser aqueles peitos totalmente livres, não demorou e eu já fui até o quarto dela, eu estava tão molhada que meu melzinho escorria pelas minhas coxas, eu cheguei perto da Ju e fiquei olhando seus seios e continuei me masturbando de joelhos na beirada da cama bem próxima do seu rosto e seios, não aguentei e comecei a passar minha mão melada do meu melzinho em seu peito, puxando a blusinha um pouco pra baixo então pude ver aquele seio grande de bico rosado bem duro pra mim, levei minha mão na minha buceta novamente, dedilhei um pouco e com força e trouxe a mão cheia de melzinho para o seio dela, pensei nele e abocanhei, sugando com muita vontade, rapidinho ela acordou um pouco assustada e perguntando o que eu estava fazendo mas eu não parei, continuei sugando e com a outra mão pegando no outro peito, ela não falou mais nada só respirando ofegante, depois de um tempo ela começou a dizer que eu deveria parar que era errado, então eu perguntei se ela estava gostando, e ela continuou dizendo que era errado, eu insisti e ela disse que sim era só o que eu precisava. Eu estava aí lado dela e fiquei em pé bem encima da cama com as pernas abertas pra ela ver minha buceta bem molhadinha tirei meu vestido, e abaixei do seu lado, voltei a chupar gostoso enquanto esfregava meu grelo freneticamente perto de gozar pedi pra ela sentar de frente pra mim e apertar os bicos do peito ela fez, eu abri as pernas e continuei masturbando enquanto olhava ela apertando aqueles bicos, pedi pra ela parar de olhar pra baixo e relaxar, olhar pra mim, assim que ela olhou eu enfiei 2 dedos na minha buceta com força e fiquei metendo enquanto a outra masturbava o meu grelo, gozei em dois minutos chamando o nome dela. Levantei passei s mão melada nos seus dela e chamei ela de linda e agradeci, voltei para o meu quarto.

Depois dessa aventura vieram muitas outras.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 13 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Pauzudo 19cm 24 anos ID:ona04j4zrc7

    Tem que por esse na lista de estupro, muito bom

  • Responder Kiritokirir ID:2qls52fiai

    Que dlç 🤤🔥

    Vou acompanhar todos seus contos bb

  • Responder Tatiane ID:19p2scm9d5

    Nossa que delícia amiga !! Eu acordei foi com minha amiga alisando minha buceta . Eu não aguentei e abri minhas pernas para facilitar ela rsssss . Foi muito gostoso ela enfiando o dedo na minha pepeca e chupando meus peitos . Gozei demais naquela noite . Só em ela se aproximar de mim minha pepeca fica latejando e minha calcinha fica toda molhada .

    • Yasmin94 ID:81rd2a6zrj1

      Aaaa que delícia, sua amiga tem muita sorte, fica de olho nos próximos contos rs

    • Tatiane ID:19p2s6zr92

      Com certeza vou ficar rsssss

  • Responder Rafaella ID:gsudr88ra3

    Eita.. mamou a amiga na força..

    • Roberta ID:83102i1ozkr

      Sou doida pra mamar um peito, e chupar uma ppk.