# # #

Castigando o priminho Renato no sítio!

2132 palavras | 7 |4.64
Por

Primeira vez sexo gay! Descobrindo que cuzinho é mais apertado que buceta!

Bem esse é meu primeiro conto, não será o único e não vão ter ordem cronológica…
Contos longos com detalhes que eu acho importantes, então se não curtir não leia…
Todos são lembranças de experiências que eu tive durante a vida.
Meu nome não importa, mas para descrever: sou alto não muito magro tenho 52 anos e moro no Brasil. Sou Bi mas prefiro mulheres, acho que 80%mulheres e 20% homens.
Pênis normal nada fora do comum hoje em dia; só quando criança como cresci rápido d+, tinha o pênis maior que a maioria dos meninos, com 7 anos tinha 10 cm o que chamou atenção de uma menina de 15 anos que me iniciou no sexo (história pra outra publicação). Antes dela nunca tinha feito nada com ninguém! Nem o troca troca (meinha).
Vamos ao conto:
Tenho um primo com 1 ano exato de diferença, chamado Renato, ele nasceu no meu aniversário de 1 ano. Fomos criados juntos desde sempre e somos muito ligados. Férias escolares cada ano na casa de um pra dar descanso as mães, Quando fiz 10 e ele 9, passamos as férias na casa dos nossos tios no interior, e foi lá que aconteceu…
Ele estava com a tal brincadeira de lutinha e por meu tamanho acabava sempre em choro da parte dele.
Numa dessas brincadeiras, eu já de saco cheio não quis brincar e ele continuou insistindo até eu apelar e empurrar ele com força, e ele caiu logo no cocô de cachorro kkkkkkk
Chorou como louco! Correu contou prós tios tomei uns tapas… Percebi que o nojo que ele sentiu foi bravo! Tomou uns 3 banhos! Então comecei a perceber que ele sempre lavava as mãos e evitava se sujar! Não tinha reparado antes não sei como… frescura mesmo!
Nesse dia ele não me atentou mais e depois de apanhar eu TB não queria mais nada!
No outro dia pela manhã, voltamos a brincar de coisas bobas e ficamos ok. De tardezinha lá veio ele encher meu saco de novo!! Ele baixinho tamanho de 9 anos mesmo entre 1,25 e 1,30 e eu com 1,60 ou mais!
Ameacei jogar ele no cocô mais como não tinha nenhum perto ele não parava… Lembrei da frescura dele e disse que iria passar a mão no pinto e passar na cara dele! Funcionou por umas 2 horas e lá veio ele com a lutinha de novo!
Cumpri com a ameaça e meti a mão no Pinto e passei na cara dele! Ele correu pra lavar a cara contou pro tio que nos xingou e disse que tava de saco cheio de choro e fofoca! E que era pra gente se virar…
Renato ficou emburrado o resto do dia pro meu alívio…
No outro dia logo cedo ele me acordou com um chute nas costas e falou:
-Pra você aprender a não passar mais mão suja na minha cara!!!
Aquilo pra mim foi o final!!! Levantei dei nele um tapa na cara com vontade e rolamos na porrada! Séria dessa vez…
Pro nosso azar a tia estava no corredor chegou no quarto e tomamos aquela surra bacana de cinto… Castigo o resto do dia e obrigados a ajoelhar abraçados pedindo desculpas.
No outro dia a tia nos acordou e fomos escovar os dentes, eu não podia bater nele… Então no banheiro mijei um pouco na mão e direto na cara dele!!! Claro ele foi contar e nosso tio, e foi nessa hora que nossos tios nos deram o ultimato: mais uma briga ou mais uma fofoca e nos íamos embora! Ficamos com medo de ir embora e sossegamos um pouco.
Cerca de uns 2 dias depois eu acho…lá vem ele na lutinha! Dessa vez brinquei pq estava entediado, mais quando pedi pra parar ele insistiu e sem aviso mão no pinto mão na cara!!! Ele começou a chorar e quando ia contar eu lembrei da ameaça do tio… Ele segurou o choro e sentou no chão… Quando eu passei por ele, logo veio o chute!!! Dominei ele no chão passei bem a mão no pinto e esfreguei bem na cara dele!! Ele disse:
-Nem ligo mais…
Deu de ombros e foi brincar sozinho…
No outro dia nossas mães chegaram ao sítio pq já tinham resolvido as coisas e iam passar o resto do mês de férias lá! Faltavam 20 dias…receberam o relatório do nosso comportamento nós deram mais umas cintadas e ficou por isso…
Pela tarde lá vem o Renato encher!! Estávamos meio longe da casa e aproveitei pra prender ele no chão de novo! Mesmo ritual mais ele não ligou! Soltei ele e disse que na próxima ia passar o pinto na cara dele!!! Ele como deboche chutou terra em mim, e de novo partiu pra brincadeira chata! Nem pensei, prendi no chão travei os braços dele e tirei o pinto pra fora!! (Mole afinal não era besteira, era castigo) eu disse:
-Vai parar ou não vai??
Ele responde:
-Se você fizer isso conto pra nossas mães!!
Não perdoei, passei o Pinto na cara dele toda! No olho, nariz, bastante na boca…ele cuspia com nojo e eu ria muito!
Quando soltei lá foi ele correndo gritando *mãe mãe tia tia!!!* E eu correndo atrás, quando chegamos na casa fomos recebidos por nossas mães já aos berros de “CALA A BOCA” Ele tentou contar e minha tia pegou o chinelo que fez o Renato calar na hora e eu arregalar os olhos!
Então a seguinte frase:
-Nao quero saber de choro nem de nada!!! Você tá atentando ele e agora chora!! Tomara que ele te bata mais! Por mim ele pode fazer o que quiser pois você merece pra deixar de ser chato! E mais um choro ou fofoca sua e você vai apanhar de corda! E some os dois daqui!!!
Saímos correndo e eu ria falando:
-Bem feitoooo!!! Agora não pode contar e eu vou fazer toda hora que você me encher o saco!!kkkkkkk
Ele fechou a cara e não falou comigo o resto do dia! Só voltou a falar comigo uns 2 dias depois…
Logo ao melhorar do humor, Renato veio de novo com a chatura… E eu mais uma vez pincelei a cara dele com o pinto!!! Só que agora ele não parava e não chorava…
Precisava fazer algo diferente pra ele dar paz!
Então pensei; “E se eu passar o pinto duro na cara dele?” Até então sem maldade nenhuma…
Corri pro fundo do sítio e ele veio atrás… E de novo ele começou! Coloquei ele no chão e na hora de passar o pinto, comecei a fazer ele endurecer no short! Quando estava duro (demorou pq ele se debatia preso embaixo de mim) tirei pra fora e ele arregalou os olhos e falou:
-Nossa eu nunca vi ele assim!
Eu não falei nada! Comecei a esfregação agora de pau duro, o que me fez lembrar da menina que me iniciou! Passei bem na boca dele lembrando das chupadas da menina e como já tinha experiência na trepada e na punheta, arregassei a cabeça e esfreguei na boca dele como se fosse uma punheta com a mão em cima do Pinto fazendo movimentos de vai e vem! Não demorei e gozei! (Gozo seco é claro). Minha primeira experiência homossexual!!!!!
Soltei ele que nada falou, só esfregou a camisa na cara tentando se limpar!!! Eu disse já pensando em fazer mais coisas:
-Na próxima vez vou enfiar meu dedo na sua bunda e passar na sua cara!
Só não vi que ele alcançou uma vara e lapiou minhas pernas!!! Saiu correndo e foi pra dentro da casa! Eu já esperava minha mãe gritando e a surra que ia levar…
Fiquei lá fora um bom tempo e nada… Resolvi entrar e ele estava comendo bolo tranquilamente… Não contou…
Mais tarde naquele dia estávamos subindo nas árvores e quando desci tomei uma rasteira do nada! Ele correu pra casa… E pro azar dele os adultos estavam na frente do sítio batendo papo com os vizinhos que estavam saindo pra fazer compras!
Joguei ele no chão dessa vez de barriga pra baixo, ele esperneava mais não tinha como sair… Com uma certa dificuldade tirei os shorts dele até abaixo da bunda e meti o dedo no rego dele pra machucar e não com putaria (ainda) metia o dedo passava na cara dele, metia e cara… Então aproveitei que estávamos na cozinha e passei o dedo na banha usada que estava do lado do fogão sem largar ele!!!
Aí sim pensando em putaria!! Mais uma vez com as aulas da menina, passei o dedo no rego dele achei o cuzinho e deslizei o dedo pra dentro!! Ele só falou:
-ai ai aí dentro do cu não!!!
E eu respondi:
-Dessa vez foi o dedo! Na próxima vai ser meu pinto duro!
Soltei ele que levantou os shorts e me olhou bravo enquanto eu lavava a mão na pia, ele disse:
-tomara que seu dedo fique fedendo a bosta pra sempre!
E saiu pro quintal.
Eu saí logo atrás sacudindo as mãos e com volume no short e já falei com ele:
-Ta avisado, na próxima vai ser meu pinto!
Ele disse:
– Vai ficar fedendo também!
Ele foi pra perto do poço e eu pensei; será que ele quer?
Não tínhamos o conceito de gay e essas coisas… então não viamos problemas nesse ponto.
Renato passou pelo lado da casa e viu os adultos lá na frente, eu passei por dentro, dava uns 100 Mts até na rua, um pouco longe.
Voltamos por dentro da casa e na cozinha perto do fogão, lá veio o Renato me chutar! Só que ele não correu ficou como se fosse lutar! Fui pegando ele que quase não resistiu… Abaixei o short dessa vez muito fácil e falei:
-Agora você vai ver!
Ele só respondeu:
-Eu duvido!!
Aí já era!! Passei de novo os dedos na banha e direto no cuzinho!
Ele não se debateu e nem falou aí…
Ameacei:
-Vou por meu pinto duro no seu cu!
E de novo:
-Duvido….
Na ocasião não saquei que ele queria… Mais como tava com tesão e de pau duro de novo, deitei em cima dele e fui empurrando pra dentro!! Apesar de ter um pinto grande pra idade, não era muito grosso…
Ele gemeu de leve e eu fiquei lá com o pinto atolado até às bolas… paradinho… Acho que por 1 ou 2 minutos!
Tirei de dentro e levantei… Ele levantou virou de frente pra mim e foi a primeira vez que vi o pinto dele durinho… Bonitinho até menor que o meu e mais fino!
Olhei o rosto dele e ele estava com uma cara tão safada que eu nunca vou esquecer. Ele falou:
-Nem doeu!!!
E correu pro fundo do sítio, eu fui andando pra onde ele foi pensando no que aconteceu!
Chegando onde ele estava, falei:
-Aprendeu? Na próxima vou enfiar até eu sentir o gostinho igual fiz na sua cara! (Chamavamos gozar de gostinho kkk)
Ele prontamente respondeu:
-Voce não consegue sentir o gostinho assim!!
Eu disse:
-Se duvidar eu faço agora!!!
Resposta dele:
-EU DUVIDO E Ó DÓ!!!!
Não falei nada, parti pra cima pra dominar ele só que ele não resistiu, já foi caindo de barriga pra baixo! Não ofereceu resistência com os shorts também. Abri a bundinha dele e vejo o cuzinho ainda melado de banha! Bem bonitinho e vermelhinho pela última brincadeira…
Deitei em cima e dessa vez o pinto entrou mais fácil… Só a voz dele:
-Devagar…
Fiquei ali parado uns segundos e comecei a meter como aprendi!
Ele só gemia:
-ishh.. aii… Hummmm
Estava curtindo e gostando muito com certeza!
E eu adorando pq o cuzinho era mais apertado que buceta!
Meti uns 5 minutos e gozei gostoso….
Fiquei ali até o pinto amolecer um pouco e sai de cima!
Perguntei:
-Gostou?
E ele:
-Melhor que lutinha!!!
Ficamos ali um tempo e combinamos que seria nosso segredo e que sempre faríamos isso!!!

Depois conto nossas outras experiências, inclusive a primeira vez que chupamos um ao outro e a primeira vez que dei pra ele!

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,64 de 47 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Sandra ID:dlns5khrd

    Excelente conto, eu sempre fui viado sempre estava dando para os primos, amigos da rua

  • Responder Matheo ID:gsus5rk09

    Beleza de conto! Que saudades de minhas lutinhas com meus primos, que virava metidas no meu cuzinho!

  • Responder Ronaldo ID:45xxyuydzri

    Que maravilha, gozei feito cavalo agora

  • Responder Vantuil OB ID:g61vjmk0a

    Que beleza, muito bom. Isso me lembra a infância. Comi muito cu de novinhos. Continua logo.

  • Responder Lucas ID:on93s5aqri

    muito bom, continue

  • Responder Fenix83 ID:41ih0orqfi9

    Q conto maravilhoso! Me obrigou a gozar!

  • Responder O leitor ID:2cq8b7y0qi

    Já tô doido pela continuação. Não demore pfvr