# # #

Uma Menina de treze anos em minha vida (5) (Conto Verdadeiro)

1056 palavras | 8 |4.75
Por

Véspera de feriado eu mais a Isinha fomos para casa da Celinha e passamos aquela noite inesquecível .

Na segunda-feira 06 /09 a Celinha me convidou mais uma vez para passar a noite na casa dela , no outro dia seria feriado , aceitei lógico , já havia escurecido , fui com meu carro até a casa de minha mãe no Belvedere aqui em BH peguei minha filhinha a Isinha de oito anos e fomos rumo a casa da Celinha , quando chegamos lá já se passavam dás 21 horas , todas nos esperavam , Celinha tava bem arrumadinha cabelo alisadinho , com uma bermudinha e a marquinha da bucetinha , estava tbm com blusinha coladinha com a marquinha dos seinhos e as irmãzinhas dela tbm com roupas transparentes , a Luíza mãe das meninas estava com um shortinho curtinho com o rabão de fora com blusinha mostrando os seios , igual das outras vezes sentei no sofá eu estava naquela noite com um vestido bastante curto , Celinha veio sentou _se pertinho de mim e já foi me agarrando e me beijando , aí depois a Tainá mais a Claudinha vieram a Tainá sentou _se no meu colo enquanto Claudinha ficou entre minhas coxas grossas abracei e beijei as duas novinhas , a Tainá ela própria desabotoou a minha blusa agarrou meus seios grandes e os colocaram pra fora mamou neles chamei ela de bebezinha safadinha , Claudinha enfiou as mãos por dentro da minha calcinha enfiou os dedinhos na minha buceta ela adora fazer isso , nossa que delícia , neste momento a Celinha já estava no quarto com a mãe dela e a Isinha na cama no maior amasso , então eu fui também com as duas meninas para o quarto na outra cama deitei as duas taradinhas tiraram minha calcinha a Claudinha caiu de boca chupando minha buceta já a Tainá mamando e chupando meus seios , mas depois foi a vez minha de chupar as duas novinhas , agarrei a Claudinha chupei a bucetinha dela primeiro porque naquela noite ela estava num fogo danado dei um trato nela enfiei minha língua a dentro da bucetinha da novinha de dez anos ela estremecia de bom que estava e pedia para continuar e fiz aquela menina sentir prazeres adorei o melzinho, larguei a Claudinha e ataquei a Tainá fiz o mesmo com ela enfiei minha língua na bucetinha dela deixei ela tonta de prazeres senti o grelinho durinho dela na minha língua e senti aquela novinha de onze anos gozando.
Mas a Celinha queria me possuir por isso ela veio para cama que eu estava ,as irmãzinhas dela foram para outra cama que estava mãe delas e a Isinha , a Celinha já foi me agarrando chupando meus seios e foi descendo até chegar na buceta minha e chupou ,chupou gemi muito não aguentei e gozei ela falou Isabella seu melzinho é super delicioso , aí foi vez minha cai de boca naqueles peitinhos durinhos daquela menina uau delícia sem medidas , Celinha não parava de alisar meu corpo , depois de eu chupar bastante os peitinhos dela , fui prá bucetinha dela com meus dedos iniciei uma siririca nela mas não continuei, porque na verdade queria sentir o melzinho dela comecei a chupar ela até gritou quando minha língua tocou no grelinho da bucetinha , ela se mexia, gemia , dizia palavras cariosa a mim , passando as mãos pelos meus cabelos , confesso que sou apaixonada pela Celinha , foi muito bom quando ela gozou e me fez sentir o melzinho dela em minha boca , enquanto isso a Tainá , Claudinha e a Luiza estavam com Isinha , todas elas chuparam minha filhinha , entretanto a Isinha chupou elas também aliás a Isinha não podi ver uma buceta pela frente ela chupa mesmo quando
acontece de nós tomarmos banho juntas ela me chupa o tempo todo no banho é uma verdadeira tardinha . A Luiza estava louca para me pegar eu sedenta por ela , ela tem um bundão , um rabão , então nós nos abraçamos beijamos e tivemos o maior pega ela estava louca para me chupar , deixei ela chupar minha buceta o quanto ela quis , peguei um vibrador na minha bolsa introduzi ele na buceta a Luiza por cima de mim socou ela estava numa tesão sem controle , aproveitei chupei os seios dela , nós duas gemiamos e foi exatamente delicioso na hora que eu gozei , ela não queria sair de cima de mim ficamos horas assim alí , mas ela gozou aí foi a vez minha de chupar aquela buceta gostosa e sentir o melzinho saboroso da buceta dela , nossa como eu adoro um melzinho na boca ,Celinha mais a Tainá e a Claudinha estavam no maior garra garra , foi quando as quatro novinhas vieram me atacar elas são umas taradinhas e foi muito mas muito mesmo prazeroso quando minha própria filhinha de oito anos chupou minha buceta, enquanto as três irmãs e mãe delas estavam também num esfrega sem fim .
Naquela noite aquela casa se transformou numa completa putaria , dormi com a Celinha e Isinha uma loucura super excitante as meninas me chuparam a noite inteira hora Celinha hora Isinha minha filhinha , a Luíza dormiu com a Tainá e Claudinha as duas chuparam a mãe a noite inteira. No outro dia foi feriado eu mais a Isinha ficamos até a tarde , mas antes de sair abracei beijei muito as novinhas chupei bastante os peitinhos durinhos delas , beijei a mãe delas , fiz um carinho especial na Celinha afinal ela é minha pérola de 13 anos , ao chegar aqui no meu apartamento eu mais a Isinha fomos tomar um banho , quando Isinha viu eu esaboando meu corpo ela me atacou chupando minha buceta não resisti e gozei com a línguinha de minha própria filhinha no grelo de minha buceta dormimos juntas e naquela noite Isinha me chupou a noite toda , no outro dia já na quarta-feira 08/09 levei ela para casa da vó no Belvedere .
Vejo a Celinha praticamente todos os dias e sempre temos uma rapidinha nem que seja dentro do meu carro , estava me esquecendo controlei um trabalho com uma amiga para Celinha em uma loja de informática especializada em computadores ela foi contratada como uma aprendiz e já conquistou todos alí no entanto quem é o grande amor da vida dela sou eu.
Até o próximo conto (lindos e lindas).

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,75 de 8 votos)

Por # # #

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Sandura

    Ah que maravilha, eu lembro muito bem, quando eu tinha 9, 10 anos, como era bom gozar na boca de uma mulher e como era (e ainda é) bom ter uma buceta gozando na minha boca, lambuzando a minha cara. Uma vez que se experimenta isso, a gente vicia, gozar é muito bom mesmo, meninas dessa idade ficam bem louquinhas quando elas têm a sorte de encontrar uma mulher que as faça gozar. Escreva mais, para mim são como as minhas lembranças …

    • Antonia

      Oi Sandura. Você acha que meninas dessas idades já gozam, não é só depois que menstruam? Acho que somente sentem cosquinha. Mas são uma delicia kkkk

  • Responder Marcelo

    Seus contos são maravilhosos, impossível não ficar excitado com os seus relatos! Vc poderia filmar as suas aventuras e compartilhar conosco!

    @Esse_sou_eu

  • Responder valtturco

    Adorei seu conto. Me chama tele
    @valterarantes192

  • Responder Admirador69

    Saudades da história com seu pai.

    • Isabella

      Admirador 69 você está me confundindo com outra Isabella deste site esse é meu conto número cinco nunca escrevi conto envolvendo meu pai Me desculpe mas eu não sou essa Isabella que vc se referi

  • Responder Roseli

    Adorei seu conto continua

  • Responder Karla20

    Amo seus contos ja li todos.
    Vc pode passar seu insta ou e-mail.