# #

Pai e filha 2

744 palavras | 3 |4.36
Por

Após minha namorada ir embora fiquei imaginando como falaria com minha filha sobre o que ela tinha visto

Fiz a café da manhã normalmente e comecei a conversar com minha pequena se ela queria perguntar alguma coisa, para minha surpresa ela disse que não.
Mais fiquei envolvido com meus afazeres e ela brincando na sala, fico bem concentrado com meu trabalho e ao me atentar à minha filha percebi que havia muito silêncio o que não é bom sinal quando temos criança em casa.
Vou procurá-la e me deparo com a seguinte cena:
Minha filha com a calcinha da minha namorada na cintura por cima do vestido que ela usava com o sutiã no pescoço em cima da minha cama sentada com as pernas abertas por cima do boneco do Lucas Neto rebolando!!!
Minha primeira reação ao ver foi rir mas confesso pra vcs não tirei a imagem da mente. Deixei ela lá brincando e voltei ao meu trabalho.
Mas não tirava a imagem da cabeça. O que me deixou com muito tesão.
Terminei o que estava fazendo, e comecei a procurar vídeos de sexo pra baixar meu tesão. Comecei a ver muito material sobre pai e filha e incesto no geral e cada relato cada conto foi me deixando mais louco por minha pequena.
Peguei algumas dicas de como começar e fui.
Quando entrei no quarto minha filha estava peladinha com a cabeça do boneco na ppk, percebi que ela viu muita coisa da noite anterior, então a chamei e vi que se assustou, falei que não precisava se assustar era só pra ela ir tomar banho para almoçar. Ela ficou em pé em cima da cama e me deu os braços para que eu a pegasse no colo. Olha pegar no colo minha filha nua até esse momento nunca tinha sido problema, mas dessa vez fiquei receoso por tudo que se passava em minha cabeça. Quando a peguei ela me abraçou e beijou dizendo que me amava. Respondi que também a amava e ela me beija na boca eu fiquei olhando ela e ri.
Sei que ela estava reproduzindo o que havia visto, mas não teria momento melhor para realizar o que eu estava fantasiando.
Deixei ela beijar minha boca do jeito dela e ao invés de ir ao banheiro resolvi deitar com ela na cama deixei ela explorar e conduzir a “brincadeira” ela sentou em cima de mim e começou a rebolar fiquei louco assim que ela percebeu meu pau duro passou a mão olhou e explorou, vcs não tem noção do tesão que era sentir a mãozinha dela no meu pau. Comecei a beijá-la e falar que eu era o príncipe e ela minha princesa e que poderíamos brincar assim sempre que ela quisesse, que seria nossa brincadeira especial e nosso segredo, fui beijando seu corpinho todo, deixando ela arrepiadinha e chegando em sua ppk comecei lambendo e olhando sua reação abri levemente e continuei lambendo falei pra ela me olhar e comecei a chupar levemente seu grelinho, bucetinha rosinha com um sabor doce. Perguntei se ela estava gostando e ela balançava a cabeça que sim, passei meu pau na bucetinha dela fiquei assim esfregando até gozar, deixei ela toda melada com minha porra e só conseguia imaginar como seria socar meu pau na minha menina.
Levei ela para a chuveiro e banhamos, nos beijamos e comecei a ensinar como beijar com a língua.
Percebi a sorte que estava tendo nesse momento, uma filha linda que estava se tornando minha fêmea.
Apartir daí foi um dia melhor que o outro, comprei Ky e comecei a colocar o dedo em sua vagina para ir abrindo caminho para meu pau, mostrei vídeos porno pra ela e me masturbava pra ela ver ensinei ela a fazer boquete mais não deu muito certo o máximo que ela consegue e chupar um pouco a cabeça do meu pau, mas lambe bem.
A prova de fogo foi quando a levei pra casa da avó fiquei com medo dela falar algo, mas tudo certo não falou nada. Então voltamos para o sistema de fins de semana alternados, o que estava me matando de saudades. Desde Dezembro ela mora comigo em definitivo e a cada dia estamos mais envolvidos.
Mas antes disso vou contar no próximo conto, como foi a primeira penetração…..

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,36 de 47 votos)

Por # #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Marcos Mondadori

    Dom, adorei teu modo de conquistar a tua garotinha, muito gostoso de ler teus contos. Espectativa para ler a continuação. Sempre achei que o mais xerto de tudo é que nossas meninas tem que ter o pau do proprio pai pra quebrar o cabacinho delas, mas sem força bruta ou violência..

    • Dom

      Obrigado Marcos, agora te falo que foi a melhor decisão que tomei. Vou continuar, até breve!

  • Responder Hyuu

    Que delícia! A sua namorada podia entrar na brincadeira