# #

Novinho Lindo

1197 palavras | 6 |4.36
Por

Moro em um condomínio que tem mais de 2000 mil pessoas, muitas crianças, tenho o costume de ir no final da tarde na pracinha do condomínio, foi quando numa tarde destas conheci Bruninho, um menino de 10 anos, cor de cuia, lindo lisinho, e meio afeminado, bem delicadinho, o corpinho dele era lindo fofinho, sem ser gordo, pernas torneadas, bundinha grande e durinha, ele usava um shortinho pequeno para a idade, conversando com ele, perguntei pq não brincava com outros meninos, ele me respondeu, são brutos tio, e me chama de viradinho,, olha Bruno vc é lindo o tio te acha muito lindo, vi nos olhos daquele menino um brilho diferente, carente, ele sorriu e me deu um abraço e um beijo no canto da boca, meio desajeitado, perguntei com quem ele morava ele disse que morava com uma tia, e que ela trabalhava o dia inteiro, só voltava p casa a noite tarde, convidei ele para conhecer meu apartamento, ele ficou pensando, resolvi me levantar e ir p meu apartamento, depois de alguns metros vi que o menino me seguia, um frio na barriga tomou conta, estava de pau duro, fui indo e o menino atrás, quando cheguei no bloco esperei e ele apressou o passo, olhava para os lados, chegou na porta do bloco, e disse p ele vem vamos tomar uma coca e comer um sorvete, ele me deu a mãozinha dele e subimos, cheguei no apartamento, ele entrou, pude observar ele todo, lindinho, perfeito, servi ele pude ver suas coxas grossinhas sentado no sofá, uma delicia, comeu o sorvete, tomou a coca, e começamos a conversar, ele estava triste pq os meninos tratavam ele mal, eu disse novamente vc é lindo eles tem inveja de vc, observava a boquinha dele carnuda e rosinha uma perfeição, perguntei se ele tinha namorada, ele olhou p o chão, ficou pensando, ai aproveitei e disse , se vc não gosta de meninas, não tem problema, é normal, vc gosta de meninos?, ele sorriu envergonhado, tio o senhor acha q sou viadinho? Não Bruninho, se vc gosta de meninos é normal, eu gosto também, nossa minha resposta, rendeu um sorriso dele, ele se identificando comigo, o problema Bruno é a gente conseguir alguém igual a gente, pq os outros meninos são ignorantes e brutos, só gostam de meninas, pois é tio não encontrei ninguém, vc já beijou na boca, ele disse não, quer aprender ? mas tem ser segredo, pq sou mais velho e vc é uma criança, ninguém pode saber, perguntei se ele gostava de colo, ele balançou a cabecinha, subiu no meu colo, abracei ele, dei um beijo no pescoço, na bochecha, e depois naquela boquinha linda, que gosto maravilhoso, chupei aquela linguinha, ele me apertava no abraço, arrumei ele no colo de frente abrindo as perninhas dele, continuei beijando ele, passei a mão naquele corpinho dele, ele deu uma gargalhada de cocegas, ai tio, está me apertando, eu disse é assim vou te ensinar a namorar, estava muito calor, convidei ele para tomar um banho, ele meio sem jeito aceitou, fomos para o banheiro, botei ele em cima do vaso e comecei a tirar a roupinha dele, camisetinha, short, e cuequinha, o pauzinho dele pulou, estava durinho, excitado pelos beijos, virei ele e pude ver aquela bundinha desenhada, de menina, perfeita, durinha, peguei ele no colo botei ele no chão, liguei o chuveiro, tirei minha roupa e ele viu minha rola grande e dura, os olhos cresceram, nossa tio é grande teu bilão, kkkkk riu, o teu quando crescer vai ficar assim também, a rolinha dele tinha uns 10 cm, até grande p idade, circuncisada perfeita, nos molhamos, passei sabonete nele shampoo, tudo com carinho, aproveitava para passar minhas mãos naquele corpinho, ele deixando bem receptivo, feliz com o banho e os beijos, lavei a rolinha dele com sabonete de aveia, ele fechou os olhos, fiz uma punhetinha p ele devagar, mandei ele lavar a minha, nossa aquela mãozinha esfregando minha pica, que sensação, disse p ele lava bem q depois quero beijinhos nela, ele riu, lavei aquela bundinha linda, mandei ele se abaixar e abrir as nadegas, passei minha mão naquele cuzinho lindo, saímos do banho enrolei ele na toalha e levei ele p cama, comecei a secar aquele delicinha, perfeito, sequei a rolinha dele, e disse vou dar um beijinho, deitado, nuzinho de rolinha dura, nossa que visão, abocanhei aquela rolinha linda, o menino fechava os olhos e se endurecia todo com a chupada, nossa que delicia senti pulsar dentro da boca, era o primeiro boquete do menino, mamei por uns 10 minutos, foi quando pedi p ele chupar, ele meio sem jeito lambeu a cabeça da rola, resolvi colocar um por nozinho de meninos para ele ver, os meninos chupavam um cara, eram uns 3 de 7 anos, ele olhava e fazia na minha rola, disse sem os dentinhos, nossa aquele menino fez bem molhado a chupetinha, virei ele enquanto me chupava eu chupava ele e lambia o cuzinho, de delicia, com um pouco de gel, massageei o anus dele até ele quase se abrir, coloquei a pontinha do dedo, e por incrível q pareça ele deu uma empurrada contra o dedo, entrou a pontinha, mamava ele e enfiava o dedo naquele cuzinho, entrou um pouquinho o gel ajudou muito, e batia uma punhetinha p ele, senti ele gozar, se enrijecendo todo, saiu um pouquinho de leite, tinha gosto de criança, virei ele de 4 para introduzir melhor o dedo, ele estava todo molinho, de 4 com o travesseiro no meio das pernas, empinei aquela bundinha, coloquei meu pau no reguinho dele só encostado, empurrava um pouquinho sem intenção de penetrar, mais gel, encolhi as perninha dele ficando mais de 4 ainda, sua rolinha estava mole, saindo leitinho ainda bem pouquinho, com uns 15 minutos encostando no cuzinho dele, entrou a cabeça, ele reclamou, de dor, e choramingou, começou a chorar, esta doendo tio!!!!abri com as duas mãos o cuzinho, o cuzinho abriu, deu p ver o buraquinho levemente aberto, introduzi mais gel e xilocaína, com um dedo, mínimo, espalhava dento o gel e o anestésico, abrindo novamente o cuzinho dele, pude colocar a cabeça dentro novamente, empurrei, ele só gemeu, cu apertadíssimo, enfiava saia gel p fora, choramingou, tio para, não quero mais, eu disse espera u pouco q já vai acabar, dei uma bombada não muito profunda, o cuzinho parecia estar colado por dentro, dei uma gozada de cavalo, chegou a fazer barulho da pressão, ele choramingando, abracei ele beijei aquela boquinha, dei outro banho nele, chupei ele mais um pouco, e no sofá ele mamou novamente, esse , foi o inicio, com o passar dos dias ele vinha tds os dias aqui em casa, sempre tentando penetrar o cuzinho dele, passado um mês ele acostumou, já senta no colo, passa gel na rola, e ajeita no cuzinho, muito dengoso, é uma menina, faço sem violência, e sem forçar, estamos apaixonados, é minha bonequinha, abraços a todos

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,36 de 45 votos)

Por # #

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder luiz

    adorei seu conto!!! vc tirou na loteria, essa putinha vai fazer vc gozar muito depois de mansa vai te dar muito prazer

  • Responder .

    Que lindo um namoradinho dessa idade ou até menor. Adorei esse conto. Ele parece ser uma delícia mesmo

  • Responder João Eduardo

    Nossa, que delícia! Lembrei de mim que quando criança também morava em um condomínio tipo esse e com 8, 9 anos já servia a muitos marmanjos que me botavam pra mamar e comer minha bundinha. Saudades desse tempo!

  • Responder DOM ORFHEU

    cara pe uma delicia quando se encontra uma putinha novinha assim que ja nasceu para servir machos, adestra ela direitinho para que ela seja sempre submissa e obediente que vc vai ter uma putinha particular por mto tempo, espero ler a continuacao

  • Responder Cassius

    Tenho um filho. Gostaria de trocar experiências com outros pais sobre incesto e etc.

    Tele cassius1987

  • Responder David

    Muito bom, é fictício? Se for, coloca a idade pra 14/15 anos. Menos do que isso é crime. (Fica a dica). Tenho 15.