# #

Minha filha putinha

1063 palavras | 9 |4.57
Por

desfecho do abuso da Nana e como me excitei vendo

olá
sou a Magali, tenho 35 anos e sou mão solteira. Perdi a virgindade cedo prum amigo dos meus pais e saí de casa pra morar com meus avós quando eles descobriram e vivi lá com eles minha adolescência. No começo foi difícil mas me adaptei pois eles eram legais e um pouco liberais não tendo horários rígidos, o que me proprocionava ficar até tarde na rua. e foi assim que eu fiquei grávida aos 18 anos de um cara que eu conheci na noite e nunca mais vi. Recebi apoio dos meus avós e levei a gravidez adiante, então a Eliana nasceu. Continuei morando com meus avós até ir morar com o Paulo, rapaz que conheci e que disse que iria cuidar de mim e da minha filha, mas ele nos deixou quando eu fiz 23 anos, porque eu comecei a trabalhar num mercado e ele era muito ciumento, mas eu já tinha minha independência financeira então não me abalei e toquei minha vida em frente com minha filha. Quando ela tinha dez anos, teve uma infecção na garganta, tendo que tomar injeções e como eu não sabia aplicar, um vizinho nosso, o Marcos, um solteirão de 40 anos, farmacêutico, se ofereceu para aplicar. na primeira aplicação ele foi lá em casa, explicamos pra Nana tudo e então eu mandei ela deitar e se preparar. Ela estava usando um vestidinho, então era só baixar um pouco a calcinha e pronto, mas quando entramos no quarto ela estava deitada de bruços, vestido levantado e calcinha pelos joelhos. Senti um pouco de vergonha, apesar dela ainda ser inocente, pois ela estava com as perninhas afastadas e a bucetinha dela estava à mostra, saliente. Imediatamente olhei pro Marcos e vi um olhar estranho nele, meio de tara, mas achei que era impressão minha, então fui até minha filha, dizendo que não era necessário baixar toda a calcinha e ia levantar, quando o Marcos disse: -Deixa assim, que ela se sente bem à vontade e não fica tensa, daí não dói tanto. Bom, não sei porque, mas deixei.
ele sentou na cama e começou a preparar a seringa, sendo que a cada tanto dava uma olhada safada na bundinha e na bucetinha da menina, e notei que ele foi ficando de pau duro, pelo volume da calça. Então ele levantou pra apanhar o algodão e o álcool e o volume ficou bem evidente, mas ele descaradamente foi até a menina e aplicoua injeção depois ficou alisando a nadega dela demoradamente, pra espalhar o liquido, segundo ele. depois ficou de costas pra mim, de maneira que eu não pudesse ver as mãos dele, mas pelo espelho eu vi ele passar a mão pela bundinha dela e enfiar no meio das perninhas dela, tocando na bucettinha dela. (continua)

sou a Magali, tvou relatar a sequencia dos fatos.
quando olhei pra minha filha, ela estava olhando pro Marcos e sorrindo de maneira cúmplice. Depois ele subiu a calcinha dela e disse que já havia terminado. Saimos do quarto e perguntei se devia algo e ele disse que não, que era um prazer e como eram cinco injeções, disse que viria na noite seguinte. Voltei ao quarto e minha filha ainda estava deitada. Perguntei se estava tudo bem e ela disse que sim. Pensei em falar sobre o toque na sua bucetinha mas preferi não tocar no assunto. Na noite seguinte, no horário marcado chegou o Marcos pra aplicar a injeção. A fim de tirar minhas dúvidas, eu fiz minha filha usar um shortinho de pijama larguinho, sem calcinha, e disse pra ela, antes dele chegar, que o esperasse deitada e deixasse que ele baixasse o short. Então, quando ele chegou eu disse que a Nana estava esperando no quarto e como estava com uma panela no fogo, não poderia descuidar, pedindo que ele fosse até ela pra aplicar a medicação. Mal ele entrou no corredor que leva ao quarto, corri pra fora, em direção à janela que havia deixada semi aberta a fim de espionar os fatos. Ele entrou e disse: oi Nana, pronta pra medicação? -Sim, disse a menina. ele chegou perto da Nana que já estava deitada de bruços e pernas afastadas, olhou bem no meio das perna dela e ainda puxou um pouco a perna do short pro lado, a fim de ver bem e passou a mão na bucetinha dela, dizendo: tá linda. Olhei pra ela e ela somente sorriu pra ele, sem reagir. Ele preparou a seringa e então baixou bem o shortinho dela, deixando na altura dos tornozelos,e mandou ela afastar bem as perninhas, aplicou a injeção e novamente passou a alisar a nádega dela, depois passou a alisar toda a bundinha e a passar od dedos entre os beicinhos da buceta dela. então ele ficou em pé, tirou o pau pra fora e começõu a se masturbar na frente da minha filha, que atenta, não tirava os olhos do pau dele. um pouco depois ele pôs ela em pé na cama e meteu o pau no meio das permans dela e começou um vai e vem nas coxinhas dela. Eu via o pau dele aparecer e sumir por entre as nadegas da minha filha até que ele gozou, deixando o leite escorrer pelas coxas dela. Depois pegou a loncol e se limpou e limpou ela, guardou o pau e saiu. Eu, claro, diante dquela cena, acabei me masturbando e gozando também. Corri até a sala e cheguei no exato momento em que ele saiu do corredor então perguntei se estava tudo bem e ele disse que sim, que havia demorado porque a menina estava um pouco receosa da dor da agulha e ficou conversando com ela.
fingi que acreditei e ele foi embora. \nas outras noites eu já mandei a guria esperar ele nua e ficava na janela espiando e ele, vendo a menina assim, entendeu a carta branca e passou a abusar dela com total liberdade, ficando, inclusive, nú também. Claro que houve penetração, mas isso eu conto outro dia. bjs

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,57 de 42 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Fabio Safado ID:y8i276ij

    Eu ja tive experiência c mae e filha uma d 9 olha nao tem coisa melhor se tem alguma mae afim td em sigilo me chama teleg safadinhotarado2018

  • Responder Nando ID:g3izotdqm

    Conta logo…

  • Responder hepta campeao mengao ID:46kph00s8rd

    Deixa eu comer a bucetinha dela tambem

    • Putinha ID:gqawlfyzk

      Esperando a continuação

  • Responder Alexandre ID:gsudr88rb

    Que delícia de conto, manda logo a continuação

  • Responder Marcos Duarte ID:g3jpa6y8m

    Meter numa menina com a mãe assistindo, não tem coisa melhor. E tão gostoso quanto encher a xotinha dela de porra, e ver a mamãe sorver toda gala depois.

  • Responder De bem com a vida ID:gqbpuerzm

    Continua, não demore, se desejar deixe seu skype e vamos conversar sobre vc e sua filha.

  • Responder anonimo ID:3yny8ueq8r9

    continua

  • Responder Uber 37 ID:7xbyx5tt0i

    Delícia de conto
    Alguma putinha afim de diversão?
    Chama no telegram
    @spfc18