# #

Meu cunhado Braz

538 palavras | 3 |4.67
Por

Tudo começou quando meu marido me confessou que gostava de fantasias sexuais. Fiquei surpresa, mas confesso que me despertou um desejo que nunca pensei sentir um dia. Perguntei o que ele gostava de imaginar quando eu estou nua na cama sabendo que iria me possuir e me penetrar de todas as maneiras. Pois, achava que fazíamos de tudo entre quatro paredes. Ele me chupava todinha, penetrava minha buceta, comia minha bunda, gosto quando ele me penetra com força por trás e sinto seu pau todinho atolado no meu cuzinho. Ele me olhou nos olhos e em forma de um pedido disse, quero algo diferente de tudo que já fizemos. Então, perguntei o que ele queria fazer de novo. Ele falava que durante as nossas relações sexuais queria imaginar outro homem me pegando por trás. Fiquei nervosa e assustada. Mas, confesso que também curiosa. Deixa ver se eu entendi disse a ele. Você quer fazer de mim, um sanduíche com outro homem? Você quer ver outro cara me fodendo? Ele disse sorrindo que era só fantasia, só imaginação. Depois de três dias não parava de pensar no assunto. O sábado chega, digo a ele que poderíamos tentar algo diferente. Ele deu um sorriso e foi tomar banho. De repente a campainha toca, não esperava ninguém. Era o Braz irmão do meu marido. Era um homem que tinha a fama de cafajeste, era atraente, mas nunca tinha imaginado ele na minha cama. Mas agora quem sabe se meu marido toparia em vez de só fantasias, fosse de fato e de verdade. Meu cunhado já chegou me dando um abraço forte e um beijo no rosto. Vou até a geladeira e pego uma cerveja pra ele e uma pra mim. Digo que seu irmão está tomando banho. Pela primeira vez percebi que ele estava me olhando dos pés a cabeça, principalmente para minha bunda. Só para provocar digo, Braz você acha que estou gorda? Ele me olhou por inteiro, estava usando uma calça de malha colada ao meu corpo, o volume na frente era tão clássico quanto meu bumbum. Ele pediu que desse uma volta. Quando virei, ele me abraçou por trás e amassou meus dois seios beijando meu pescoço. Me deu um calor no corpo e logo senti que fiquei molhadinha. Me solto dele e digo que ficou louco. Ele me pede desculpas dizendo que não sabe o que aconteceu ao me ver achou que eu também queria aquilo. Disse que seu irmão tá saindo do banho. Ele com cara de safado, me diz que sou muito gostosa. Olho bem pra ele e falo que por isso merece um presente. Ele dá um sorriso esperando algo. Levantei a blusa que usava mostrando meus grandes seios. Viro e deixo a sala na direção do meu marido que estava saindo do banheiro. Ele me olhou sem blusa com os seios de fora. Apenas digo que seu irmão está na sala. Tiro o resto da roupa e entro no banheiro. Sem entender nada meu marido vai atender seu irmão safado.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,67 de 18 votos)

Por # #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nélio

    Qual cidade você mora?

  • Responder Indiox77

    Muito bom continua que eu quero saber tudo que aconteceu

  • Responder Rodrigo DF

    Delícia de conto,esperando á continuação!
    W
    ws38rodrigues meu skp