# # #

Fabinho 01: mesa de sinuca

507 palavras | 10 |4.40
Por

Primeira vez que fui tocado no pau e tambem toquei em um outro pau….

Me chamo Andre, atualmente tenho 45anos, tive muitas experiencias maravilhosas tanto com garotos e garotas.

Vou começar pela primeira vez que experimentei algo delicioso. Eu tinha apenas 15 anos, e tinhamos na rua de casa uma turminha grande de amiguinhos.

Sempre quando voltávamos da escola, iamos jogar bola ou jogar video game Atari. Naquele dia eu cheguei da escola fui almoçar e logo em seguida fui para a rua encontrar os meus amiguinhos: clau 13anos, Dado 12 anos e o fabinho de 11 anos… eu era o mais velho da turma, ja era um adolescente formado, pau ja estava crescido, grosso e com pelos no corpo. Entao cheguei na rua e nada deles, fui na casa do clau nada, fui na casa do fabinho nada entao só me restava um lugar a casa do dado.

Fui entrando pelo portao, passei pelos cachorros que ja me conheciam, e fui em direçao a um porão que o pai do dado tinha uma mesa de sinuca, estranhei muito estava tudo quieto e muito escuro…mas mesmo assim algo me dizia que tinha que entrar naquele lugar…ao abrir a porta a claridade do quintal me revelou uma cena incrivel, os tres estavam sentados no chão batendo punheta…

Aquilo foi uma loucura para mim…eles se assustaram e me pediram para nao contar para os pais deles, pois eu ja era mais velho que eles…dai eu disse: poxa vocês sao meus melhores amigos porque eu ia fazer isso com voces.

Entao eu logo fiquei de pau duro, o ambiente ainda estava meio claro pois a porta estava aberta, entao eu falei poxa quero brincar tambem… entao eu fechei a porta e ficou um breu la dentro…

Eu falei que eu e o fabinho de 11 anos ficariamos deitados em cima da mesa de sinuca e os outros dois o clau e o dado ficariam no chão pois seria mais confortavel….

Assim que me deitei ao lado do fabinho, eu fui tateando ele no escuro, e cheguei no ouvidinho dele e disse…olha voce pode pegar no meu pau eu nao conto para ninguem nem para os dois, ele ficou assustado, achei a mao dele no escuro e direcionei ao meu pau que estava latejando…quando ele pegou ele disse puta como e grande..kkk quase morri de susto pois os outros que estavam no chão poderia perceber as minhas intenções com o fabinho de 11anos, dai eu brinquei falei assim claro que é grande vc encontrou no meu braço….entao todos no escuro ficaram sem entender.

Fui passando a mao naquele pauzinho durinho devia ter no maximo uns 10cm, ele era todo lisinho, entao fomos batendo, batendo ate que eu lavei toda minha barriga de porra e o fabinho soltou um pouquinho daquela aguinha que ja era quase uma porra…

Terminamos ai, nos limpamos com umas flanelas que tinha la….

Essa foi a minha primeira mao amiga, foi delicioso e inesquecível… no proximo conto vou falar da primeira transa….

Espero que tenham gostado

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,40 de 20 votos)

Por # # #

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Victor

    Adoro liberar meu rabinho pra meus amigos me fuderem avontade tenho 18 anos alguém quer ser meu amigo

    • Andre.bi

      Oi victor, vc é de onde carinha?

  • Responder Gatto~

    Ah, que saudade desses tempos de putaria, hj em dia não se encontra amigos para fazer isso assim hehe

    • Andre.bi curto lekes

      Verdade….kkk

  • Responder Marcos Mondadori

    Cara me diverti muito com a tua narração de ter encontrado tres garotos sentados no chão de uma sala escura e batendo punheta. Cena incrível kkkkk, cara duvido que eles não tenham broxado pelo susto que levaram. Kkkkk

    • Andre.bi

      Kkkk é isso ai marcos!!

  • Responder Nando Costa

    Então, mano. Fala tbm sobre vc agora com 45. Ainda pega nos paus dos lekes?

    • Andre.bi

      Curto sim!

  • Responder Faruck

    Põw man fala aí como vc fudeu um por um no mesmo local fingindo está batendo uma.dlc quero ler continuação

    • Andre.bi

      Oi Faruck, vou continuar…vou escrever a continuacao…obrigado