# #

Eu durmo pelada com meu filho

638 palavras | 7 |3.69
Por

Eu durmo nua com meu filho desde que sou separada

Olá, me chamo Madalena e tenho 38 anos, sou loira e bronzeada, meu filho tem 17 anos, apesar da idade e de estar separada, ainda estou em forma, tanto que percebo que meu filho vive encarando meus peitos e minha bunda enquanto tomamos banho juntos, seja no chuveiro ou na piscina nus, ando pelada pela casa sem nenhuma preocupação dele me ver, tanto que uma vez quando ele tinha 12 anos, ele voltou da escola atrasado e eu fui dar uma bronca nele, mas não percebi que ele entrou com um amigo da escola junto, tive que cobrir os seios e a xota e sair correndo, mas minha bunda ele viu, e passou a frequentar nossa casa o tempo todo, uma vez eu tava pelada no banho me depilando e a porta estava entreaberta e quando eu abri a porta do box vi ele me olhando, depois ele saiu correndo, mas quando fui pro quarto passar hidratante no corpo nua vi ele olhando de novo, ai decidi abrir a porta e sair nua e dizer: o que você quer, quer transar, mas com esse pauzinho você não é de nada! Ele saiu correndo e nunca mais veio a nossa casa, mas contou tudo na escola, e todos foram zoar meu filho. Mas voltando ao assunto, eu sou separada e devido a carência, as vezes peço pro meu filho dormir comigo na minha cama, a gente dorme sem roupa nenhuma e ás vezes agarradinhos, meu filho acorda com o pênis duro mais eu nem ligo, mas um dia a vontade veio, nós dois pelados na cama começamos a nos esfregar, até que meu filho me deu um selinho que acendeu meu fogo, depois ele começou a chupar meus peitos: Para filho, vai deixar a mamãe com tesão! – ele falou: É pra deixar mesmo, eu não aguento mais não saber lidar com mulheres. – e desceu pra chupar minha vagina, eu tava tão excitada que já ia gozar (afinal anos sem sexo) mas como não estava preparada pra isso disse ao meu filho: Amanhã a mamãe vai tirar sua virgindade, tá bom? Ele concordou e prometemos tomarmos banhos juntos na banheira de casa, onde nós transariamos. Vocês podem achar estranho, mas na minha familia isso não era tabu, quando eu era criança, eu e minhas irmãs faziamos carinhos e beijos na boca uma da outra totalmente peladas na cama brincando de namorar, minha mãe as vezes pegava a gente e dizia que era errado mas não paravamos, pois era uma brincadeira muito gostosa, quando eu cresci um pouquinho começei a fazer o mesmo com meu primo quando ia a casa dele e nossos pais não estavam por perto, minhas irmãs também andavam nuas pela casa e meu filho cresceu acostumado a nudez das titias. Mas voltando ao assunto passamos a nos encontrar na banheira de casa, onde nós transavamos todo dia, paramos quando eu arrumei um namorado mas depois de uns meses eu terminei com ele e quis voltar ao meu filho, mas ele tinha arrumado uma namorada mais velha e disse que ia se casar com ela, então eu mandei um whatsapp pra ele fizendo que de vez em quando eu ainda sinto saudades daqueles banhos gostosos, ele respondeu e disse que era uma delícia mesmo, mas que agora encontrou o amor da vida dele e está feliz com ela. Eu não quis estragar a vida do meu filho mas quando a namorada dele xeretou o whatsapp dele e viu aquilo o pressionou contra a parede e ele contou tudo, mas que ama ela e ainda quer se casar com ela. Decidam com quem ele deve trepar que eu continuarei esse relato.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,69 de 35 votos)

Por # #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Dom

    Que mamae tezuda

  • Responder lil

    Faz anal com ele

  • Responder carlsouzapai

    Ponha sua consciência em paz, vc fez bem. So pq existe uma sociedade hipócrita que quer condenar o sexo e suas formas de amar. Não ligue pra isso. Tenho certeza que seu filho tem saudades e sempre que houver oportunidade vcs vão estar juntos. E tenho certeza se um dia ele for pai de uma menina ou menino e ele tiver desejos de iniciar filho(a) vc apoiaria.

  • Responder Emerson

    Normal…
    Fui criado pelos meus padrinhos desde os 9a. Eu tinha 12a já, e ddo meu padrinho era escalado para trabalhar a noite(radiologista) minha madrinha me chamava pra dormir com ela. Cansei de acordar com ela acariciando minha rola, que não era grande, mas eu já usava a mão inteira pra tocar punheta, e não só os dedos como antes. Tbm tinha alguns pentelhos, e qdo gozava já soltava aquela porra ralinha que todo garoto solta no início. MInha madrinha tinha 26a, e era uma mulher linda e gostosa pra caralho. Qdo a gente saía, notava a quantidade de homens que olhavam e mexiam com ela.foi ela quem me ensinou td. O primeiro boquete que recebi, foi dela. Foi a primeira buceta que chupei, meti, e gozei dentro. No dia do meu aniversário de 18a, ela me levou num motel, entramos as 14h e saímos as 19h. Passamos a tarde inteira trepando, e naquele dia ela me deu até o cusinho, mesmo não gostando muito de dar, ela deixou eu gozar duas vezes no cusinho dela.
    Estou com 30a hj e ela 44, mas continua bela, e muito gostosa. Até hj, qdo lembro do que rolou entre a gente, tenho uma leve desconfiança que meu padrinho sabia de td.

  • Responder Paizão

    Que bosta de história sem pé nem cabeça

  • Responder Javiii

    Cuál e seu Instagram , me ajuda tambem por favor , EU tambem Quero comer mia mae

  • Responder Leito sincero

    Eu acho que ele deveria trepar com as duas, mas como é pra escolher é melhor ele trepar com você.