# #

Comi a minha priminha safadinha de 8 aninhos!…

1507 palavras | 4 |4.45

Naquela época eu tinha 14 anos e tinha fama de ser pegador, mas não era bem isso, eu só tinha ficado com uma garota, que era minha prima, e foi com ela que eu perdi a virgindade. E sepois que eu perdi a minha virgindade a gente só transou mais umas 3 vezes, pois a minha prima mudou de cidade, e foi aí que tudo começou, pois eu passei a tomar conta da minha priminha de 8 anos.

Essa prima era uma pestinha (toda criança é), mesmo assim gostava dela e ela também gostava de mim, vinha muito aqui em casa pra brincar comigo, mas principalmente com o Luquinhas (um menino da vizinhança de 10 anos). Todo dia eu via eles brincando na rua, e às vezes a minha prima levava ele pra brincar no meu quarto, pois lá tinha meu vídeo-game, e eu deixava de boa, mas um dia tava no banho e não ouvi a minha prima dizendo que ia brincar com Luquinhas no meu quarto.

Aí eu saí do banheiro e fui pro meu quarto, e quando fui abrir a porta, eu vi minha prima e o Luquinhas “brincando”, minha prima tava peladinha, sentada em cima do Luquinhas, que tava deitado na minha cama e igualmente pelado. Minha prima se mexia bem devagarinho em cima do Luquinhas, aquela safadinha tava cavalgando nele, que tava de olhos fechados, e obviamente ele tava gostando aquilo, se até eu tava gostando só de ver aquilo, imaginem ele que tava comendo minha priminha, rsrs.

Eu logo tirei meu pau pra fora e comecei a me masturbar, em seguida a minha prima deitou na cama de bruços e abriu a sua bundinha, em seguida falou pro Luquinhas deitar em cima dela e enfiar o seu pau na bucetinha nela. Aí ele deitou em cima da minha priminha e enfiou o seu pau na bucetinha dela, em seguida ele começou a se mexer pra cima e pra baixo, ele ficou assim por bastante tempo, aí ele parou, sentou na cama e disse que tinha que voltar pra casa.

Uns dias depois minha prima tava aqui em casa, a gente tava na sala, sentados no sofá e assistindo filme na TV, até que ela fala – Primo… Posso chamar o Luquinhas pra brincar aqui?. Eu – Pode sim, mas vê se não deixa meu quarto bagunçado como na última vez, rsrs. Minha prima foi chamar o seu “amigo”, enquanto isso eu comecei a pensar num jeito de participar da brincadeira deles, com isso logo fiquei excitado, e enquanto minha prima não voltava com o Luquinhas tirei meu pau e fiquei me masturbando.

Cerca de 15 minutos depois a minha prima voltou, mas tava sozinha, ela logo sentou no meu lado, aí eu falei – Ué prima… Cadê o Luquinhas?… Ela não vai vir hoje?. Ela – Ela vêm primo! Tá terminando de tomar banho.

Um tempo depois eu comecei a pensar na melhor maneira de pedir pra “brincar” com ela, aí me sentei mais perto dela, em seguida eu coloquei a sua mão no meu pau por cima do short, e aí falei – Posso brincar com vocês também prima? (falei sorrindo bem safado). Ela – Você sabe do que a gente vai brincar primo?. Eu – Sei sim! (falei enquanto pressionava meus dedos contra a sua bucetinha por cima do shortinho que ela tava usando).

Minha prima deu uma gemidinha e sorriu bem safadinha, em seguida ficou com expressão de assustada, e aí falou – Foi o Luquinhas que te contou?… Não foi?. Eu – Não!. Ela – Então quem foi?. Eu – Ninguém me contou prima… Eu vi vocês 2 “brincando” no meu quarto, rsrs… E então, posso brincar?. Ela – E por que quer você brincar comigo?. Eu – Porque gosto de você! E por que eu acho você muito gostosinha também, rsrs. Aí eça sorriu e ficou bem vermelha, e aí disse – Tá bom. Eu – Posso brincar também?. Ela – Pode. Eu – Então vamos. Ela – Depois. Eu – Vamos agora?. Ela – Eu vou brincar com o Luquinhas primeiro, tá bom?. Eu – Tá bom priminha… Sua safadinha, rsrs (disse alisando sua coxa).

Aí ela deu um sorrisinho meio tímido, em seguida aproximou o seu rostinho do meu e me beijou, e não foi de selinho, foi quase um beijo de língua, em seguida ela ficou me olhando e sorrindo. Aí ela foi na cozinha e quando voltou disse que tava indo pro meu quarto e aí me pediu pra falar pro Luquinhas ir pro meu quarto assim que chegasse, aí eu brinquei dizendo que não iria contar, ela riu e foi pro meu quarto.

Cerca de 5 minutos depois o Luquinhas entrou aqui em casa e pergunta pela minha prima, quando falei que ela tava meu quarto ele sorriu de felicidade e foi pro meu quarto, cheguei pensar em ir atrás dele e ficar olhando eles transando, mas fiquei na sala. Eu fiquei um tempão esperando eles, que só saíram mais de meia-hora depois que o Luquinhas entrou, e os 2 estavam bem suados e sorridentes, aí eu falei – Parece que vocês brincarem bastante… Não é priminha, rsrs. Ela – Nós brincamos sim, rsrs (disse sorrindo bem safada).

Aí Luquinhas foi embora, em seguida a minha prima veio até mim, ela pegou na minha mão e me levou pro meu quarto, lá trancou a porta e pediu pra eu tirar a roupa, em seguida ela começou a tirar a sua roupa, e eu logo tirei a minha também. Quando a minha priminha tava peladinha deitei ela na minha cama, em seguida eu subi em cima dela e fiquei esfregando meu pau na bucetinha dela, que logo tava com sua respiração intensa e ela até soltava uns gemidinhos baixinhos.

Um tempo depois eu comecei a enfiar meu pau na bucetinha dela, foi um pouco difícil, pois ela tinha uma bucetinha bem apertadinha, mas logo consegui enfiar ele todo, em seguida iniciei um vai-e-vem bem devagarinho.

Minha priminha gemia bastante, ela se contorcia todinha e agarrava o lençol da minha cama, mas em nenhum momento falou “vai devagar primo” ou “tira que tá doendo”, safadinha aguantou ser fodida por mim, que metia bem forte, e logo senti uma enorme vontade de gozar. Aí eu tirei meu pau da bucetinha dela e gozei em cima da bucetinha e na barriga dela, que tava bastante ofegante e toda suadinha, em seguida me deitei do lado dela e fiquei lhe acariciando e dizendo que à amava, e que nós íamos namorar daquele jeito todos os dias.

Eu logo fiquei excitado de novo, aí virei ela de bruços e fiquei esfregando o meu pau bem no meio de sua bundinha, em seguida eu abri ela e apontei a cabeça do meu pau pra entrada do seu cuzinho, em seguida eu comecei a enfiar, mas não tava conseguindo. Eu então enfiei o meu pau na bucetinha dela de novo e continuei fodendo ela, fui com força e bem rápido, fazendo a minha priminha gemer MUITO e MUITO alto, mas aguentou e gozou rapidinho, eu continuei por 5 minutos, logo comecei a gozar.

Dessa vez a vontade veio tão forte que eu não tive força nem tempo pra tirar o meu pau, e aí eu acabei gozando dentro da bucetinha dela, e eu gozei bastante, deixei aquela bucetinha, que já tava cheia com o meu gozo, ainda mais cheia, rsrs. Aí deitei do lado dela, que tava de olhos fechados e dormindo já, eu logo fechei meus olhos também e aí dormi em poucos minutos, quando acordo ela não tava na minha cama, então eu me levantei e fui procurar ela que tava na varanda, se balançando na rede.

Aí eu me sentei em uma cadeira na frente dela que tava de banho tomado já, pois tava com os cabelos molhados e tinha vestido outra roupa, eu logo falei que ela não poderia contar o que a gente fez pra ninguém, aí ela deu um sorriso sapeka e disse que sabia. Aí eu fiquei curioso em saber se minha prima tinha feito aquilo com meninos mais velhos, eu falei – Você já fez isso com outros garotos?. Ela – Sim!… Com o meu irmão… Mas não conta pra ninguém, tá. Eu – Você “brinca” com o seu irmão?. Ela – Aham!. Eu – Mas ele tem 19 anos!. Ela – E daí. Eu – Nada não.

Depois daquele dia eu transei com minha prima várias vezes, (e eu continuo transando com ela até hoje) eu tenho 18 anos, ela tem 12 e tá MUITO gostosinha, os seus peitos estão bem grandinhos e sua bundinha é bem empinadinha, ela tá muito mais safadinha e é uma delicinha na cama, rsrs.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,45 de 20 votos)

# #

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Luiza

    Mentiroso, menina de 8 jamais falaria assim

    • Daniel

      Porq não???

  • Responder Nathan

    Eu tinha 17 qdo comi minha prima de 8, aliás, comi minhas três primas. A Zuia, foi a primeira, e ela tinha 12a, e eu 15. Duas semanas depois, foi a Marta, de 10a.
    A Zuia era bem putinha, chupava meu pau até no ônibus, e no cinema tbm. A fdp abria a janela, se protegia com a cortina e ficava só com o rosto aparecendo, conversando com a amiga, e enquanto isso, eu metia a rola nela. Um dia, melei o reguinho dela com creme, pincelei no cusinho, e forcei. A cabeça entrou com td, ela gritou e tentou sair, mas eu estava segurando firme nela. À amiga perguntou o que foi, ela disse que bateu dedão machucado no rodapé. Ela segurou a onda até eu gozar e encher o cusinho dela de gala.
    Enfim, chegou a vez da Manu. Ela tinha 8a, e eu já vinha brincando com ela. A danadinha já deixava eu chupar a xotinha, os mamilos gordinhos, e me chupava tbm. Um dia fiquei sozinho com ela, e perguntei se ela deixava por a rola na xota dela. E assim tirei o cabacinho dela tbm. Ela foi a que comi por mais tempo. Até os 17a dela, nós fodemos muito. Mas meti outras vezes com a Marta e com a Manu, mesmo depois de estarem casadas. A Zuia, têm 36a, e qdo nos encontramos, sai até faísca e rola uma boa foda.

    • Garoto rob.

      Nossa muito bom em q gostoso.