# # #

Começou na catequese

756 palavras | 14 |4.50
Por

Descobri os prazeres homossexuais dentro de nada mais nada menos que a igreja e o que nteceu a partir disso me transformou no pervertido que sou hoje

Esse conto é real, aconteceu há muitos anos mas só agora tive coragem de contar.
Eu tinha 13 ou 14 anos e os envolvidos também não lembro exatamente, mas minha família muito religiosa me obrigada ir a missa todo domingo e eu odiava. Quando virei adolescente minha mãe me matriculou na catequese e o que achava uma tortura passou a mudar e comecei ver a igreja com outros olhos, descobrindo um pouquinho de toda podridão que ela esconde. Na catequese era tudo muito rígido, inclusive separar meninas e meninos, cada um de um lado do salão paroquial nos sábados de manhã.
Depois de três semanas fiz amizade com alguns garotos e quando a gente saía da paróquia íamos em turma pra casa. Eu morava numa periferia, lugar bem precário mesmo onde o esgoto era a céu aberto e sequer tinha asfalto. Um dia voltando pra casa com os meninos que moravam perto, dois deles que eram irmãos ficaram antes, um ficou depois sobrando eu e mais três que moravam perto de mim mas não conhecia eles antes de entrar na catequese.
Seguimos os quatro nosso caminho quando o Robson falou assim; Eaí nego Vando tua mãe tá em casa hoje ou a gente pode ir lá?? Esse tal nego Vando na verdade se chamava Vanderlei e o que aconteceu a partir desse dia vou contar aqui aos poucos, pois mudou a minha vida e me transformou no pervertido que sou hoje…voltando pro acontecido, o nego Vando era o mais novo estava sempre no meio da molecada, mas os que faziam catequese eram só eu, o Robson, o André e o Vando.
Vando disse que estava sozinho e que podiam ir, eu achava que iam brincar então perguntei se podia ir junto. Eles começaram a rir e o Vando ficou envergonhado e não disse mais nada. O Robson que era mais sem vergonha disse que não, porque iam brincar de outras coisas e então os três ficaram rindo. Fiquei curioso e disse que queria ir também e participar porque não tinha amigos e até então minha única distração era praticamente só as aulas de catequese.
Robson que era o maior dos quatro me fez prometer que tudo ia ficar em segredo ou então eles iam me bater, concordei e então chegamos na casa do Vando, André perguntou se a mãe do Vando ia demorar e ele respondeu que sim. Então fomos os quatro pro quintal da casa simples com cerca de madeira que não deixava ninguém ver o que acontecia ali…eu na inocência achando que era algum tipo de brincadeira de moleques segui eles e quando entramos na casa André e Robson começaram apertar por cima da calça ficando de pau duro. Tomei um susto com aquela cena e então o André falou pra mim fazer o que eles faziam ou então ia apanhar até desmaiar, então só concordei e fiquei apertando o pau também.
De repente o Robson botou o pau pra fora, tinha uns 18cm mas era bem fino, e o Vando abaixou e começou chupar, André colocou pra fora também e apesar de pequeno, uns 15cm, era bem grosso. Vando ficou revezando nos dois paus e eu me refazendo do susto fui chegando perto e botei o meu pau pra ele chupar também. De repente Robson vai pra trás do Vando, cospe na cabeça do pau e enfia devagar, mas foi entrando fácil, deixando entender que estavam acostumados. Robson metia rápido enquanto Vando chupava eu e o André e as vezes soltava nossos pais pra abrir bem a bunda e deixar o Robson meter tudo.
Eu fiquei assustado quando vi que Vando aguentava aquele pau que apesar de fino entrava todinho no cu dele sem dificuldade e a boquinha quente, macia e molhada chupava eu e o André. Ficamos uns 20min nessa putaria sem ninguém gozar, até que o Robson tirou o pau e foi se lavar no banheiro, enquanto André assumiu o lugar dele e enfiou de uma vez fazendo Vando ficar na pontinha do pé e empurrar ele pra trás, pedindo pra meter devagar.
Foi uma loucura aquilo, minha primeira vez foi logo uma suruba com três garotos e a sensação de ter o pau chupado foi deliciosa e inesquecível…

Continua

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 30 votos)

Por # # #

14 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Cornélio

    Catequese com 14 anos…kkkkk

  • Responder Silvio

    Eu fiz meu catequese aos 14 anos de idade, e eu não era o único.

  • Responder Paulo Henrique

    Ontem eu abri o cu de um boy de 16 anos (tenho 21) eu e três amigos comemos o nossa Amigo mais novo ele foi fudido Igual uma puta ganhou gozada no cu de nós 3 e ainda mamou e tomou na boca também o cu dele é mó delícia como quase todo dia mais não divido ele com ninguém (tenho ciúmes do meu rabinho) mais ontem foi diferente ofereci pro meus amigos achei que eles ia me jugar porque chupo e como meu amigo(colega de casa)
    Nós não damos muita pinta. O jeito. A o Célio rebola na minha pica kkkk deixa qualquer um com tesão eu chupo pica e cu
    Adoro tomar o leitinho do meu amigo
    Sou hetero mais os verdadeiros amigos tem que satisfazer os outros tanto com pau quanto com boca

    • Hernando

      De fato, leite de adolescente é quente e “doce”. Adoro.

    • Mineiro

      Delicia hein, meu sonho pegar um muleke novinho tipo 13 14 e mamar ele e comer

  • Responder Paizão

    Viado tem a mania de achar que todo mundo é viado. Que babaquice. Até porquê, a Catequese é voltada para crianças, 8, 9, 10 anos. Depois dessa idade não se faz mais. Besteira total esse conto

    • Hernando

      Vc conhece todas as regiões do Brasil para saber os costumes? Quem sabe na região dele a catequização é tardia?

    • luiz

      nao sei o que vc faz num site de sexo gay, machao como vc é

    • Pai

      Na verdade tem turmas diferentes, de 8 a 10 anos e de 11 a 14.
      Eu fiz catequese com 12/13 anos.
      Lembro que mulheres davam aulas para as turmas de 8 a 10 e homens davam aulas para os de 11 a 14. Mas pode ter mudado hoje.

    • Paizão

      Depois da infância, é um curso de um fim de semana para os grandinhos poderem CONFESSAR E COMUNGAR. Sou da igreja, garotos grandes não fazem catequese. E mesmo sendo de outra região, a Igreja é uma só. Não muda o dogma. Esse é um conto FICTÍCIO que tá muito longe da realidade

    • Novinho17y

      Eu fiz catequese com 14 anos, então tá tudo normal no conto dele

    • Carlos

      Você reclama de tudo, crítica tudo, nada está bom o suficiente pra você, veado gordo frustrado do caralho, vai tomar no teu cu.

    • CePeLOV

      Isso aconteceu em meados dos anos 2000, não recordo exatamente mas onde fiz (isso lá no norte) minha turma era dos 12 aos 13 anos, fiz a primeira comunhão com 14 porque fiz aniversário bem entre as aulas e a celebração. Inclusive nessa época iniciou uma série de mudanças, começando pela idade e indo parar nas roupas horrorosas que passou ser obrigatório. Com 15 eu ia fazer a crisma mas sai da igreja por motivos que revelarei mais adiante

    • CePeLOV

      E foi exatamente isso @pai porque eu lembro das minhas primas terem aula de catequese com mulheres e eu tive com um homem (enrustido até hj inclusive kkk)