# #

Um filho putinha 3

1003 palavras | 3 |4.00
Por

Olá amigos espero que estejam curtindo, já se foram 13anos e até hj ele é a putinha do papai o tesao é ainda gostoso mas confesso que os primeiros anos eu gosava duas 3 vezes por dia, quando do minha esposa estava em casa era o dia tofo babado só de olhar ele aquele veadinho gostoso do papai.

Continuando… acordei e vi aquela bundinha tão pequena e gostosa, aquele cuzinho tinha comido meu pau meu deus que delícia, que tesao é esse indescritível, como pode um menino me fazer sentir isso meu pau baba e eu vou lamber aquele buraquinho quente, que delícia as preguinhas inchadas, quem já comeu sabe como fica, beiçudinha, chupo gostoso dou taro no cuzinho dele. Ele acorda com minha lingua no cuzinho, eu de pau duro lambendo o cu dele ainda tinha porra minha, o cuzinho tava tesudinha demais. Ele disse papai tô com fome só aí percebi que já era noite, levantei de pau duro e fui esquentar o almoço pra janta, pus a mesa e o chamei ele chega peladinho também, ele começou a comer e tava com fome confesso que também estava, perguntei a ele o cuzinho tá doendo?
Ele: não papaí tá meio dormente
Eu: que bom filho hj foi só o começo vai aliciar e ficar mas gostoso ainda pra o papai meter a pica.
Ele riu safadinha, comemos arrumamos a cozinha eu fui ver as ligações perdidas da esposa, liguei pra ela e falei que durmi e o Riquinho também, ela falou tbm acordamos tão cedo ne vida, eu falei é foi isso. Ela pediu pra falar com ele e o chamei, sentei ele no meu pau e dei o celular, ele a mãe falando e eu de pau duro sentindo aquela bundinha, se despediu da mãe e eu tbm desliguei o cel e fomos pra o colchão. Coloquei mais um vídeo de avó que comia seu netinho e ficamos sarrando no colchão, lambia o pescoço e as orelhas notei que ele adorava isso, ele esfregando a bundinha no meu pau babado, eu pedi filho vem lamber o pau do papai. Ele sentei no sofa ele ficou entre minhas pernas e eu disse lambe este pau minha putinha, feito um picole de chocolate, ele começou a lamber a bainha e a chupar o buraquinho, a cabeça toda dentro da boca, que guloso, filho isso é assim que uma putinha faz, engole mas olha o netinho chupando o avô olha faz igual a ele, ele olha pra tv e abocanha mas o meu pau, segurei a cabeça mandei abrir a boca o mais que conseguisse e fiquei bombando a boca dele. Que tesão ver o meu pau feito pedra fudendo a boquinha do meu filho.
Eu: aí filho que putinha vc é, vc é o veadinho do papai, chupa minha pica, sente o tesao que vc me deixa, nem sum mãe me deixa assim filho, ele ria com o Pau na boca, eu tirei cuspi no pau e dei pra ele chupar de novo.
Ele lambia chupada e com as duas mãos punhatava me fazendo delirar, segurei sua cabeça e fudida sua boca igual ao seu, com intensidade, eu não queria gosar, e peguei ele subiu no sofa em pé com o pinto na minha boca, comecei a chupar o pintinho dele passava a lingua na cabecinha, aí deitei ele no colchão e cai de boca de novo, com as mãos arregacei o pinto dele tirando a cabecinha e lambia, abri o buraquinho e lambia, comecei punhetar com a boca o pintinho ele gritou de tesão, e aí pus ele de lacinho e me deliciei naquele cuzinho inchado, lambi e chupei, cada chupada nas preguinhas do cu todo inchado, eu abria o cu dele com as duas mãos e sugava o cu dele, já tava com pau explodindo, passei a cabeça no cuzinco, peguei o Ky enche o cu dele e meti o pau, cada estocada ele empinavá a bundinha, dei um beijo de língua nele bombando aquele cuzinho quente do caralho.
Eu: remexe minha putinha, senti esse pau no seu cu, meu veadinho, aí filho mastiga meu pau nesse cu, me arrombadinha, agora vc tá arrombado minha putinha do caralho. Pede pica do papai no cu, quem é cadelinha do papai.
Ele: aí papai me dá pica no cu, eu sou a cadelinha do papai, eu sou papai sum cadelinha.
Eu: nao vou gosar no seu cu minha putinha vai tomar leite do papai na boquinha.
Tirei do cuzinho dele e cai de boca naquele cuzinho arrombado e delicioso, chupei muito gostoso e aí virei ele é pus o pau na boquinha dele, começou a lamber, abriu o buraquinho passando a lingua e mamou feito um bezerro faminto, não aguentei e gosei uma porra farta e quente naquela boquinha gostosa, ele lambia o leite e eu olhando a cara de veadindo dele com lingua na minha porra. Pensei se não fosse eu seria outro. Ele de pinto duro eu comecei a punhetar e cai de boca no pintinho duro, dei umas chupada na cabecinha e que delícia, senti ele tremendo, segurou minha cabeça com as duas mãos se ergueu e gemeuu feito uma cadelinha, sentir uma gordinha e chupei tudo. Ele gosou pelá 1 vez que tesão, foi só dar o cuzinho que o goso veio, papai ficou muito feliz.
Eu: filho vc gosou na boca do papai igual gosei na sua, vc é a putinha do papai pra sempre, se cuzinho é muito gostoso, seu pinto também é uma delícia te amo meu filho putinha. Ficamos deitados eu sempre alisando ele, meu dedo no cuzinho, no pintinho, nos bicos dos peitinhos e passava a lingua na boca dele, pedia a lingua pra chupar, a putaria tava muito gostosa. Eu teria ainda 19 dias com meu veadinho só pra mim é meu pau.

Continuação. …

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 11 votos)

Por # #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Menino

    O outro filho não vai entrar pra brincadeira 👀

  • Responder Capx

    incrível, continue assim rsrs

  • Responder luiz

    vc é delicioso fez seu filho te amar de verdade. estou adorando