# # #

Perdi a minha virgindade com mamãe

1268 palavras | 8 |4.46
Por

Não poderia ter tido outro fim,mamãe me ensinou de tudo na arte do sexo

Eu tinha apenas 12 anos me chamo André, quando fui iniciado na arte do prazer sexual,éramos apenas minha mãe e eu,meu pai tinha nos deixado quando eu tinha 5 anos,ele apenas pagava pensão,eu não era um menino esperto,não era muito de ficar na rua,era da escola pra casa e casa escola,certa vez vi minha mãe se trocar pelo vão da porta do quarto,ela não me viu,ela tem o corpo certinho,sieios médios firmes,cintura delgada,coxas firmes ,bumbum empinado uma xaninha peludinha e sem querer ficar da forma que fiquei meu pau endureceu,mas eu estava apenas olhando,sai dali e fui para o quarto,comecei a manusear meu cacetinho,tava sem entender o que tava acontecendo.Resolvi conversar com minha mãe pois não tinha pai para me explicar nada e nenhum amigo intimo.Minha mãe entrando no quarto para arrumar e limpar,eu disse mãe,ela,oi,continuei queria conversar com a senhora mas só se voce prometer não brigar comigo,ela parou e me olhou:ela disse,pois pergunte,eu paralisei como contar a ela que a vi,mas vamos lá,já tinha entrado na chuva. Mãe olha te vi trocando de roupa pelo vão da porta e fiquei com isso duro e pus a mão em cima do pinto e não sei o porque,estava com o coração batendo forte,logo imaginei os gritos e as chineladas que ia levar por aquela ousadia,mas pelo contrário ela sorriu e disse ,bobinho eu fiz aquilo de propósito rrss,sério mãe? ela disse uhum,mas me mostre como você ficou,fiquei vermelho de vergonha,eu disse ah mãe,ela disse vou te ajudar,e pasmem,ela começou a se despir devagaar na minha frente,primeiro baixou as alças da blusinha que usava ,os sutiã apareceu,ela baixou o shorts e ficou de calcinha ambos de cor preta que realçava a cor clara da minha mãe,fiquei paralisado olhando sem acreditar,ela ficou de costas e foi tirando a calcinha empinou a bunda vi a xaninha rosinha depilada,não precisava pedir meu pau já tava durissimo dentro da bermuda,eu disse para mãe,ela disse olha aqui André,ela ordenava que eu olhasse,os seios dela expostos tirados do sutiã os bicos apontados para mim,eu paralisado na beira da cama,sem acreditar,ela sentou ao meu lado,André você é virgem meu filho?não respondi só afirmei com a cabeça,ela disse imaginei isso,tire a bermuda,eu disse melhor não mãe,ela repetiu,tira a bermuda,me levantei puxei a bermuda ficando só de cueca,ela disse filho você já é um rapaizinho precisa aprender certas coisas,quer aprender com sua mãe?embora eu achasse tudo muito louco,não posso negar que o corpo da minha mãe era uma delicia,minha mãe mas um mulher,eu disse que sim,ela me puxou para si,baixou minha cueca e viu meu pau duro não mais que uns 15 cm se chegasse a isso,ela disse uau,primeira lição me puxou para sentar ao lado dela,me beijou como namorados mesmo,senti a lingua dela invandir minha boca corrrespondi e nem sei por que,ela pegou minha mão e pos no seio dela,que peito quente e macio,meu pau durinho,paramos de nos beijar,ela pediu para que lambesse e sugasse os seios dela,hummmmm eu comecei a gostar de tudo aquilo escutava ela gemer e pedir lambe sua femêa lambe,mamei os dois como por instinto,eu estava perdendo a razão,voltei a beijar ela,quando senti a mão da minha mãe me punhetar,aaah eu tava louco de tesão,ela me disse André ,olhei para mamãe,ela se ajoelhou e mamou meu pinto,lambeu e sugava nossa que paraiso,sentir a lingua dela,o calor da boca,eu queria foder ela naquele momento,depois de um tempo ela se deitou na minha cama e disse agora eu meu filho e se abriu para mim,a bucetinha rosa meladinha pronta para ser chupada,lambi mamae com vontade ela era docinha,ela pedia para lamber com mais força,eu no meu intinto de macho comecei a lamber e levantei o grelo dela na lingua ela se retorcia e pedia chupa meu amorzinho,chupa mamãe,meu pau nessa altura já babava e latejava,mamãe sem aguentar gozou na minha lingua,um liquido viscoso e ela se estremecia e me chamava de filho da puta e que me queria,eu sem me aguentar mais eu sabia muito bem onde colocava meu cacete,a penetrei com tudo,ela melada o pau encontrou caminho facil,ela gemeu e pedia vem mais,ahhhh a agarrei e fiz o movimento de vai e vem,precoce como eu era gozei dentro dela,não suportei mais e gemi alto e chamei mãee tô gozando,ela disse isso filho goza gostoso na bucetinha da mamãe,aaah delicioso,eu cheguei a sentir um pouco de tontura,foi muito tremendo o que senti,primeiro orgasmo mas o tesão era muito,minha mãe se oferecendo fodi ela,fiquei abraçado com ela,não falamos nada inicialmente,quando ela quebrou o silêncio: filho? eu disse oi,gostou da experiência de deixar de ser virgem? eu disse sim mamãe mesmo sendo a senhora,ela disse ué sou mulher como outra e meu tesão tava a mil,olhei pra ela,a mil? perguntei ela disse sim filho,não namoro faz um tempão,provoquei voce de proposito para me foder,sorri e a beijei e disse e conseguiu,ela disse agora você pode arranjar uma namoradinha,eu disse não quero,ela disse mas pq?eu disse pq quero você,ela me olhou e me beijou,correspondi ao beijo,me soltei beijei e lambi o pescoço dela falei no ouvido dela que ela era uma puta vadia mas minha só minha,ela dizia sim filho sou sua e se entregava a mim,ela se virou e entendi que queria que a comesse de quatro,que visão da bundinha e xaninha linda toda minha,meti meu pau no paraiso,minha mae estava super molhada e excitada fodi a buceta dela por tras e segurei os mamilos dela,ela de olhos fechados gemia como vadia e empinava para que eu metesse mais,ela saiu de mim e veio de encontro com meu pau,a lingua dela passeava pelo meu cacete ao mesmo tempo que sugava,soltei porrra na lingua e na boca da minha mãe,aaah que delicia de mulher,ela puxou minha cabeça e nos beijamos,labios e lingua melecada com a minha porra,uma delicia tudo aquilo,rimos a abracei,ela disse menino voce aprende rapido,eu ainda era timido,ela disse vamos para um banho,ela me lavou eu a lavei,minha mãe era linda e cheirosa,ninguem nos viu aquele sábado e domingo na rua,por que a putaria correu solta e a fodi de todas as maneiras o cu dela já não era mais virgem,estava viciado em foder minha mãe em pleno 12 anos de idade e ela gozava gostoso na minha lingua e na minha pica,eu era melhor que muito homem na arte do amor e do sexo,fazia minha mãe se sentir mulher.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,46 de 13 votos)

Por # # #

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Bhupiska

    Encho a buceta dessa pistoleira de porra

    • Talia

      você é patético

  • Responder Zorro

    Que filho da puta hein fode a mãe e goza carai

  • Responder JSS1970

    Delicia heim adoro vc comer uma madura, sogra, tias,mães e avós vc e bem sortudo

  • Responder Anônimo fã de incestos

    Delícia seu conto também perdi meu cabaço na buceta da minha mãe ,gozei rápido também enchendo a buceta da minha mãe de porra , mas depois fui me controlando e aprendendo a ter e dar prazer , mas na primeira fez que comi a bunda dela eu não aguentei e esporrei rápido ela era virgem no cú fui eu quem tirou a virgindade do cú dela e minha mãe nunca deu o cú pro meu pai

    • Andre

      Isso eu comi o da minha mãe tambem,mas ela não gosta muito de dar a bunda só se eu lamber bastante o brioco dela,dai ela vai ficando meladinha e pede pau,vamos comprar um consolo pra ela meter na buceta quando estiver dando o cu,agora já estou pegando o jeito mas ela adora que mame os seios dela tem um tesão do caralho,passo o dedo e ela tá meladinha,já meto o cacete,viciei

  • Responder Roney

    Garoto esperto foi no gol e conheceu o que é ppk isso ai come gostoso e goza

  • Responder Reginaldo

    Novinho cabrito,mamou e comeu mamãe hein que foda gostosa,mas você vai começar a ter auto controle,no inicio é assim mesmo o tesão bate e você ejacula rápido mas logo saberá controlar e prolongar o prazer,você já é tesudo desde novinho que sorte da tua mãe