# #

A Síndrome – A Terceira Onda

303 palavras | 1 |3.67
Por

A SEANIA volta com ainda mais força. E isso tem mudado a cabeça de adultos e meus filhos adolescentes.

Acontecimentos num período não muito distante.

…….

Como eu disse anteriormente um ano atrás, as minhas meninas estão mais safadas, e meu primeiro filho homem nasceu. Agora ele cresceu e como todo pré-adolescente não se aguenta de se masturbar. Eu mando todo dia minha mulher Sarah e minhas filhas Jamile e Safira transarem e chuparem ele pra apagar o fogo dele, mas nem assim adianta.

Por sorte ele arrumou uma namorada e parece que agora que ele tem uma buceta da idade dele pra fuder eu posso voltar a fuder minhas filhas e minha esposa sozinho.

Elas adoram quicar e chupar meu pau como verdadeiras predadoras sexuais, mais elas não estão saciadas, por isso tive que permitir que os professores e o vizinho também fudessem elas. Principalmente agora que a síndrome também está se alastrando entre adultos.

Vejo as noticias com muita preocupação, parece que o Erectuvirus vai levar ao apocalipse sexual mundial, mas enquanto isso eu fodo as bucetinhas das minhas filhinhas na faixa dos 20 anos, elas continuam com a mesma vontade de transar, a diferença é que agora estão peludinhas, embora eu sempre as ajudo a se depilarem no banho juntos. Ás vezes também deixo os primos delas foderem elas na piscina, já que eles transam desde crianças, quando todos tomavam banho pelados(as) na piscina aqui de casa, enquanto eu, minha mulher e meus cunhados e cunhadas olhavam.

O dificil é controlar o tesão do meu filho que trepa com sua namorada e minha esposa na sala mesmo, sei que ela precisa de um pau jovem, pois está enjoada de só transar comigo e com as filhas.

Bem, essas foram as atualizações de um futuro não muito distante, se gostarem voltarei com a parte 4.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,67 de 9 votos)

Por # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder patrick42357

    Gostei dessa imaginação e tomara que um dia o mundo tenha essa sindrome kkkkkkkkk