#

Tão pequenas

1472 palavras | 15 |4.78
Por

A vida nos prega surpresas todos os dias,mas alguns são especiais.
Aquele sábado seria mais um dia normal, mas o que aconteceu mudou minha vida por completo.
Eu estava em um entreposto na minha cidade. Neste dia, eu tinha ido receber honorários de um cliente que tem box de cereais naquele entreposto.
Já estava indo embora quando passei por uma caçamba, onde os comerciantes do local descartam alimentos que já não conseguem vender. Reparei que ali naquela caçamba estavam duas menininhas. Uma delas, a menorzinha estava dentro da caçamba passando alguns tomates para a maior que estava do lado de fora da caçamba.
Andei alguns metros e fiquei observando.
Deu muita pena ver meninas naquela situação para conseguirem alimentos.
Pude notar que a maioria dos tomates estavam podres. Na sacola plástica que a menina maior segurava até escorria líquidos dos tomates.
Resolvi me aproximar. Encostei na caçamba e notei a pequena menina que estava dentro. O local já estava com cheiro ruim. A menina toda suja.
Comecei a conversar:
– meninas, estes tomates estão podres
– é tio, vai dar para aproveitar pouca coisa
– se vocês quiserem eu posso comprar alimentos para vocês, mas larguem isto.
O olho da menina maior até brilhou
– tio, o senhor pode comprar uma cesta básica ?
– posso sim
Na hora ela chamou a menina que estava na caçamba:
– Vem Cacá, o tio vai comprar uma cesta para nós.
Logo a menina maior ajudou a outra a sair da caçamba.
– meninas, onde tem supermercado para comprar a cesta básica por aqui.
Notei que elas estavam confusas, pensando onde vendia isto.
Comecei a observar as meninas.
A maior tinha um peitinho menor que um morango 🍓
Vestia uma camiseta regata bem larga. Eu até consegui ver o peitinho dela inteiro, com um biquinho rosinha.
Ela vestia um shots de malha fino e bem curto. Pude ver a polpinha da bundinha.
A menor estava muito suja. Vestia camiseta e um shorts jeans bem surrado. Ela estava descalça.
Nunca pensei em fazer algo com meninas nesta faixa etária, mas poris que eu tento, não consigo explicar o que senti ali.
Vi a chance de ajudá-las e me divertir um pouco.
Eu moro sozinho e logo pensei em levá-las para minha casa.
Resolvi arriscar e falei:
– Meninas, eu tenho muita comida em casa, e tenho roupas também. Que tal a gente ir lá buscar ?
Achei que não iriam aceitar, o normal seria terem medo ou ficarem desconfiadas. Mas logo a menor respondeu toda eufórica:
– vamos tio… Vamos sim.
A maior também aceitou.
Ao entrarem no meu carro, notei que a menor estava com a bermuda jeans suja e molhada de tomates podres. Iria sujar o banco do carro. A maior ficou no banco da frente e a pequena atrás.
– Menina, qual seu nome (perguntei para a menor) ?
– Cacá
– Cacá… Tira a bermuda porque vai sujar o banco
– ixeee é verdade tio, vai sujar mesmo.
Pode ver a menina de pé no carro, tirando a bermuda… Quase deu para ver a bocetinha.
Ela ajeitou a calcinha e sentou no banco.
Meu pau estava muito duro e todo melado.
Ajudei a menina maior a colocar o cinto.
Toquei de leve seu peitinho durinho.
– Qual seu nome ?
– Rayane
– vocês são lindas
Acelerei para minha casa.
No caminho elas me contaram que moram em uma favela próximo do entreposto. São irmãs e tem mais 4 irmãos. O pai faleceu e a mãe está desempregada.
Logo chegamos. Parei o carro na garagem. Moro sozinho em um sobrado com muros altos e portão de madeira.
Ao entramos eu levei as meninas para a cozinha.
Separei arroz, feijão, sal, óleo, milho e ervilhas em latas, macarrão, café… Deixei minha dispensa vazia.
Coloquei em sacolas.
– Pronto meninas está tudo aqui. Antes de irem, querem tomar banho… Você precisa Cacá… Está muito suja.
– eu quero tio – A Cacá respondeu.
A Rayane ficou calada.
Pedi para me acompanharem. Subimos para meu quarto, onde tenho uma suíte com uma pequena banheira.
Liguei o chuveiro e disse:
– Cacá… Tira a roupa.
Acredito que talvez pela pouca idade, ou por falta de orientação, ela não tem nenhum pudor. Logo estava peladinha.
Meus amigos que corpinho lindo. Não tem nem sinal de peitinho. Sua bucetinha é lisa e sem pêlos. Um capôzinho de Fusca de brinquedo.
Quase gozei ao ver a Cacá assim.
Moreninha estilo café com leite.
Fiquei admirando sua bucetinha e sua bundinha redondinha.
– Nossa Cacá, você é muito linda pelada.
– obrigado tio.
Não consegui parar de olhar para a bucetinha dela.
Até que ouvi a Rayane falar.
– Tio, posso tomar banho também ?
– Claro que pode meu amor… Tira a roupa.
– aiii tio, mas com você aqui ?
– é… Não tem problema eu ver você
– não sei tio… Eu tenho vergonha.
– Deixa de bobeira menina
Sem dar tempo dela pensar, coloquei minhas mãos na sua camiseta e comecei a tirar para ela.
Logo vi os dois Moranguinhos 🍓🍓 com biquinhos rosinha.
– aiiii que vergonha tio.
– deixa de bobeira Rayane, eu já vi muitas meninas peladas antes.
Ela mesmo tirou seu short junto com a calcinha.
Eu só gemi:
– hummmmm hummmm
Gozei ainda de roupa. Não aguentei segurar.
– Tio, este negócio dá para encher ?
A Cacá estava falando de banheira.
– Dá sim Cacá.
Fiquei vendo a Rayane peladinha. Dois Moranguinhos e a bocetinha lisinha, sem pêlos também.
Ela passava sabonete na irmã pequena.
Queria eu estar fazendo isto. Resolvi arriscar mais um pouco e sua certo.
– Meninas, querem que eu encha a banheira ?
– Eu quero tio – Falou a Cacá a mais abusada.
– Eu também tio – a Rayane
– vou encher, mas com uma condição… Quero tomar banho junto com vocês duas
– ahhh não tio… Assim não !!
– Porque não Rayane ?
– ahhh tio a gente não pode ver você pelado né
– deixa de bobeira, não tem nada demais… Você nunca viu um pinto antes ?
– Ela já viu sim tio – falou a Cacá
– Então Rayane, vou encher a banheira.
Coloquei a tampa que fecha o ralo e abri o registroa da água quente.
– aiii tio não sei, eu tenho medo
– medo de que Rayane ?
– medo de você contar para alguém
– deixa de bobeira
– Tira a roupa tio – Falou a Cacá
Não perdi tempo.
-Nossa tio… Seu pinto é grandão – falou a Cacá
Entrei e me sentei na banheira. Peguei o sabonete e comecei a passar na Cacá. Primeiro nas costas e bumbum. Lavei com carinho seu cuzinho. Passei o dedo cheio de espuma no rego até tocar seu cuzinho. Quentinho.
Desci meu dedo até tocar na sua bocetinha.
Pedi para ela virar e fiquei de frente. Lavei sua bocetinha e fiz movimentos circulares com meus dedos.
– Está gostando Cacá ?
– tô
– O tio vai dar um beijinho nela.
Beijei sua bocetinha e passei a língua. Que delícia. A melhor bucetinha que já chupei.
Ela ria e se contorcia toda.
– quer que eu paro Cacá ?
– Não tio, pode continuar
Chupei a menina com vontade e desejo.
– Agora você Rayane
A menina nem falou nada, só se virou para meu lado.
Lavei sua bocetinha e fiz movimentos com meus dedos. Logo tive uma surpresa, lentamente coloquei meu dedo inteiro dentro dela.
– Rayane que delícia… Você já deu a buceta meu amor
– já tio
Nem quis saber mais nada.
Abri minha perna e pedi:
– vem Rayane
A danadinha abriu as pernas de frente comigo e veio descendo. Logo meu pau encostou na sua grutinha.
Levantei meu quadril e empurrei meu pau para dentro dela.
– Aiiiii tio… Devagar está doendo. Hummm aiiii aiiiii
Ela estava sem lubrificação.
Fui com calma e aos poucos ela foi descendo
Chupei seus pretinhos. Deliciosos.
Ela ficou lentamente subindo e descendo.
Demoramos uns 15 minutos e gozei.
Ahhh que tesão de menina.
Saímos do banho e fomos para minha cama.
Chupei por muito tempo a Cacá. Ela adora sentir minha língua na sua bocetinha e no cuzinho.
Transei com a Rayane novamente e gozei dentro dela.
Dei R$ 200 para elas.
Levei até próximo da favela.
Marquei de encontrá-las no dia seguinte e disse que daria roupas e sandálias novas.
No dia seguinte lá estavam elas, gostosas como sempre…
Continua

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,78 de 68 votos)

Por #

15 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Aninha

    Nossa que delicia. Queria ler como comeu a Caça…. Segue meu T e l e gR am @ Aninha30S2

  • Responder Pe vermelho

    Gostei meu t e lê g r a m @ vermelhope

  • Responder Anonimo

    Mano so fico pensando nas meninas de semáforo da minha cidade quero mt comer uma novinha assim mais por um tempo vou ter q ficar sem meu carro tô só de moto daí n da

  • Responder Apreciador, o original

    Muito bom conto! Meninas nessa idade são uma delícia!

    • Roberto sp.

      cara moro em macae rj.so eng d manuntecao. eu tbm ccuido d uma mae com duas filhas. que morava numa favela brava aqui no rio todo mundo conhece morro do turano na regiao do rio comprido.isso tem 7 meses a mae e as filhas trouxe mora na minha casa ja que tenho duas uma ba frente outra no fundo muito espacosa.uma tem 12 a outra 13 nome delas e rafaela e karina e a mae tem 32anos uma mulata que cuido com amor . e cuido das filhas tbm.a mae libero as duas pra fode sem do praagradece tudo que faco.abracos amigos nesse momento a mae e filha ta aqui peladas abracaoo

  • Responder Paulo

    E verdade uma namoradinha seria muito bom

  • Responder Ivan

    Belo conto, parabéns

    • Netto

      continua logo.tenho contato com uma ginecologista d confianca e sigilo se vc quise paso contato p vc abracos [email protected]

    • Tarcísio

      Continua

  • Responder Anonimo

    ajuda elas e traga mora cm vc.moro em sp proximo ao ceasa.numa boa casa e tenho um haras na regiao atibaia.quero dize que nao tenho filhos.mas que aconteceu mudo minha vida. como falei tava passando perto do ceasa aqui d sp vi 4 meninas .uma d 9 outra de 6 uma de 13 outra de 10.estavam mal arrumadaa pedindo dinheiro .e pegando coisas do lixo. como nao aguentei ve a situacao delas e resolvi chama a maior de 13 conversei elas tavam morando cm a mae e 2 irnao de 2 e 3 anos embaixo d um viaduto.elas foram despejada cm outras pessoas de uma area a prefeitura d sp derrubou os barracos. pedi a ela que chamasse as outras todas branquinhas meio ruivinhas. comprei comidas pra elas num restaurante ali perto .mas ai pedi pra i ate a mae delas ai meu deuseu vi uma mulher ruiva mal cuidada.falei com ela que ia ajuda las.
    resumindo hoje a mae e os 2 irmaos mora no meu haras numa casa boa e cuida da casa pra mim e as meninasmora em so comigo isso ocorreu a 3 anos ate hoje ajudo todas .as 4 nao tinha nome de pai fiz um acordo com a mae assumi aa meninas como filhas .hoje sou muito feliz tenho 4 putinhas dentro d casa e uma puta no haras .ajuda que vc tem a ganha com elas muito

    • Queria uma garotinha ;-;

      Sortudo vc em

    • Henrique

      Olá colega,
      Eu estou com elas sim.
      Também ajudo a mãe dela. Inclusive já dei dinheiro para comprar uma casa de alvenaria dentro da favela.
      A mãe sabe que eu transo com as meninas. inclusive com uma menor ainda, que vou citar nos próximos relatos.
      Já tirei a virgindade da Cacá.
      A mãe delas me pediu para comprar um anticoncepcional para a Rayane, mesmo ela não ter menstruado ainda, já toma diariamente um comprimido.
      Gostaria de dar um injetável, ou colocar um Dill mas para isto preciso de um médico.
      Não conheço nenhum que não denunciaria.

    • Henrique

      Eu estou com elas. Ajudo a família toda.
      Dei dinheiro para a mãe comprar uma casa de alvenaria n favela onde já moravam.
      Reformei a casinha, colocando portas, janela, pisos e azulejos.
      Comprei móveis.
      Assim a mãe deixa elas ficarem comigo.
      Depois posto mais. Já tirei a virgindade da Cacá

    • Andre

      Sortudo vc heim, tbm moro em SP

    • Andre

      Delícia cara, gostaria de ter umas menininhas assim