# #

Meu segredo com meu dog

1546 palavras | 30 |4.47
Por

Oi, meu nome é elisangela, tenho 65 anos e vou relatar algo que escondo a sete chaves.
Sou separada a 10 anos, meus filhos todos maiores tem suas vidas e são independentes. Todos em seus respectivos lares.
Eu acabei ficando sozinha e recebo visita dos filhos e parentes ocasionalmente.
Nesses 10 anos que estou separada me relacionei algumas vezes mas nada sério, não porque eu não quisesse mas porque na minha idade é mais difícil e os homens só querem sexo.
Enfim.
Há dois anos atrás eu resolvi comprar um cachorro pra me fazer companhia, pois já estou aposentada e vi que estava me sentindo muito sozinha e triste..
Fiquei com medo de pegar uma depressão e dei uma lida em alguns artigos na Internet que diziam que criar um animal faria bem pro meu caso.
Pra ser sincera nunca gostei muito de animais.. dão muito trabalho.
Mas refleti bem e decidi comprar um pet.
Pensei em gato,arara etc, mas acabei optando pelo cachorro por ser mais afetuoso e demonstrar mais amizade.
Dei uma pesquisada nas raças.. e acabei optando por um pastor alemão, por sua inteligência lealdade e afeição.
Inicialmente tudo na normalidade
Fui criando ele e me apeguei demais, tudo do bom e do melhor pra ele. Coloquei seu nome de Marley por causa daquele filme.
As coisas começaram a mudar quando ele fez 1 ano.
Comecei a notar que seu pau estava sempre pra fora da capa que os cachorros tem.. era bem vermelho.. no começo não dei muita importância.. mas eu andava muito carente, a muito tempo não tinha sexo.. então comecei a olhar de uma maneira diferente sempre que ele tava de pau duro.
Com mais alguns meses, ele começou a me cheirar.. ficava se esfregando em mim e sempre com o seu pau vermelho pra fora.
Começaram a vir alguns pensamentos loucos na minha cabeça.. eu estava só em casa.. ninguém chegaria sem avisar.. então comecei a ter vontade de pegar no pau dele, despretensiosamente como quem não quer nada.. fiquei arrepiada com calafrios.. com muito medo, pois eu sabia q isso era errado.
Então comecei devagarinho pegando no pau dele, e ia saindo mais ainda pra fora, ficando bem grande..
Fiquei fazendo isso alguns dias e cheguei ao ponto de ficar pegando no pau dele e batendo uma siririca até gozar.
nisso minha mente foi evoluindo e ficando criativa.. comecei a chamar ele e encostar minha buceta já com alguns pentelhos brancos, na boca dele.. ele cheirou.. e depois começou a lamber.. adorei… porque era uma lambida forte e bem áspera.. gozei rapidamente..
Após esse dia sempre me satisfazia com ele lambendo minha buceta e eu pegando no pau dele.
Eu já imaginava coisas além disso.. mas meu senso moral não deixava.. só que com o passar de mais algum tempo ele foi tendo a necessidade fisiológica de copular com uma fêmea de sua espécie… então ele ficou mais afoito ainda, começou a fazer movimentos de vai e vem sozinho, as vezes se agarrava na minhas pernas e ficava se movimentando.. quando eu pegava no pau dele aí que ele endoidava, ficava com a respiração ofegante e super alegre.
A partir daí meus pensamentos ficaram mais intensos e meus desejos aumentaram.. comecei a imaginar se seria possível uma penetração.. tentava a todo modo tirar isso da minha cabecinha.. mas na hora de se masturbar sempre acabava pensando nisso..
Até que uma noite.. depois que a novela terminou, fui tomar um banho e acabei me tocando no banheiro.. o tesao era tão grande que eu segurei o orgasmo, desliguei o chuveiro me enxuguei e me enrolei na toalha.. meu coração estava acelerado e eu estava com muito medo mas fui em frente.. só de toalha me aproximei dele.. ele estava como sempre brincalhão, fiz um carinho na cabeça puxei ele pra dentro de casa e sentei no sofá.
Ele já estava elétrico pulando em mim.. então fui alisando ele até chegar no seu pau que já estava pra fora, fiquei punhetando e ele pulando em mim.. resolvo tirar a toalha e abrir as pernas sentada no sofá.. ele começou a lamber, lambia um pouco, parava , ficava tentando agarrar minhas pernas e as vezes subia e descia do sofá bem rápido.
Aí eu imaginei:
Vou ficar de quatro pra ele lamber minha boceta e talvez tente me penetrar.. eu ficava relutando com isso.. mas acabei cedendo.
Apoiei os braços no sofá com os joelhos no chão e fiquei esperando a reação dele..
Ele foi lá trás e deu umas lambidas na minha buceta.. tentou subir em mim mas todo desengonçado.. fazia movimentos de vai e vem, mas ele não estava alinhado com meu corpo atrás de mim.
Eu não queria forçar nada porquê aí seria demais.
Então sem pressa deixei ele fazer oque ele queria, enquanto de quatro mesmo eu tocava minha buceta.
Terminou eu gozando e ele não conseguiu me fuder, confesso que mesmo não admitindo fiquei frustrada pois lá no meu íntimo eu estava querendo rola.. só não admitia isso pra mim mesmo.
Mas então decidi que deixaria as coisas acontecerem no tempo certo.. afinal eu tinha total privacidade e todo tempo disponível.
No outro dia novamente eu estava lá.. de quatro no sofá esperando o amiguinho.. novamente ele veio, repetiu tudo da mesma forma.. lambeu.. cheirou… montou tentando penetrar mas sem sucesso novamente… mas eu conseguia gozar apenas com seus movimentos errados tentando achar meu buraco vaginal..
Acredito que foram 5 dias de tentativas.. mas apartir daí notei uma evolução.. meu pet estava aprendendo e estava quase lá..
Estava me montando melhor, indo direto pra Minha bunda estava metendo freneticamente procurando a entrada da minha buceta e pela primeira vez eu pude sentir seu pau tocando meus lábios vaginais… perto demais do meu buraco.. confesso que fiquei com medo nesse dia.
Eu sabia que uma hora ele ia acertar o buraco.. então levantei e deixei o coitado a ver navios.. ele ficou louco, latindo pulando em mim..
Tomei outro banho..gozei no banheiro e fui dormir pensando nisso..
Marley estava preparado pra me comer.. bastava eu querer..
Alguns dias se passaram cheguei a dar pra uma pessoa que conheci no badoo pra ver se tirava isso da cabeça.. mas não adiantou.. nossa mente é nossa pior inimiga..
Até que um dia aconteceu o inevitável.. já fui tomar banho pensando em fazer o que sempre fazia com Marley.. fui para o banho, passei bastante tempo sentindo a água quente do chuveiro na minha cabeça, refletindo sobre oque eu estava prestes a fazer, foi um banho demorado.. mas sai decidida e ansiosa pra saber qual seria a sensação que eu estava prestes a sentir..
Me enxuguei, me enrolei na toalha e quando saí do banheiro Marley já estava na porta me esperando… então fui caminhando até a sala e ele foi me seguindo..apaguei as luzes e deixei só a televisão ligada. Fechei todas as portas , aumentei um pouco o volume da televisão.. então tirei a toalha e dei minha boceta pra ele chupar.
Ele tava muito agitado, acho que ele sabia que eu ia dar pra ele naquele dia.. me chupou bastante mas insistia em me montar eu ainda sentada.. fiz ele chupar bastante me deixando louca de tesao e desejo..
Até que não resisti mais e me coloquei de quatro como das outras vezes.. dessa vez não fiquei de quatro timidamente, mas empinei bem o bumbum…
Marley deu umas voltas ao meu redor, cheirou minha boceta.. lambeu algumas vezes..e começou a tentar montar em mim.. meio desajeitado novamente mas foi pegando o jeito.. ele montou certinho me pegando pelas costas.. e começou a bombar..
Tentava bastante.. cansava e descia.. respirava um pouco e tentava novamente.
Até que em uma das tentativas senti seu pau bater na minha bunda e aos poucos ele ia mudando a direção da estocada, ele estava metendo em mim e ao mesmo tempo que metia e não achava o buraco ia mudando a direção das estocadas. Foi descendo..chegou pertinho da minha buceta,. Quando ele sentiu que tava quase conseguindo aumentou o ritmo e foi mudando a direção.. até que senti uma pontada na portinha da minha vagina.. só que não entrou de primeira, depois que senti bater na entrada da vagina umas 2x ele me puxou pelas ancas com força e encaixou.. e começou a meter em mim… eu comecei a gemer sentindo aquela pica dentro de mim.. acho q durou uns 30 segundos de estocadas em mim.. muito pouco mas suficiente pra me fazer feliz.. quando ele saiu de cima de mim saiu de uma vez, me machucou um pouco por causa do nó. Nessa mesma noite ele meteu em mim mais duas vezes. E até hoje dou pro meu dog.
Essa história é real
Ninguém nunca saberá.
Morrerei com ela.
Abraços a todos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,47 de 30 votos)

Por # #

30 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Istambul69

    O seu segredo é uma delicia igual a porra que saiu da minha caceta imaginando o cão bombando a pica e soltando litros de porra na sua bucetinha ah se eu pudesse queria comer sua xana sentada na minha pica ao mesmo tempo que ele bombasse seu cuzinho maravilhoso lambendo suas tetas cadelinha maravilhosa

  • Responder Marcelo

    Gostei do conta da Elisangela,eu sempre vejo videos de cavalos,cachorros,porcos,entro em muitos sites,legal se os amantes da zoofilia pudessem manter contatos por e-mail,vou deixar o meu aqui,acho muito bom os videos que tem na internet,é muito prazer.
    [email protected],se alguém quiser,eu sempre baixo videos da internet,procuro os melhores,tenho muitas amigas que curtem videos de zoofilia

  • Responder Monique

    Estou molhada de tanto tesão lendo seu conto, me imagino tomando um vinho com vc,
    lambendo seus seios bicos durissimos,descendo meus dedos entre suas pernas vc gemendo e de pernas abertas deixando seu dog te lamber todinha,te dando um beijo de lingua e sentindo sua xaninha molhada ,seu cachorro vindo e te enrabando com força enquanto sugo seus seios,mulher vc iria as alturas e claro vc ia emprestar ele pra mim ,pelo menos pra que eu gozasse na lingua dele e apagasse esse meu fogo

  • Responder Vanderleia

    Que delicia, eu tb faria o mesmo se morasse sozinha e fosse aposentada,queria 1 a 2 dogs ia deixar ele lamber muito minha buceta ate gozar gostoso na lingua dele,ia acostumar ele desde filhote ,a lingua do filhote é mais gostoso ainda,lamber o grelo hummmm,vc é tesuda demais,empina e deioxa ele lamber a vontade cadelinha tesuda

  • Responder Tia safada Gyn

    Delicia mulher tenho curiosidade, mas não tenho o pingo de coragem hahaha

  • Responder Flock

    relato legal, é isso ai você esta certíssima sem falso moralismo o importante é sentir prazer no que faz, continue fazendo com seu dog.

  • Responder Carlos

    Conto maravilhoso

  • Responder @escritorsecreto

    Lindo conto senhorita, aproveite o prazer com seu dog. Eu tenho duas, filhotes ainda mas irei ensinar com prazer o carinho no momento certo.

  • Responder Cah 41998726599

    Que delicia de conto!

  • Responder Observador

    Uns dos contos mais excitantes e reais… Parabéns.

  • Responder Gatofetichistabh

    Adoraria que fosse minha mãe… Tem telegram?

  • Responder Daniel Coimbra

    Eu também curto sexo com dogs,amo ser penetrado por eles.Meu namorado tem um Mastim enorme na chácara dele que me dá muito prazer,chego até a chorar quando ele me enraba

    • Bianca ts

      Caralho um mastim é enorme, o pau deve ser gigante

  • Responder Gaúcho

    Adoro fazer com cães, só que sou homem então a penetração é no ânus, a primeira vez que engatei doeu bastante.

  • Responder layla

    Gostei, aconteceu comigo tbem,eu ficava brincando com meu caozinho, ele ficava fazendo ,mas eu sempre usei calça, e era quando eu estava sozinha, esse cachorro era grande e me puxava com força , eu começei a gostar e sentir sei la um tesaozinho, minha buceta ficou melada uma vez eu tinha acho q uns 12 anos, inventei de brincar co ele d saia ,foi neste dia q eu deixei aquele pauzao dele encostar na minha buceta, foi uito incrivel gostoso sei quentinho todo babado, mas naodeixei entrar tinha medo de ficar engatada , ealguem me ver, minha mae trabalhava perto e vinha, emcasa de vez e quando me ver eu e meu irmão quando nos ficava sozinhos,de tanto fazer vicie, e foi um dia deste que não sei comoele consguiu me penetrar na vagina sei la quando vi tinha entrado senti uma dor terrivel quando entrou, só deu tempo de fechar a porta do meu quarto, para meu irmaozinho,q estava na sala não ver, fiquei ali uns 15 minuos tentando sair eu puxavaera pior,meu corçao ficou asustado commedo e estav doendo, senti cada gozo domeu cachorrrão. acho q gozei tbem…mas o medofoi grande e osusto tbem,deu tudo certo,eu consegui, sem ninguem flagar kkk mas não dei mais hoje tenho vontade mas tenho medo

    • Sandro

      Muito bom gata

    • lobão

      Serio isso a tu falou

    • Lucaz

      delicia né, me chama no [email protected]

  • Responder Jlv

    Qual cidade vc mora? Sou de sao goncalo rj, gostaria de te conhecer e transar com vc tenho 67 anos.

    • Ana

      Amo esses contos, queria ter alguem para conversar meu email [email protected]

  • Responder Ebannus

    Doguinho sortudo.
    Parabéns, seu segredo estará sempre guardado entre nós.

  • Responder Silva

    Conta como foi a sua primeira vez engatada quanto tempo ele passou dentro desta buceta e a sua primeira gozada dele conta p agente a foto um cachorro tenho dois é ótimo bjs linda.

  • Responder De bem com a vida

    Bom dia, delicia de conto, adorei. tenho uma cadelinha q deixo ela chupar meu pau, uma delicia. Vamos conversar no skype. carinhoso93.

  • Responder Carla

    Adoraria ter um dog me pegando

    • Ssilva

      Que delicia cadela safada.. tesao isso

    • Ssilva

      So de ver uma cadela dando assim pro dog EU gozo muito

  • Responder Clarice

    Elisangela
    Seu conto é fantástico, bem escrito, simples e gostoso.
    Você continua dando para o Bob….
    Fica engatada com êle….é deliciosoooo!,,,
    Experimenta dar o Cú para êle….
    Vai adorar….
    É espetacular ….vai adorar ficar com o nó enchendo seu Cú…..
    Experiência de quem conhece…
    Beijo

    • Maxx!

      Ahhh q delícia. Vc ja publicou aqui? Manda o link

      @nalabuta

    • Pos lepes

      Aff …o mesmo veado mentiroso…dos três pontinhos…que escreveu…é o mesmo que comenta…