# # #

Como me estupraram aos 13 anos

1134 palavras | 4 |3.10
Por

Conto verídico de qndo perdi minha virgindade pra varios caras na mesma noite

Oi, me chamo Julia(nome falso) tenho 16 anos, mas essa história acontecru qndo eu tinha 13 anos, na epoca eu devia ter 1,60 peitos médios e uma bunda grande e o cabelo nos ombros, sou branquinha do cabelo cacheado ruivo, meus pais nn deixavam eu ter celular nem sair de casa, era da escola pra casa e de casa pra escola, minha família é uma merda, minha mãe é alcoolatra e meu pai tambem, mas minha mae bebe em casa ja meu pai sai pra beber com os amigos do trabalho, mas enfim, em um dos dias em que minha mãe desmaiou de tanto beber, eu peguei o celular dela e comecei a falar com estranhos na Internet so por fazer amizade msm, ai acabei conhecendo um cara, vamos chama-lo de Felipe, ele disse que tinha minha idade entt viramos amigos, contei pra ele como era na minha casa e ele entendeu bem de boa, conversavamos sempre que dava, ate que ele disse que iria na minha cidade em um fim de semana e perguntou se eu nn qria encontrar ele, eu disse que sim, e combinamos de nos encontrar em uma praça as 2 da manhã, chegou o dia e eu me arrumei toda, e sai pela janela, cheguei na tal praça as 1 e 50, e fiquei esperando por ele, dps de um tempo ouvi meu nome em uma árvore atras de mim, fui ate la nervosa, quando fui la senti alguem me agareando por trás e tampando minha boca, logo depois eu desmaiei, acordei meio tonta e nua em um galpão, ao meu redor tinham 4 homens de uns 40 anos ou mais, eles tinham paus médios, mas eram bem grossos.
-Oi Julinha, sou eu, seu amiguinho Lipe kkkkkkk, quer dizer nos somos, estavamos todos falando com vc, mas enfim, vamos logo pro que interessa..
Ele me pegoupelo cabelo e me botou pra chupar aquele pau fedido dele, enquanto eu chupava outros 2 caras pegaram minha mãos e começaram a se masturbar com elas, o outro pegou uma camera e começou a gravar tudo, o cara que estava na minha boca gozou e em seguida os outros dois tambem gozaram, em seguida eles me pegaram e me colocaram em uma mesa e oque estava filmando foi pra minha buceta, um dos caras que estava nas minhas mãos foram pra minha boca, e o da minha boca foi pro meu cuzinho, enquanto o outro foi filmar, todo começaram a me bombar com força e rapido, eu estava me contorcendo de dor, eu queria gritar, mas nn conseguia, sentir aqueles paus sujos em mim me deixaja enojada, depois de uns 20 minutos disso o cara que estava no meu cuzinho gozou e saiu, em seguida o que estava na minha boca gozou e dps de mais 15 min o cara da minha bucetinha gozou, ele gozou muito, eu fiquei com medo de engravidar depois disso, eles foram pra um canto conversar entre eles e dps de um tempinho eles voltaram pra mim, o cara que nn tinha me fudido veio ate mim e me levou pra uma sala separada, la tinham uns brinquedos e umas roupas estranhas, ele me jogou la e disse:
-olha só, alguns amigoz vão entrar aqui e vão ter uma conversinha com vc, se vc complicar pro meu lado…
Ele foi la fora e pegou uma arma
-Eu nao vou ter problema em usar isso aqui em vc, certo?
Eu acenei com a cabeça e olhei pra baixo logo em seguida começo a chorar baixinho, uns minutos depois um cara entrou, ele era alto e tinha um pau gigante, ele sem cerimônia me pegou e colocou aquele pau gigante dentro de mim, mesmo dps de ser arrombada antes, sentir aquela tromba entrando em mim doeu demais, eu gritei alto, ele me abateu e mandou calar a boca, e ficou socando forte por uns 30 minutos ate que gozou tudo dentro da minha bucetinha, dps disso ele me jogou no chão e pediu pra eu abrir a boca, eu abri e ele deu mais umas 7 esporradas na minha boca, me obrigou a engulir, pegou 200 reais do bolso e saiu, dps disso mais e mais caras foram entrando até que dps de umas 2 horas entraram 3 caras ao mesmo tempo, eu ja estava toda gozada e nem pensava mais direito, dois dos caras estavam bem tranquilos enquanto o outro estava nervoso, eles me deitaram numa mesa la na sala e dois deles começaram a forçar os dois paus na minha buceta, era insuportável eu estava pra morrer, eu começei a chorar e a gritar, eles pegaram um pano qualquer e colocaram na minha boca pra eu me calar, eles conseguiram se arrumar eu começaram a ur pra frente e pra trás, enquanto isso o outro carinha focou no meu cu, ele tinha o pau maior entre os 3, yanto em largura quanto em comprimento, nn doru pra entrar ja que eu ja estava toda arrombada, ele foi bem devagar e nn demorou muito pra gozar, ele saiu logo que gozou, disse pros outros caras que iria esperar la fora, eles concordaram e seguiram no vai e vem, dps de um tempo um deles gozou e o outro seguiu comigo, ele gozou e saiu, dps que o outro cara saiu, um dos caras la do começo entrou e saiu me puxando pelo cabelo ate uma van, me jogou la dentrou e me vendou, dps de uns 40 min, a van parou e eles tiraram a venda de mim e estavamos na mesma praça em que eles me sequestraram, me jogaram em uma calçada qualquer e saíram, eu mal conseguia andar entao fui me arrastando pra tentar chegar em casa, quando estava quase em casa um cara saiu de um beco e perguntou:
– Caralho menina oque rolou contigo? Vc ta de boa? Quer que eu ligue pra policia?
– Não, não por favor, so me ajuda a chegar em casa é logo ali, nao chama ninguém por favor..
Ele tava assustado, mas concordo, ele me tirou do chão e me ajudou a andar ate em casa, e quando chegamos na porta ele ia bater pra algm me ajudar
-Nao bate, eu fugi, mas deu errado, é melhor eu entrar pela janela, pode me deixar aqui, vc ja me ajudou dms
Ele so concordou com a cabeça e voltou pro mesmo beco, eu entrei e vi que ja eram quase 8 da manhã, aqui amanhece tarde por isso achei que ainda era tarde, eu fui direto pro banheiro, tomei banho e fui dormir, lembro dessa historia ate hoje com tesão, e se nn fosse por esse ocorrido nn seria vadia que eu sou hoje…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,10 de 21 votos)

Por # # #

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder [email protected]

    moça, vc ta bem como assim vc gostou de ser usada por tanta gente, se tiver algum jeito de me falar mais coisas ficaria feliz manda msg no meu email quando puder

  • Responder Carlos

    Um porco fingindo ser mulher

    • Queria uma garotinha ;-;

      É não amigo

    • Sandura

      Eu prefiro as porcas fingindo ser homem, kkkkkk