# #

A menina do condomínio eu coroa solteirão, uma amizade improvável que virou sexo puro

2313 palavras | 26 |4.29
Por

Meu nome é Paulo, vou relatar como me envolvi com uma menina do condomínio.

Mudei no meio do ano passado para cum condomínio aqui na zona leste de sp, sou solteiro, tenho mais de 50, professor aposentado, e nunca tinha vivido nenhuma aventura nem me envolvido com amores ou romances complicados, mesmo na escola quando dava aula apesar das meninas serem bem atrevidas eu sempre fiquei na minha e tb nunca casei por falta de oportunidade mesmo, namorei algumas mulheres e às vezes tenho um certo tesão por homens tb, gosto de ver filmes eróticos e não olho só as mulheres, gosto de ver os paus do caras duros socando a buceta delas.
Mas só fico nisso ou ficava.
O prédio que vim morar foi recém entregue então tem poucos moradores, quando vim morar há uns 5 meses era bem menos.
Então eu aproveitava bem as áreas de lazer e os equipamentos, não sou muito de exercícios e embora não seja gordo nem tenha barriga não tem aquele preparo de atleta, ficava mais na piscina e algumas horas na esteira.
Passando alguns meses percebi que foi aumentando o numero de moradores.
Um dia lendo um livro nos banquinhos próximo a piscina, uma menina venho conversar comigo.
Laura ela chamava, era bem dada e xereta, eu sou meio tímido, mas tanto tempo como professor me vez ficar bom em conversar com crianças e adolescentes então conversamos bastante.
Até que a mãe dela apareceu e chamou ela.
Ela me apresentou a mãe que explicou que estava mudando aqueles dias, fui educado e me coloquei a disposição dela.
Laura apesar da altura e do desenvolvimento do corpo, era magra mas com todos os trejeitos e curvas de uma mulher,me disse que tinha apenas 11 anos.
Passou uma semana e eu novamente me encontrei com Laura, ela me perguntou se eu gostava de jogar bola, expliquei que era muito ruim, ela que já estava com a bola na mão me perguntou se não queria brincar com ela, fiquei meio sem jeito mas tb não queria desapontar ela….ai falei que tudo bem só que iria ficar no gol.
Laura vestia um shortinhos bem soltinho e uma camiseta regata onde dava para perceber os peitinhos dela despontando pra vida.
Eu nunca havia tido pensamentos com meninas da idade dela, mas esse dia, percebi em mim um desejo de ficar perto dela…ela era alegre, brincalhona e me tratava super bem.
Várias vezes ela abaixou pra pegar a bola e eu via os peitinhos dela todinho, ai uma hora ela se cansou de chutar a bola na minha direção e caiu de costa no meio da quadra…com a pernas abertas…eu mesmo um pouco longe percebi os pelinhos da xaninha dela, a danada tava sem nada por baixo.
Eu me aproximei e ela me disse com que tava cansada precisava descansar…eu em pé olhando pra aquela menininha deitada com as pernas abertas fiquei muito excitado.
Ela não sei se para me provocar ou inocentemente, pediu para eu balançar as pernas dela, para circular o sangue, ela me disse que fazia isso na escolinha de futebol quando se cansava.
Então, sempre olhando para o alto e para os lados para ver se não tinha ninguém nos observando, peguei pelos pés dela e balancei as pernas, no movimento a xaninha dela aparecia todinha. Eu estava adorando aquilo quando a mãe dela apareceu e chamou ela pra almoçar.
Ela falou que Laura era grudenta que seu deixasse ela logo estaria enfiada na minha casa e deu uma bronca nela falando para ela me parar de incomodar.
Eu explicar para a mãe dela que tudo bem, que eu gostava de conversar com os jovens, que já tinha sido professor e entendia eles.
Laura então falou: ta vendo mãe ele falou que não incomodo…eu reafirmei que não…elas então se despediram e subiram.
Vou falar, agora todo dia descia e ficava louco para ver Laura, mas só depois de uns 6 dias nos encontramos novamente.
Ela me viu no banquinho lendo e me chamou pra jogar com ela…reclamou que não tinha crianças no prédio e por causa da pandemia não podia brincar com os amigos.
Eu então fui novamente jogar com ela…Ela vestia um shortinhos mas fechado tipo de lycra e um top, as coxas dela se sobressaiam e na frente o risco da xana era notado a distância.
Então ela me falou: Tio Paulo, já me chamava de tio, a vozinha dela era melosa e cheio de promessas, vamos apostar, eu falei o que?
Ela disse que cada vez que ela fizesse um gol em mim eu teria que pagar um refrigerante pra ela…e se eu defendesse ela pagaria um castigo pq não tinha dinheiro.
Eu falei tudo bem…no final acho que ela marcou uns 100 gols e eu umas 50 defessa, eu falei se ela tinha contado, mas ela disse que não então falei então ficamos sem saber quem paga quem…
dai ela falou tá bom, então vc me paga 3 refrigerante e eu faço três castigos.
Vou falar naquele momento minha mente já maquinava putaria com ela todo dia, já tinhamos bastante amizade, eu abraçava ela e ela se enroscava em mim de um jeito que não tem como não ter pensamentos impuros. Mesmo eu na minha seriedade me vi louco de tesão.
Apesar de termos feito a aposta eu achava que ela tinha esquecido, ficamos uma semana sem nos ver, ela tinha ido visitar o pai…mas um dia tocou minha companhia.
E pra minha surpressa Laurinha com um vestidinho todo florido e cheirando a banho apareceu na minha porta.
Eu fique meio abobado, ai ela falou, Tio Paulo vim cobrar meu refri, lembra?
Ela ficou parada na porta e eu olhando embabascado sem ação, ai perguntei, Laurinha sua mãe sabe que vc venho aqui…ela disse sim eu falei pra ela que vc me devia um refri, ela brigou comigo mas depois expliquei ai ela falou tudo bem, e que qualquer hora vc ia me por pra correr e riu…
Eu cai nessa falinha mansa dela como um pato, abracei ela e disse Laurinha jamais vou te por pra correr.
Ai ela entrou.
Por sorte tinha duas cocas em csa, ela sentou no sofá, eu olhava pra ela e ela sorria pra mim…parecia que tinha em mente coisas nada boas e eu agradeci por ela estar lá.
Ela tomou as cocas ai falou se eu não queria descer pra jogar bola, eu falei que não que tava com dor nas pernas.
Ela fez cara de triste e falou, onde ta doendo tio? falei que na perna toda, que tinha jogado muito com ela e não tava acostumado.
Ela então numa altitude de total atrevimento, falou: posso fazer a massagem que aprendemos na escola, é muito boa.
Eu relutei, mas ela falou, Tio vai por um shorts, vou fazer uma massagem que vai melhorar…
Eu tava carente pra falar a verdade, aquela criança ali na minha frente, o rostinho meigo dela, a voz o cheiro, meu não tinha como escapar, sabia que era um jogo da parte dela e me entreguei.
Coloquei o shorts ela então me fez deitar no chão e começou a massagear minhas pernas, principalmente as coxas, as mãozinhas delas em mim foram fatais: meu pau subiu na hora.
Ela deslizava as mãos por toda minha perna, até a altura da virilha, quase tocando na minhas bolas, uma hora ela sentou no meu calcanhar e se inclinou, o rostinho dela tocou de leve no meu pau.
Ai ela ficou descalça e subiu no meu corpo….eu fui a loucura, os pezinhos frios dela, primeiro apertando minhas pernas depois ela subiu e eu olhei por baixo do vestido dela, a danada tava totalmente nua por baixo…eu gelei…falei tá bom Laura…não estava me aguentando.
Ela então agachou e sentou seu corpo na minha barrigua, senti então a bucetinha dela sem pelinho no meu corpo…
Eu ia fazer uma loucura, mas o celular dela tocou, salvo pela mãe dela.
Ela então foi embora e eu bati uma bem gostos.
Laura ficou mais intima ainda de mim depois desse dia.
Duas ou três vezes ia em casa, eu me continha pra não fazer besteira. A mãe dela sempre me perguntando se ela incomodava e eu sem graça dizia que não.
Um dia ele chegou umas 17 h eu estava tranquilo assistindo uns filmes na tv a cabo, desliguei rapidinho…Laurinha quase sempre vinha só de vestido em casa, cruzava as pernas mostrando a xaninha e vi os peitinhos dela diversas vezes.
Ela sentou e começamos a conversar, ela tava meio estranha, trouxe uma coca, resolvi falar pra ela quer era muito ruim ela vir todo dia na minha casa, que os outros poderiam falar, que a mãe dela não devia gostar,etc, etc.
Ela nem ligou pro que falei, ligou a tv e como não tinha desligado o canal a cabo…venho logo uma cena de sexo explicito.
Corri pra desligar mas ela falou, deixa ver tio, eu falei que não podia que ela era menor…mas ela como toda menina da idade, falou que era pra parar de tratar ela como criança que ela tava cansada de ver essas coisas na internet…
Então ficou lá vendo a putaria correr solta no filme, por sorte acabou logo..
eu desliguei.
Ela então me olhou e falou se pudia fazer uma pergunta, meu coração gelou, já sabia como são essas perguntas de pré adolescentes, me preparei e ela perguntou.
Tio o que vc sente vendo esses filmes: eu sem graça falei que nada, que era só pra distrai que gostava de ver só isso…
Ela então falou: nossa eu sinto uma coisa diferente, será que é normal?
Eu falei que ela era pre adolescente que era normal.
Ela então perguntou se achava ela bonita, eu lógico falei que ela era linda.
Ai num jogo classico de sedução feminina ela falou que achava que nunca ia crescer, que os peitos dela iam ser sempre pequenos.
Eu falei vc já é linda e vai ficar mais linda ainda.
Ela abrir um pouco as pernas e puxou o vestido, me perguntou se ela não tinha as pernas magras, eu falei que não….ela então pediu pra eu tocar nas coxas dela….eu juro que não queria…mas não resisti.
Coloquei minhas mãos enormes na coxinhas dela…ai abracei o corpo dela por baixo do vestido…sentia a bundinha dela, vi que ela fechou os olhos, então tirei todo o vestido e deitei ela no sofá, beijei, chupei os peitinhos e a xaninha lisinha…ela gemia…eu lambia a rachinha dela sugava o melzinho que já escorria.. o peitinhos que delicia, inteiros na minha boca….
Ela simplesmente foi deixando, ai ela ficou sentada e eu em pé…ela tirou meu shorts e minha cueca…e meio desajeitada começou a me beijar a barriga ,as coxas e o meu pau…
a boquinha linda lambia meus saco e bolas, passava por baixo do pau e chegava na cabeça vermelha, parecia que já tinha feito isso, mas eu sabia que eu era o primeiro.
Ela provavelmente tinha visto muitos filmes…e aprendeu bem.
Laurinha engoliu meu pau inteiro e olhava pra mim, seus olhos lindos, esverdeados, seu corpinho branquinho e meu pau moreno na boquinha, que cena maravilhosa.
Eu socava levemente o pau, ela engasgava mas não tirava da boca…só quando o gozo venho ela instintivamente tirou pra não sufocar….muito esperma acumulado jorrou naquela boquinha e no rostinho lindo dela.
Eu não parava de gozar…lambuzei ela todinha.
Imaginem uma menina de 11 toda lambuzada de porra, assim ficou Laura.
Eu mal acabei de gozar e ela num movimento brusco, sentou ficou de pé e me sentou no sofá, ela então abriu as perninhas e sentou no meu cacete…ela falava baixinho; me come tio, me come…
eu agarrei ela e forcei o corpinho dela pra baixo, ela parecia ter ficado maior nessa hora…
a bunda era redondinha e apetitosa sentou tão gostoso no meu pau que eu não vi uma menina mas uma mulher.
Então encaixei meu pau na bucetinha dela, a natureza da mulher é maravilhosa….a xana dela foi aceitando meu pau, embora pequena e lisinha foi se abrindo…eu levantei ela e agachei o corpo dela no tapete e com ela inclinada de quatro…foi enviando devagar na bucetinha virgem dela.
Ela gemia, gozava e sangrava…e meu pau ficou inteiro dentro dela….eu que nunca tinha me aventurado tava alí em csa comendo uma virgem….
Eu gozei naquela bucetinha virgem, ví lagrimas saindo dos olhos dela, ela percebeu e disse que não era nada, era prazer…tinha gostando tanto.
Eu tentei falar que não devia ter feito aquilo, ela então falou, lembra Tio que tava te devendo uma aposta, agora faz de conta que eu paguei, .foi meu castigo e foi tão bom eu sei que vc queria e eu tb, e sorriu
Terminamos, ela tomou um banho rápido e eu com medo e meio arrependido, mandei ela embora.
Será que ela iria falar pra mãe dela ou pior por pai, se alguém descobrisse, não dormi essa noite.
Depois de uns dias nós encontramos e pra minha sorte tudo continuou numa boa, ou melhor ainda como contarei depois.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,29 de 69 votos)

Por # #

26 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder SALIÊNTE

    Os tios do condominio devem brincar mto com vc, menininha…tá certa, gozar é muito bom

  • Responder Silvia

    pelo jeito o mundo tá cheio de putinhas…eu sou uma delas, rss

    • Silvia

      tipo de 16..
      pq vcs se ligam em novinhas?

    • Hfln

      E vc se liga nos tios, Silvia?

    • Grisalho

      Vem pro papai putinha

    • Grisalho

      Delícia te chupo inteirinha até o seu cuzinho

    • Silvia

      adoro coroas, eles me mimam e me dão docinho na boca,.
      fico louca de vontade de abrir as pernas pra um coroa de cabelos branco chupar minha buceta e eu acariciar a cabeça branca e chamar ele de titio..
      ai grisalho tó molhadinha imaginando

    • Hfln

      Hmmm, ia adorar te mimar… e brincar com uma putinha como você.

  • Responder SS

    Já é puta tem que arrombar toda

    • Vivia Putinha

      Claro! também acho, tbm perdi meu cabaço nessa idade, uma beleza!

  • Responder Mamãe

    Que safada essa Laura. Tem que comer essas putinhas mesmo! Aqui no rj nas comunidades só tem putinhas! Minha filha é uma! Tentei segurar ela mas não consegui! Vive no baile funk!

    • Vivi Putinha

      Aah eu amo! qnts anos tem ela??

  • Responder Gabi_Rs

    Adorei queria alguém pra vir me fuder gostosoo

    • JackDF

      De onde você é? Eu vou aí te foder gostoso…
      [email protected]

  • Responder Silmare

    Gozei

  • Responder Augusto

    Melhor coisa e ver a carinha delas toda lambuzada de porra

    • @Julio_p78

      Concordo. Telegram @Julio_p78

  • Responder Menininha

    Eu sou sapequinha e tb provoco os tios do condomínio !
    Adoro desfilar de biquíni pelo prédio

    • Zorro

      Vem me provocar Menininha… tenho algo pra vc.

    • Hfln

      Hmmm. Em que cidade moram os sortudos do teu condominio? Hehe

  • Responder Teles

    Nada como uma menina dessa idade pra fazer a gente perder a cabeça

  • Responder De bem com a vida

    Belo conto, espero que conte mais, sou da zleste tbem. Vamos conversar no skype. carinhoso93

  • Responder @Ddlzo

    Adoro uma ppk novinha…
    Sou professor no RJ

    • Bia

      Eu tenho 12 aninhos a minha ppk serve pra vc?? Ela ta bem molhadinha e meus dedinhos tbm rsrs

    • Vivi Putinha

      Tá certíssima Bia! temq dar mesmo, só assim pra viver direito

    • Mc Famosinho de SG RJ

      hello bia, pra mim serve bem, responde a gente que a gente troca email, vivi tb,