# # #

A bundinha do vitinho

714 palavras | 9 |4.21
Por

Olá, meu nome é Thomas, tenho 19 anos, sempre tive muita tesão em novinhos, mas dessa vez esse meu tesão explodiu.
Conheço o victor desde criança, ele é filho de uma amiga da minha mãe, sempre nos demos bem, como ele era 8 anos mais novo que eu sempre tratei ele como criança, até brincava com ele só pra ele ficar feliz, mesmo achando tudo aquilo muito chato.
Até que veio a pandemia e as aulas se tornaram online, então de vez em quando Victor vinha ficar na minha casa enquanto sua mãe ia trabalhar, minha mãe fazia aquele favor pra mãe dele por conta da amizade de nossas famílias.
Teoricamente quem devia cuidar dele era minha mãe, mas como Victor gostava de mim sempre ficava comigo a maior parte do dia. Foi aí que começou o perigo, nossa relação foi se aproximando, e comecei a olha-lo com outros olhos, Victor tinha 11 anos, era bonitinho, branquinho e magrinho, e sempre desconfiei do jeitinho dele mais delicado, não chegava ser afeminado mas era bem nítido que ele era gay.
Eu como só fazia faculdade, acabava ficando em casa o dia todo, o Vitinho gostava de ficar no meu quarto comigo, enquanto eu assistia aula, ele gostava de assistir tik Tok no celular deitado na minha cama. Meu quarto ficava no segundo andar da casa, enquanto isso minha mãe ficava fazendo as tarefas domésticas no primeiro.
Então um dia estava tudo normal, ele deitado assistindo e eu na minha aula, só q eu estava totalmente distraído, somente pensando nele, com muito tesão, resolvi sair da aula e deitar do lado dele pra assistir uns tik Tok juntos, deitei mais ele e ele perguntou da minha aula, falei q já tinha acabado então ia assistir um pouco mais ele, ele parece q gostou e coloca o celular mais pro meio pra mim ver, começamos a nos aproximar e acabou que ele deitou em cima do meu braço esquerdo juntando seu corpo com o meu, ficamos ali assistindo e ele deitado de lado na cama e de frente pra mim, comecei a fazer um cafuné em seu cabelo, ele parecia estar gostando então fui abaixando minha mão e comecei a fazer um carinho em suas costas, senti ele se arrepiando então entrei com a mão por dentro da camisa em suas costas e comecei a alisá-la, estava fazendo um carinho em suas costas enquanto assistíamos, como seu corpo estava colado com o meu eu via suas reações e não me parecia que ele estava desconfortável, então fui continuando pra ver até onde ia, desci minha mão mais até quase chegar na sua bunda e fui alisando, até que finalmente fui me aproximando e entrei com minha mão dentro do seu short, comecei a pegar em sua bundinha, fui alisando e apalpando e com meu dedo fui procurando seu cuzinho, dava umas esfregadas com meu dedo em seu anel e ele já nem tava mais interessado nos vídeos, estava só se contorcendo de prazer, como ele estava praticamente abraçado comigo seu pau começou a cutucar minha coxa, ele estava bem durinho já, fiquei me aproveitando de sua bundinha um tempinho e perguntei se ele tava gostando, ele só acenou com a cabeça dizendo que sim, então perguntei se podia brincar mais com sua bunda, ele respondeu que podia, então levantei da cama e fui trancar a porta pra não sermos pegos de surpresa.
Sentei na cama e falei pra ele ficar de pé no chão na minha frente e tirei sua camisa, comecei a lamber seu corpo enquanto com minha mão pegava na sua bunda por dentro do short, passava minha língua em toda sua barriga e fui descendo até chegar no seu pau, tirei seu short e seu pau saltou pra fora, estava todo duro, devia ter uns 12 cm, tinha a cabeça rosinha, era bem fino, fiz um boquetezinho nele pra ele ficar feliz e logo virei ele de costas pra mim pra finalmente ir pro que me interessava, sua bundinha…

Continua no próximo

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,21 de 62 votos)

Por # # #

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Seex

    Pode ser preso, mas gosto do perigo, continua

  • Responder Péssimo

    O cara não sabe nem a diferença entre “mais” e “mas”…

  • Responder luciano

    continue por favor,apesar de relatar um assedio a uma crança, escreves muito bem , esta bem picante!

  • Responder Saulo Batista

    Continue

  • Responder Marcos - Ribeirão Preto-S

    😂😂😂😂😂😂😂😂😂

  • Responder o ze

    na parte boa acaba ai nao da hein meu camarada

  • Responder John deere

    Nao precisa continuar obrigado

    • Comi o John deere

      Meu pau sempre te espera John-chan

    • Tb comi o Jhon. Fênix96

      Fica de ladinho