# # #

Médico amigo do meu pai

821 palavras | 4 |4.48
Por

Meu nome é Eduardo ( Dudu), na época que este fato aconteceu eu tinha 10 anos, hoje estou com 45 anos.
Mas vamos ao fato, era verão e éramos sócios em um clube na cidade aonde morávamos no RS, meu pai me deixou a tarde no clube para renovar o exame médico para as piscinas, fui ao vestiário troquei minha roupa vestindo minha sunga de banho e fui para a sala do exame médico, sempre tinha vergonha de fazer o exame pois era uma médica e sempre tinha que abaixar a sunga até os joelhos e ela examinava meu tico, mas tinha que fazer senão não tinha piscina, era uma sexta-feira nublada e só estava eu no clube, sentei do lado de fora da sala e fiquei aguardando, quando pra minha surpresa o médico me chamou, haviam trocado e eu não sabia, o médico em questão era um amigo do meu pai que frequentava nossa casa as vezes, ele viu que era eu e disse.
Oi Dudu, tu és o meu primeiro paciente hoje e também acho que o único pois com esse tempo feio que está acredito que não virá ninguém mais.
Entrei na sala a qual estava um pouco mudada, agora havia uma balança daquelas médicas e também uma maca.
Conversamos um pouco pouco e o doutor disse.
Dudu vamos ao exame médico, pode tirar os teus chinelos e a tua sunga e colocá-los em cima da cadeira.
Eu fiquei surpreso e muito envergonhado e disse.
Vou ter que ficar pelado, a outra médica nunca me pediu pra ficar assim.
Ele olhou pra mim e disse.
É por isso que ela não é mais a médica do clube, se tu está com vergonha não precisa ter pois sou homem como tu, e agora tu pode tirar a tua roupa para te examinar.
Eu devo ter ficado muito vermelho de vergonha, meu tico a essa hora já estava duro, tirei a sunga e coloquei a mão nele de vergonha e também pq naquela época não sabia pq ele estava assim, ele me olhou e viu que estava com vergonha e ele pegou na minha mão e tirou de cima do meu tico e disse.
Dudu não precisa ficar com vergonha dele estar durinho é normal isso acontecer, agora sobe na balança para eu te pesar e vermos a tua altura.
E foi o que eu fiz, tinha 1,43m de altura e 39kg, depois de ter me pesado ele me pegou no colo e colocou sentado sob a maca, escutou meu coração e pulmões e aferiu minha pressão e disse que estava tu bem, em seguida me pediu para deitar, viu entre meus dedos dos pés e mãos para ver se não havia frieiras, e depois foi examinar o meu tico que ainda estava duro, examinou as minhas bolinhas e depois puxou a pelezinha do meu tico deixando a cabeça de fora e aí ele disse.
Dudu agora eu vou fazer um exame em ti que pode doer um pouquinho.
Eu perguntei que exame era e o que ele iria fazer.
É um exame de toque que é feito só em homens a partir dos 10 anos de idade, eu quero que tu vire a tua bundinha pra mim eu vou colocar o meu dedo dentro do teu cuzinho para te examinar lá dentro, como é a tua primo vez eu vou fazer com cuidado para não doer, tá bom?
Eu virei de lado e ele passou um gel no meu cuzinho que era geladinho e me arrepiei todo, e logo depois ele começou a itroduzir o dedo, ele perguntou se estava doendo e disse que não mas vc que estava dando uma sensação gostosa, na verdade ele estava era fazendo uma massagem na minha próstata e do nada ele parou, limpou minha bundinha e me disse que estava tudo bem.
Me mandou colocar minha sunga e perguntou o que eu achava dele ligar pro meu pai para nós convidar para passar o dia na sua casa pois tinha piscina, eu disse que iria ser legal então ele disse que ligaria para nossa casa às 20:00h, então ele disse que agora poderia aproveitar a piscina do clube, e foi o que eu fiz.
Quando eram 18h meu pai chegou para me buscar e ele e o Dr. Maurício se encontraram e ficaram conversando, eu fui me trocar e quando voltei me pai falou que o Dr. Maurício havia nos convidado para passar o dia na casa dele e ele não poderia pois iria trabalhar mas se eu quisesse ele me deixaria passar o dia lá, eu disse que sim, então meu pai e ele combinaram que às 9:00h eu estaria lá.
Continua…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,48 de 44 votos)

Por # # #

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Osvado

    Não quero dedo no cuzinho e sim uma rola grossa

  • Responder Gauchinha(o)

    Uiiii que tesão, meu primeiro homem de verdade era um médico, bonito bem dotado, corpo lindo cabelos cheios e uma tesão de homem, me entreguei por completo aquele homem, foi minha primeira penetração, e não foi assim tão fácil, ele tinha um dote de 18 ou 19 cm. eu virgenzinha, mas muito puta já na época, a penetração se deu aos poucos, até chegar onde nós dois queriamos, ele todinho dentro do meu reto, aquele dia marcou pra sempre a minha vida, nunca vou esquecer, ficamos anos juntos, eu sempre bem tratado e com muito carinho, fizemos de tudo um pouco, naquele tempo não existia esta de tomar leitinho, eu só ganhava leitinho no meu cuzinho, uiii que delicia, escorria pelas coxinhas ficava todo meladinho.

  • Responder Anônimo

    Continua por favor

    • Eduardo

      Sim hoje a noite envio a segunda parte.