#

Primeira vez da minha noiva Karininha com outro (2 parte)

1701 palavras | 3 |4.33
Por

Continuação – muita insistência e tentações conhecia minha noiva dar pra outro na minha frente!

Olá como disse no conto anterior  vou continuar relatando a transa da Minho noiva com o garçon. (Leiam o conto anterior 1 parte)
Me sentei em um sofá para assistir a cena, com ambiente a meia luz ficava mais excitante e eu me sentia assistindo a um filme pornô ao vivo, onde a atriz era minha noiva e o garçon da choperia Fritz na cidade Sjcampos SP.
Ambos estavam com tanto tesão que nem se preocuparam comigo ali, depois do 69 que fizeram onde tirei uma foto com celular e ver a satisfação de minha noiva sendo chupada e segurando um pau diferente e maior que o meu era uma cena extremamente deliciosa, onde ela abocanhaca com gosto tentando colocar o máximo que conseguia na boca,. Em seguida ela deitou e ele veio por cima no estilo papai/mamãe  e posicionou a vara na entrada de sua bucetinja e foi empurrando devagar ela gemia e via nos olhos a felicidade mas,ao mesmo tempo um pouco de receio pelo comprimento pq o meu tem +- 17cm. Quando passou um pouco mais que a metade ele envolvel ela nos braços e começou a beija lá, nisso numa estocada só empurrou tudo pra dentro, percebi que ela tentou escapar dos braços e o beijo misturou com um som de Serra forma dolorosa mas não conseguiu gritar devido ele beija lá com certa força e segura seu corpo, eu fiquei preocupado e tesão ao mesmo tempo por saber que ela estava sendo arregaçada por um cárcere mais comprido e chegou onde nunca chegaria, sabe quando vc vai no chão de bunda e bate seco que a cabeça da um tranco balança os cabelos, então foi assim a imagem dela quando ele só vou sem dó mas aguentou ou não sei lá. Só sei que ele deu um tempinho pra ela relaxa em seguida começou a socar um vai e vem compassado  ela gemia com choro ao mesmo tempo, depois de uns 30 segundo acho que o tesão tomou conta e ela pedia mais quero mais é ele respondia calma putinha vou ti comer do jeito se falei na msg pra vc, vou fazer vc gozar gostoso, ele falava um pouco alto acredito que era pra eu ouvir, aí pensei se realmente era a primeira vez dele. Depois de uns 5 minutos assim mudaram de posição aí ela foi por cima segurando o pau dele apontando pra cima e sentou em seguida ela começou a cavalgar parecia uma amazona cavalgando seu cavalo, colocou as mãos sobre o peito dele e empinou a vindo e iniciou um sobe desse que fiquei com invejinha e ele segurando na bunda dela controlava pra não sair e quando ela descia e ia com a cintura de encontro e soca fundo tirando uns gritinhos de aí aí aí assim vc vai me dizer não vou conseguir anda amanhã safado ele ria e dizia essa é a intenção vc não vai esquecer tão cedo e foi a primeira fez que ele olhou pra mim é perguntou tá gostando do que tá vendo eu balanceio a cabeça afirmando que sim e ela fala então se acostume pq ela vai sempre querer um pau além do seu ela me olhou e respondeu em cima sim vou querer mesmo é dormiram juntos cordenadamente mas não pararam de meter, fiquei doido de ouvir isso é tirei meu pau pra fora já todo melado. Como foi gostoso ver minha quase esposa transando com outro na minha frente. Aí ele falou pra ela quero vc de quatro, rapidamente ela se posicionou na beira da cama, ele ficou até as dela olho pra mim é disse, era assim que queria ver sua noiva, agora ela é minha putinha vou fazer lá gozar no meu pau e meteu com tudo ela dinovo tentou escapar com um gritou de aí cachorro e ele segurando ela pela cintura puxou sem dar chance de fugir e meteu dinovo e iniciou uma metida de bate estaca que ela ia pra frente e voltava pq ele puxava, então ele se vou os cabelos longos encaracolados em volta da mão e puxava cabeça dela impedindo que fugisse e meia dava uns tapas na bunda, e falava que moreninha gostosa é vc um vc não sai daqui sem eu comer essa bunda ela começou e gemer alto falando não vou aguentar vou gozar e seu é grande dimais pra minha bunda. Ele manda ela calar a boca que quem mandava era ele e tocava até que ela gritou e começou a gozar ou melhor parecia que estava mim qndo pq quando pau saia jorrava líquido, ele berrou e tirou o pau virando ela de frente e gozou no rosto na boca ela tentando pegar com a boca, foi uma das melhores cenas que vi. Ambos caíram na cama ofegantes, nesse momento ele se levantou disse que ia tomar um banho e eu fui até ela, onde ela me beijou na boca e agradeceu por ter ficado um tempão esperando ele sair do trabalho. Perguntei e aí o que acho ela respondeu quero mais se levantou e foi para o chuveiro encontrar com ele, fiquei na beira da cama esperando sem saber o que fazer, só testou voltar pro sofá e comecei ouvir uns gemidos e risos vindo do banheiro, uns 5 minutos depois voltaram pra cama ele de pau duro novamente fez ela deitar de lado e entrou entre as pernas dela e foi metendo nisso ela gemeu alto e falou assim vc vai mais fundo não vou aguentar aí que ele meti a fazia ela gemer sentido dor junto com tesão. Falou algo no ouvido dela, onde prontamente ficou de quatro novamente e ela falou agora esse cuzinho é meu começou a chupar intercalação entre o cuzinho e a bucetinja dela com a língua de dedos, preparando o rabinho dela pra receber aquele absurdo de pau. Ela estava com tanto tesão que pedia pra ele colocar que fosse devagar pq nem eu ela deixava meter e foi poucas vezes, nisso ele olhou pra mim é perguntou se era verdade, eu disse que sim aí ele disse nossa que privilégio o meu, vcs não vão esquecer e começou a forçar ela reclamando ele falava calma relaxa pq putinha minha não reclama, ontem arregacei o cuzinho da minha namorada pensando em vc e hj vc vai pagar o sofrimento dela e meteu mais um pouco ela tentou sair ele deu um tapa mais forte na bunda dela que fez ela choramingar e aguenta safada seu noivo tá assistindo não vai descepicionar ló. Quanto passou a cabeça e um pouco mais ele parou, ela aí aí aí aí aí ele calma viu só o pior já passou relaxa que vc daqui a pouco vai pedir mais. Ela acreditando nele realçou e socou tudo ela berrou esticou o corpo pra frente ele segurou ela firme metendo o dedo na bucetinja dele, eu falei calma vc tá machucando e ele me olhou e falou fica calmo que ela é minha agora. Ela chorando me olhou falando calmo amor tá passando e virando os olhos pq ele estava dedilhando seus clitóris, aí ele falou viu como ela tá gostando e começou a tirar e meter devagarinho até ela começar a rebolar e ir de encontro a ele gemendo pedindo mais, então ele segurou ela pela cintura e foi metendo cada vez mais forte e os gemidos aumentando e falava palavrões, seu fdp tá dizendo meu cuzinho cachorro safado, vai soca e mostro pra ele como se come um cuzinho. Ele dava tapas e metia toma vazia toma rola fala pra ele que agora vc não ser a só dele mais fala e metia e assim foi aumentando até ele começar a urrar ela com dedo na bucetinja gemendo tb e ele avisa vc tá apertando meu assim vou encheu seu rabo de porra e tirou forte e gozou, ambos caídos na cama ficamos aí ela fala agora quero os dois mas meu noivo vai entra até as pq hj não aguento mais o seu pau, eu me deitei ela veio por cima sentou no meu pau que entrou fácil no cuzinho e abriu as pernas pra ele meter na bucetinha, como eu estava por baixo quase,não mexi muito e ele meti a com gosto e beijava ela, até parecia que eu não estava ali a trás, depois deu um tempo ela fala quero seu leitinho na minha boca, isso parece que estimulou ele mais que acelerou e tirou seu pau ficando de pé na frente dela e gozou na boca que ela tomou tudo deixando o pau dele limpinho. Ele foi pro banheiro aí eu saí de baixo ela de quatro falou aproveita agora mete gostoso amor eu metia ela gemia não igual com ele e falou o seu eu aguento agora sem reclamar amor e riu eu claro que gozei só de ouvir aquilo. Resumindo fomos embora ela se despediu dele com um beijo na boca e disse que queria mais é fomos pra casa isso já era umas 4:30 da manhã. Ela estava acabada tanto que chegamos no apto deitamos tentei algo pq eu ainda estava com tesão mas ela recusou dizendo que estava esgotada e dolorida pq aquele tarado arregaçou com ela. Enfim ela apagou e eu tive que me aliviar batendo uma e pensando em tudo que tinha acontecido. Depois disso tentei fazer uma surpresa pra ela no apto com esse garçon, mas acabou que ele não apareceu no dia É local combinado, sei lá o pq, ele disse que teve um problema no dia com a namorada que estava no pé dele e queria fazer outro dia, aí desencanei não marquei mais. Tivemos outras experiências com outros mas é outra história a ser contada um outro dia. Espero que tenham gostado mesmo sendo longo a história

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,33 de 6 votos)

Por #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Paulo

    Meu seu conto me deixou com muito tesão tanto a parte1 quanto a parte 2. Também moro na mesma cidade que vc São José dos Campos, quem sabe podemos nos conhecer e sua esposa gostar adoraria paquera lá para talvez rolar algo, iria adorar come lá enquanto vc assiste hein. Vou manda msg no email que vc menciona o primeiro conto ok

  • Responder Paulo

    Delícia de conto, leia meu e-mail e me responda

  • Responder Vantuil OB

    Beleza Marido corno. Aguardo outros contos