# #

Noiva curiosa (4)

1918 palavras | 7 |4.95
Por

Assisti minha noiva satisfazer seus desejos com o gogoboy negro e dotado.

Sentado naquela poltrona, eu assistia minha noiva pelo monitor na minha frente.

Ela estava com seu vestido de cetim aveludado vermelho. E um homem negro, musculoso estava dançando para ela de cueca branca. O monitor era grande o suficiente para ver que o volume em sua cueca era grande.

Ele dançava bem perto dela, com sua virilha a poucos centímetros de seu rosto.
O monitor agora tinha som conseguia ouvir tudo que eles falavam. Uma música sensual tocava de fundo.

Ele flexionava seus músculos para ela, enquanto ela ficava sentada admirando.

Luana: Nossa, Você é tão forte!
Gogoboy: Gostou gatinha?
Luana: Sim! Você tem um corpão.
Gogoboy: Sou mais o seu!

Luana riu.

Gogoboy: Falando nesse corpão, vamos tirar um pouco dessa roupa.

Ele ergueu Luana sem dificuldade alguma. A colocou de pé e foi levantando levemente seu vestido, tirando por cima de sua cabeça. Ela usava uma lingerie vermelha escura, quase da cor de seu vestido. Era uma calcinha rendada fio dental e um sutiã sem bojo também rendado.

Gogoboy: Nossa, que mulher, hein. Seu noivo é muito sortudo.
Luana: Obrigado (Falou rindo)
Gogoboy: Espero que ele valorize o que tem em casa.
Luana: Valoriza sim.

Ele ergueu ela novamente e a colocou sentada na poltrona. Seu pau parecia ter aumentado ainda mais na cueca. Ele continuou dançando e se insinuando para ela.

Luana: Meu Deus, isso aí não é de verdade, né?
Gogoboy: Quer conferir?

Luana apenas riu.
Ele se posicionou próximo dela e foi abaixando sua cueca, colocando seu pau para fora.
Sua rola era escura como a cor de sua pele, era grande e para meu espanto, ainda não parecia 100% duro. Seu pau devia ter no mínimo 20cm.

Luana: Meu Deus, é muito grande!
Gogoboy: Ele pode ficar maior, se eu ver esses peitinhos branquinhos.

Luana riu e começou a tirar seu sutiã. Seus peitos pularam para fora e o gogoboy já foi logo com sua mão fazer carinhos em seu mamilo, parecendo dar pequenas apertadas.
Ele colocou seu pau de volta para a cueca e
Se afastou dela.
Ele pegou um lenço que estava em cima de uma mesinha.

Gogoboy: Vamos fazer uma brincadeirinha, fecha os olhinhos.

Ele foi até ela e amarrou o lenço na altura de seus olhos, vendando-a. Ele a colocou de pé e começou a passar suas mãos em seu corpo. Luana estava agora apenas com sua calcinha fio dental. Ele andava em volta dela, passando sua mão em sua bunda, esfregando sua virilha em sua cintura, passando sua mão em seus peitos…

Luana: Nossa… Isso tá me deixando arrepiada.
Gogoboy: Fica relaxada, gata.

Ele começou a passar uma mão por cima dos peitos dela e a outra ele acariciava por cima de sua calcinha.

Luana: Ah… tá me deixando molhada…

Ele continuou, mas dessa vez levou sua boca até seu peitinho e começou a chupar. Luana Já estava começando a gemer.

Eu já estava batendo uma punheta para a cena. Minha noiva já tinha batido punheta para meu amigo, deixado ele gozar em seus peitos redondinhos e rosados. Já tinha se exibindo para um total estranho na webcam, tinha até enviado um vídeo a ele gozando. Mas agora, um homem, um gogoboy negão, com um pau enorme, estava tocando minha Luana e chupando seus peitos.

Eu achei que iria ficar com mais ciúmes, mas fiquei com menos do que das últimas experiências. Ainda estava com ciúme, obviamente, mas era um ciúme gostoso, a ideia de assistir minha noiva sem que ela soubesse, estava me deixando louco de tesão.

Luana: Nossa… que gostoso…
Gogoboy: Já estou sentindo ela bem meladinha, ela está se preparando pro meu cacetão, é?
Luana: eu não estou, mas ela não tá me obedecendo (riu).
Gogoboy: Posso provar essa boquinha?

Luana ficou sem responder por alguns segundos.

Luana: É que eu nunca beijei outro homem sem ser o meu noivo…
Gogoboy: Pensa comigo, você teve seu peitinho sendo chupado por outro homem, o que é um beijinho?

Luana ficou sem responder.

Gogoboy: vamos fazer o seguinte, eu vou começar bem devagarzinho, tá bom?
Luana: Tá bom.

Ele encostou os lábios na boca dela e colocou as mãos em sua bunda, apertando e colando seu corpo no dela.
Ela retribuiu o beijo. Ele começou de leve e devagar e foi aumentando gradativamente. Ela o abraçou pelo pescoço e foi beijando com mais tesão. Ele passava a mão no corpo dela e levou sua mão até sua bucetinha por dentro da calcinha. Ela começou a gemer no meio do beijo, abafado pela boca daquele homem enorme e negro colada na sua.

Ele saiu do beijo e a colocou sentada. Ele levou um dedo até sua boca e Luana começou a lamber seu dedo.

Eu estava estático, querendo saber no que aquilo daria. Eu já imaginava, até por que Luana tinha comentado suas curiosidades sobre oral, mas ainda tinha uma certa dúvida, pois a ideia era eu estar presente. Ali ela estava sozinha, e não sabia que eu estava assistindo tudo.

Ele tirou o dedo da boca dela. E aproximou sua virilha, encostando sua cueca na boca dela.

Gogoboy: Adivinha o que é.
Luana: Hmm.. O único tecido que você está vestindo é a cueca (riu)

Ela continuou beijando a cueca dele e passando seus lábios por seu volume.

Luana: E pelo que tô sentindo, está bem duro, hein? Ficou excitado comigo?
Gogoboy: Uma mulher maravilhosa com peitinhos rosinhas e uma bunda assim… quem não se excitaria?

Ela continuou beijando e lambendo sua cueca, dando agora algumas mordidinhas em seu volume.
Ele se afastou um pouco e tirou seu pau pra fora.
Eu estava errado, ele deveria ter uns 23cm, estava bem duro.

Ele se aproximou dela e encostou seu pau na boca dela.
Ela a princípio levou um susto.

Luana: mas o que é isso? Não é o que eu penso não, né? É enorme!
Gogoboy: Da umas lambidinhas, podes acabar descobrindo.

Luana começou a deslizar seus lábios na piroca dele.
A cena me deixava doido, o tesão me consumia.
Minha noiva agora lambia a cabeça do pau dele, obviamente já sabia do que se tratava, e estava se deliciando lambendo aquele pau enorme.

Gogoboy: Que lábio delicioso!

Luana começou a botar ele na boca, iniciando um boquete que de tão molhado dava para ouvir sua saliva ao colocar o pau na boca. Apesar de minha noiva ser excelente em chupar um pau, inclusive colocar todo na boca, ela teve dificuldade de colocar o dele. Mas foi quase todo, sobrando poucos centímetros para fora.

Gogoboy: Isso! Mama meu pau, vai!

Ela começou a colocar e tirar a rola de sua boca, sempre bem molhado e profundo. Ela não colocava a mão, apenas chupava.

Gogoboy: Tá gostoso, safada?
Luana:Sim, mas é muito grande!

Ele segurou na parte de trás da cabeça dela e começou a meter seu pau, fudendo sua boca.
Ele colocava até o fundo, até quase entrar seu pau todo.

Gogoboy: Que boca deliciosa!

Ele parou de fuder, mas não ela de chupar. Ela colocou a mão na base de seu pau e foi colocando na boca repetidamente e rápido.

Luana: Nunca tinha chupado outro pau antes.

Ela continuou chupando, saciando sua vontade de fazer um boquete em outro homem que não fosse eu.

Ele tirou o pau da boca dela e abriu suas pernas. Se ajoelhou na frente dela e colocou com os dedos sua calcinha para o lado.

Gogoboy: Ela tá toda meladinha, molhou a calcinha inteira.

Ela apenas riu.
Ele colocou um dedo em sua buceta e ela soltou um gemido leve de quem não esperava.

Luana: Calma, acho que eu não devia.
Gogoboy: Relaxa, vou só retribuir o favor que essa sua boquinha fez.
Luana: Tá bom, mas só um pouquinho, não estava nos planos isso…

Ele começou a meter o dedo na xoxota dela. Ela gemia e respirava alto sentindo sua bucetinha ser masturbava por ele.

O negão começou a chupar o clitóris enquanto metia o dedo dentro dela. Ela gemia mais alto e agora segurava na cabeça dele, rebolando seu grelinho na boca dele.

Luana: Que gostoso… Tá tão gostoso…

Ele continuou fazendo.

Eu sentia meu corpo vibrar de ciúmes e tesão enquanto assistia minha noiva sendo chupada por um gogoboy, enquanto ele lambia seu grelinho e fazia ela gemer gostoso com a buceta em sua boca.

Gogoboy: Vem gatinha, levanta.

Ele ajudou ela a se levantar e então sentou na poltrona com seu pau grande e duro apontando pra cima.
Ele a colocou em cima dele, com eu pau na entradinha de sua buceta.

Luana: Calma… eu não sei… não era isso que eu tinha combinado com o Rodrigo…
Gogoboy: Relaxa… Vou só te fazer gozar um pouquinho.

Ele levou uma mão até o peito dela e a outra até seu clitóris, ele foi massageando seu grelinho enquanto seu pau encostava na entradinha de sua buceta.
Luana voltou a gemer.

Luana: aí… Tá tão bom… assim eu vou gozar…
Gogoboy: Pode gozar, gatinha, goza bem gostoso, vai. Olha só essa noivinha linda e gostosa, toda molhadinha. Você é maravilhosa.

Ele aumentava o ritmo e ela gemia cada vez mais. Até dado momento, quando suas pernas começaram a tremer e ela ficou bamba, não conseguia se sustentar com os joelhos.

Ela estava gozando com aquele homem masturbando sua buceta, e quanto mais intenso o orgasmo ficava, mas bamba ficava suas pernas.

Luana: ISSO! AH QUE GOSTOSO!

deu para ver que sua buceta pingava no pau dele. Até que ela soltou um grito de tesão e não se sustentou, acabou caindo um pouco, fazendo a cabeça do pau dele entrando em sua buceta.

Luana: ELE ENTROU! QUE DELICIA!

Ele não perdeu a chance e foi metendo só a cabecinha, tirando e colocando enquanto ela gozava ainda mais.

Gogoboy: Goza bem gostoso, putinha!

Ela saiu de cima após gozar, meio assustada.

Luana: Nossa. Fomos muito longe, eu dei para você…
Gogoboy: Relaxa, gatinha! Isso podemos deixar pra sua próxima visita. Agora vem cá que eu não vou me aguentar, quero gozar nessa sua boca.

Luana se ajoelhou e ele começou a fuder sua boca. Ele colocava sem pena até o fundo de sua garganta, entrando quase o pau todo.
Ele meteu por uns 5 minutos ininterruptos com ela aguentando sua rola na boca.

Gogoboy: Eu vou gozar!

Ele tirou o pau e começou a ejacular no rosto dela, lavando sua cara de porra.
Ela se masturbava enquanto ele gozava nela.
Ele colocou o pau de volta na boca dela e gozou mais um pouco.

Quando ele terminou, ela ainda ficou uns 2 minutos chupando seu pau, sugando toda a porra.

O monitor desligou de repente.

Vanessa entrou na sala, já vestida.

Vanessa: E aí, o que achou?

Eu não sabia muito o que falar. Mas estava lá com o pau duro na mão, quase para gozar. Não havia muito o que dizer.

Eu: Sinceramente gostei bastante.
Vanessa: Que bom, por que acho que você vai adorar o que vem a seguir.

Continua…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,95 de 20 votos)

Por # #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Paulo Roberto

    Delicia de conto. Adoro essas putarias meio que incompletas. Me dá muito tesão. Meu e-mail é [email protected]

  • Responder Amandinha13

    Melhor parte ele parou kkk
    Continue logo pfv
    Bjos

    • Danilo

      Muito gostoso

  • Responder Grafit 21

    Continúa, está cada vez mais gostoso ate por fim o negão meteu nela vamos espera a próxima..

  • Responder Fábio P.

    Continua, porque este conto está cada vez melhor.

  • Responder Sabrina

    Gostoso

  • Responder Manuela

    Aiiiii que conto gostoso. Continua por favor!