# # #

minha filha modelo, ganhando dinheiro com fotos eróticas e putaria. parte 3 – sexo com estranho

1434 palavras | 16 |4.63
Por

comecei a gostar de ver Carol com estranhos, ela tb adora esse fetiche, então surgiu uma chance e ela caiu de boca,de quatro, ai o vigia se deu bem.

Vou te contar uma aventura.
Carol fantasia demais, sempre foi assim, depois que começou a fazer fotos pro Laerte, aí ama se passar por aluninha, enfermeira, puta,secretária, filha, sobrinha, cada fetiche que o Laerte pede pra ela se fantasiar ela adora, se transforma numa atriz de verdade.
Mas em casa com todo esse erotismo latente e cada vez que a gente volta da sessão de fotos ela fica com mais tesão.
As vezes me preocupo.
Uma vez fomos numa festa num condomínio meio afastado, no meio de uma área rural, festa de família, amiga dela da escola fazia aniversário. Um monte de meninas e meninos com hormônios em alta.
Carol linda demais num vestido vermelho, encontramos alguns amigos que não viamos fazia tempo. Claro que Carol se insinuou pra vários, eles eram só elogios pra ela, dizendo que não acreditavam que minha filha tinha crescido tanto, essas baboseira que os homens falam pra filhas dos amigos, mas que no fundo tão é louco pra fuder o cuzinho delas, rss.
E Carol aproveitava, se mostrava como gosta, fazia questão de abaixar para mostrar os peitinhos delas pro meus amigos, não usava nada por baixo, ela é bem safada nesse item, várias vezes fomos a lojas de sapatos e quando via Carol experimentando que notava que ela tava sem nada, os vendedores ficavam loucos com ela.
Bem mas que atrai Carol neste dia foi o rapaz que ficava numa guarita, no fundo do condomínio, numa entrada meio isolada.
Fui com ela e uma amiga dar uma volta pelo local e notou ele olhando, fomos até la conversar com ele, o homem já tinha 38 anos, tipo homem rural, mas Carol adora os homens rústicos.
Ai se despedimos dele pq iam cantar parabéns, , Carol perguntou pra amiga se podia fazer um pratinho com bolo, salgados e doces, ela fez e perguntou pra quem era, ai Carol falou que ia levar pro rapaz da guarita. A amiga estranhou mas sorriu, e falou essa Carol sempre preocupada com os outros.
Fui com ela até a guarita, já era mais de 18 h, escurecia, eu estranha o condomínio ter uma área tão abandonada, pensei no homem sozinho ali e até me orgulhei da Carol.
Eu fiquei de longe e ela foi lá entregar o pratinho, tinha pego uma cerveja escondido e dado pra ela levar pra ele tb, fazia calor.
Vi como ele ficou alegre ao ver Carol, não ouvia que eles falavam, mas ele devia estar agradecendo ela.
Ele não me viu e continuou a conversar e comer os salgados e o bolo, Carol foi se soltando, sabia que eu assistia tudo.
O homem tb, incentivado por ela, que subia os vestido mostrando as pernas, abaixava mostrando os peitinhos, ele estava se excitando pensei.
Ai ele abriu a cerveja, ofereceu um pouco a ela, que pra minha surpresa tomou um gole, ela não é de beber…ai ela safadamente deixou a cerveja escapar e molhar um pouco o vestido, perto dos peitos, ela pra tentar impedir…puxava o vestido com as mãos, nisso os seios dela quase que ficavam todos a mostra.
Ele venho com um pano e tentou enxugar, ela então quase que abaixa todo o vestido na parte de cima, e ele dando uma de inocente enxuga ela…eles riem.
Tudo foi bem rápido, eu estava louco de tesão já.
Minha Carol era putinha demais pensei, quando ela quer ninguém segura.
Continuaram agora mais pertos um do outro, Carol com as pernas a mostra, levantava o vestido e com certeza ele via a xana dela.
Ai ele começou a comer o bolo, se sujou ou pouco na boca com chantily e Carol se aproximou e limpou com os dedos e primeiro lambeu, depois pegou tirou mais um pouco e deu pra ele lamber, vi nos olhos dela que agora ela tava com muito tesão.
O homem, ainda bem que era safado, chupou os dedinhos dela, ela sorria pra ele, ai ela pegou os dedos dele, passou no chantily do bolo e começou a chupar, chupava o dedo dele como quem chupa um pinto.
Ele se contorcia, eu olhava pro lados pra ver se não vinha ninguém, só ouvia o barulho da festa no salão.
Ai ela pegou se aproximou lambeu o rosto dele,começou a beijar a boca dele e ele a tocar nela, ele abaixou o vestido dela e os maravilhos peitinhos dela ficaram soltinhos pra ele chupar, ele caiu de boca e sugou os dois, dava pra ouvir o barulho da boca molhada dele nos peitos da minha filhinha….
Ela tirou a camisa dele, ele era um moreno bem peludo, ela começou a lamber os pelinhos do peito dele, não dava pra ver direito, mas percebi que ela agachava e tirava as calças dele, não deu pra ver o pinto dele, mas ela sugava ele com gosto…ouvia o gemido dele…e quando ele gozou na boquinha dela ouvi o grito de tesão que ele deu.
Nisso aproximou-se uma empregada que estava servindo, eu levei um susto…ela disse que iria levar um pratinho pro Neto, que era o moço da guarita, eu disfarcei e falei pra ela, não precisa acho que a dona da casa acabou de ir lá.
Ela não desconfiou e com certo com preguiça de ir até lá voltou pra dentro.
Eu aproveitei e me aproximei mais, Neto o sr da guarita agora estava com a boca no meio das pernas de Carol, as mãos morenas nas coxas brancas dela, e ele chupando a buceta dela com vontade, Carol gemia como uma puta e me viu se aproximar e sorriu safadamente.
Eu não me aguentando tirei o pau pra fora e comecei a me punhetar pra ela ver.
O homem virou ela com força, o vestido levantado até a cintura e a bunda dela empinada pra ele, ai vi o pau dele, enorme e grosso, todo melado….vi ele abrindo a buceta dela com as mãos, alisando a buceta e o cuzinho dela…então se aproximou dela e vi o pau dele entrando gostoso na buceta, ela gemeu eu fiquei doido e me aproximei mais….ele agora me viu, estava na entrada da guarita…pensei que ele ia tirar o pau dela, mas ela falou, vai me come Neto, me come….papai quer ver vc me comendo né papai….
eu gemendo de tesão falei isso quero filhinha, quero ver vc sendo comida gostoso…
Ele simplesmente gritou á é sua putinha, então segura minha pica….e socou ela, puxava o quadril dela com força e socava com mais força ainda.
nisso perdemos a noção do perigo, esquecemos que podia aparecer qualquer pessoa ali, a festa devia estar terminando, ouviamos os barulhos dos carros indo embora e das despedidas.
Mas eu só queria ver aquilo, me aproximei da buceta e admirei o pau dele indo e vindo nela.
Eu então com pau duro levei ele até a boquinha da Carol que sugou ele enquanto Neto sem dó, como se eu não tivesse lá comia ela com gula.
Ai senti meu pau enchendo a boca da minha menininha safada e Neto gozava na buceta dela…mesmo depois de gozar o safado não quis largar ela, as mãos apertavam os peitinhos e o pau ainda gozado não saiu de dentro dela, ele beijava as costas dela e dizia que menina linda vc Karol, que presente maravilhoso….
Ela então falou agradece meu papai ele que teve a idéia…e riu.
Carol se levantou e ele finalmente saiu dela, ela virou para ele, toda desarrumada, e beijou ele na boca….o Rostinho lindo dela, sugava a língua dele…ele mal acreditava, ela lambia ele, parecia querer mais…eu agachei e lambia a buceta dela, cheia de porra, era a primeira vez que fazia isso…delicioso…cada vez vamos nos descobrindo mais safados.
Ai já era bem tarde, a festa tinha praticamente acabado, nos despedimos de Neto, pegamos o telefone dele para quem sabe uma nova aventura.
Fomos embora sem se despedir de ninguém, no outro dia a amiga de Carol perguntou o que tinha acontecido, Carol inventou uma desculpa, mas falou que teve vontade de falar a verdade.
Bem depois de uns tempos a amiga dela acabou descobrindo e ai tem mais estórias.
Espero que goste e goze bastante.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,63 de 19 votos)

Por # # #

16 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Casado muito safado

    maravilhoso cada conto melhor q o outro estou doido pra lê a os contos exclusivos pelo e-mail vc é o pai mas sortudo do mundo amigo acredite
    [email protected]

  • Responder ExtraMan

    muito puta, eu acredito pq tem muitas meninas que fazem de tudo pra ganhar dinheiro.

  • Responder Alicia

    Manda mais historiasss

  • Responder Papaidemodelo

    Adoramos a idéia

  • Responder Fernando

    Se fosse verdade você deixaria por conto um link com uma foto dela p

    • Papaidemodelo

      Não posso deixar link! Mas deixe o email! Quem sabe não recebe uma surpresa

  • Responder papaidemodelo

    De verdade Carol está adorando e eu tb.
    Me mandem ideias de putarias com ela…queremos coisas novas e originais…

  • Responder Will

    Deliciosa aventura e a três, cada mais me surpreende vcs dois👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 sempre agurdando suas novas aventuras e gozando cada vez mais!

  • Responder top

    dava um bom filme

  • Responder Vantuil OB

    Com certeza. Putinha safada. Conta mais. Não demora

  • Responder Vadinho_SSA

    Carol faz jus à canção: Carolina é uma menina bem difícil de esquecer…

    Ela ganhou mais outra homenagem.

  • Responder meninodorio

    tb adorei, deve ser o máximo ver sua filha com outros homens.
    sempre imaginei como ficariam os pais das meninas que querem ser atrizes se elas um dia fazerem um filme porno.

  • Responder Chacal28

    Muito bom, um dos melhores contos que já li, muito bem contado, gostaria de saber mais histórias, e detalhes de suas aventuras.
    [email protected]

  • Responder Alex

    Eita vontade de comer essa Karol!

  • Responder Rafaella

    Bem contado.. Estou adorando a Carol … menina espertinha !!

  • Responder Jairo

    Muito bom. Adoro esse tipo de putaria. Lamber buceta esporrada. Caralho gozei nessa parte. Continua