# #

minha filha modelo – Carol, fotos com a boquinha cheia de porra e eu brincando com meninos

1081 palavras | 13 |4.79
Por

Carol cada vez mais se realizando com modelo de filmes exclusivos para clientes do Laerte. Era sem duvida uma atriz nata, adorava fazer cenas eróticas

Com o tempo, Carol foi se acostumando e gostando de fazer cenas cada vez mais eróticas.
Eu estava feliz, minha vida financeira estava ótima, compramos um belo carro e reformamos nossa casa, Carol tinha tudo que queria.
Laerte adorava ela, apesar de ter algumas outras meninas e meninos tb, ela era a mais requisitada, não negava nenhuma cena.
Eram cenas rápidas, nada muito demorado, meia hora de filmagem, satisfazia os clientes e deixava a nossa conta mais cheia.
Quanto mais pornográfica a cena mas ela ganhava, por isso quando tinha cenas de suruba ou ter que meter de verdade, ela estava sempre em primeiro lugar pra filmar.
Eu me satisfazia vendo ela em ação, chupando e sendo chupada, dando o cú e a buceta….cada vez mais tudo aquilo era natural.
Eu tb me satisfazia com as outras modelos, várias vezes acompanhei algumas meninas nas filmagens era lindo ver como os papais e mamães deixavam elas serem abusadas por causa do cache.
Uma vez, Laerte ia filmar três meninos, e eles tinha que estar com os pintos pintados, cada um de uma cor.
Tinham entre 12 e 14 anos, lindos, clarinhos, eu fiquei encarregado de fazer a pintura, delicia…gozo só de lembrar.
Eles pelados e eu com tinta de corante alimentícios, comecei a passar a tinta com as mãos nos pintos deles, um por um…eles riam com cocegas, mas os três logo ficaram com os pintinhos duros, eu me empolguei comecei a acariciar os pintos deles com vontade, queria chupar eles, tão pequenos mas durinhos como pedra…rss
Laerte mandava eu continuar, estava filmando e eu não percebi….ai me pediu pra pintar as bundinhas dele, muito bom, macias e lisinhas, eu passava as mãos nela carinhosamente e elas iam tomando cor….eu fiquei de frente pra eles e agachei, agarrei a bunda deles e esfregeui os pintos no meu rosto, eu lambia eles…engolia com a boca…já tava tomado de tesão….
então os três gozaram gostoso em mim, o melzinho ralinhos deles era doce e quentinho.
Foi tudo tão natural, não estava programado, depois Laerte me pagou até um cache….rsss.
Bem os dias depois disso, Laerte brincou comigo, falou, vc já tomou seu banho de porrinha agora se Carol topar tenho que filmar uma cena parecida, uma menina novinha toda gozada no rosto e na boca.
O cliente quer uma novinha bem safada, pensei na Carol, será que ela topa?
A noite conversei com Carol, que já sabia da cena e não reclamou de nada, topou na hora.
Uns dias depois fomos filmar….seria 4 homens e Carolzinha somente, não haveria sexo só gozada no rosto dela…
Uns dias antes Laerte nós chamou pra mostrar as fotos de alguns homens para Carol escolher, ele sempre fazia isso, era excitante….Carol pediu pra eu escolher os 4!
Era uma coisa que até hoje não entendo, os homens geralmente não eram tipo garanhão ou atores lindos, mas pessoas comum, alguns até feios, gordinhos, cabelos brancos, barba por fazer…Laerte explicava que era excitante ver uma patricinha como Carol por exemplo com homens brutos e sujos, que a maioria dos clientes dele tinham esse fetiche.
Escolhi entre os mais pintudos, pensei já que teriam que gozar, imaginei que esses teriam mais porra.
Na noite anterior a filmagem, conversei com Carol, estava preocupado com ela, pensei que talvez estivesse cansada de fazer isso, mas ela se aconchegou em mim, falou pra eu ficar despreocupado que ela adorava fazer aquilo.
Fiquei tranquilo.
No dia da filmagem, Carol vestida de estudante, ficava numa carteira escolar, os 4 homens chegaram e como se ela tivesse que ser castigada, começaram a tirar a roupa dela e a chupar ela todinha, eu estranhei pensei que eles iriam já partir pra gozada, mas não eles abusaram dela primeiro, chupando os peitos e a xana peluda dela, abriam bem as pernas dela e beijava o cuzinho e lambiam as coxas e a buceta dela.
Bem sabia que Carol adorava fazer este tipo de cenas…ela abria a perna com gosto e mostrava a bucetona aberta pra eles, que agarravam as coxas dela, enfiavam os dedos no cuzinho e na buceta dele e cheiravam os dedos…
Ai Laerte sabia que Carol gostava de beijar e pediu pra ela beijar eles, elas deslizava no corpo dele e beijava um por um, lambia os dedos e o rosto deles…logo ela começou a tirar a roupa deles e os pintos deles duros já ficavam ali a mostra pra ela pegar e lamber, ela ajoelhou e eles se aproximaram com os pintos armados e esfregaram no rosto dela, mal dava pra ver o rostinho da minha putinha.
Eles batiam com ele na boquinha dela, que cuspia no pinto e chupava, pensei Carol está aproveitando, pq não estava no roteiro ela chupar….
Ela linda chupava um por um…os homens mal podiam acreditar, ali usando e abusando de uma menina novinha e ainda iam ganhar um dinheiro pra isso….
Ai quando Laerte com sua experiência viu que eles estavam prontos pra gozar….mandou Carol colocar a linguinha pra fora….e falou não engole Carol, segura na boca todo gozo deles….
Eu via e me masturbava….o primeiro recebeu a boca deliciosa de Carol e uma chupada dela fez ele gozar….ela segurou o gozo e vi a boca dela cheia de porra….
os outros rapidamente fizeram fila….um por um foi gozando na boca e no rosto dela.
Carol peladinha no meio deles, com rostinho de anjo e todo esporrado…a lingua pra fora, a boca cheia de gozo, mal cabia na boquinha….
Laerte então se aproximou e filmou a boquinha dele bem de perto….ai sim, pediu pra ela engolir.
Eu gozei vendo…era sensacional.
Carol fez como a gente vê nos filmes pornôs, engoliu tuda porra misturada dos três machos e engoliu, com carinha de satisfeita depois mostrou a boca vazia e o rostinho melado.
Os machos então entraram e carregaram ela peladinha como um troféu.
Laerte finalizou, Carol agradeceu os machos com beijos demorados e eles aproveitavam e tiravam a ultima casquinha da minha filha linda.
Espero que tenham gostado, tem muito mais cenas que gostaria de relatar.
A próxima vou contar como tentamos dar uma de espertos e filmar por conta, mas não deu certo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,79 de 19 votos)

Por # #

13 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Casado muito safado

    ndei comentarios pra todos seus contos só entrou um sem o e-mail vou tentar mandar o e-mail
    [email protected]

  • Responder Casado muito safado

    sem palavras pra descrever cada conto melhor q o outro e sua filha é uma super modelo parabens mesmo espero ser um dos sortidos a receber e-mail seus

  • Responder Alex

    Sempre muito bom! Aguardo o próximo conto!
    Manda lá uma mensagem: [email protected]

  • Responder papainoel

    Carol é a filhinha putinha que todo pai queria ter em casa.
    Será que ela já deixou algum papai noel de pica dura?

  • Responder Anderson Molejão

    Cadê os links com os endereços pra gente ver as fotos e vídeos??Você é só mais uma maricona querendo dar a bunda mas não tem coragem que se fantasia menina pra aliviar a vontade

  • Responder pintudo

    papaidemodelo, com certeza tem cena da carolzinha sendo abusada por negões tarados com dupla penetração nela e dupla-anal e dupla-vaginal também. Sempre acontece. Os estúdios vão filmar várias cenas em um dia e aí os negões tarados marcam uma gatinha, convidam ela pra tomar uma bebida depois no quarto, rola uma droguinha, a gatinha fica louca e eles comem ela de tudo que é jeito, filmando tudo. Com certeza carolzinha passou por várias surubas desse tipo. Conta aí depois.

    • papaidemodelo

      pintudo quase isso…vou contar na próxima história.
      vou só ilustrar o que aconteceu: Eu ambicioso quis fazer filmagens com Carol por conta própria dispensando o Laerte.
      Ai consegui o contato de um dos clientes do Estudio do Laerte. Ela me pediu uma cena em que Carol fosse abusada por pedreiros.
      Falei com Carol e ela topou, iriamos ganhar o dobro do que Laerte pagava.
      Como não podiamos contratar os homens que filmavam para o Laerte, fomos a luta e conseguimos convencer um rapaz que trabalhava numa obra. Ai aconteceu quase como vc contou. Mas depois eu coloco no site, é a próxima.

  • Responder Rafaella

    Bem contado… Beijos na Carol…

    • Pablo

      Show de bola

  • Responder Célio

    E o filme da Carol, quando vai rolar, quero ver ela em ação com os machos na bucetinha dela

  • Responder sómentiras

    ai vc acordou né?

    • Papaidemodelo

      Fica achando que é só mentiras! Um dia comem vc sua mulher e sua família ai vc vai ver que tem mais putaria nesse mundo do que vc imagina! Se até nas igrejas tem sexo imagina num local cheio de meninas,mulheres,meninos e ,homens tds cheio de tesão e ambição ! Pode acreditar essas histórias são só uma fração!

  • Responder Vantuil OB

    Muito bom. Tô esperando comerem teu cuzinho também.