# # #

eu e minhas alunas safadinhas – 4

498 palavras | 2 |1.50
Por

Agora é a vez de tirar a virgindade dessas novinhas.

Depois de levar as meninas num parque aquático, eu esperava ansiosamente para lamber e cheirar 2 bucetinhas das 6 mais lindas.
As meninas escolhidas são Andressa e Brenda, elas são loirinhas, olhos azuis, magrinhas, bunda empinada, e tem 7 anos elas são gêmeas.
Num dia eu chamei as meninas e disse:
Eu: Meninas, querem aprender uma brincadeira nova e muito boa?
Meninas: Professor, queremos como será essa brincadeira?
Eu: Meninas, será assim vocês viriam aqui em casa de saia sem calcinha, eu lamberia e cheiraria as suas bucetinhas e só?
Meninas: Professor, essa história de lamber e cheirar nos parece bem nojenta nossas AMIGUINHAS estarão com gosto e com cheiro de xixi;
Eu: É só lavar, elas e assim não fica nojento.
Meninas: Então, vamos lavá-las em casa e na manhã seguinte faremos xixi depois da lambeção e da cheiração.
Enfim, o dia de levar as meninas para casa chegou e eu disse:
Eu: Senhora diretora, as meninas irão para minha casa de banho tomado então não poderei levá-las agora.
Diretora: Porque você não dá banho nelas?
Eu: Não tenho calcinhas para colocar nelas no dia seguinte?
Diretora: Leve estas aqui são as da minha filha, não servem mais e estão quase novas só foram usadas uma vez.
Eu: Já que é assim ótimo, chame as meninas iremos para casa agora.
No dia seguinte, um sábado eu preparei um café-da-manhã pra elas e fui para o quarto delas e as acordei com um beijo no rosto.
Eu: Meninas chegou a hora da brincadeira lembram?
Meninas: Sim!!!
Então, eu levantei suas camisolas e comecei a lamber e cheirar aquelas bucetinhas com leve aroma de xixi querendo sair.
Eu: Meninas, será que aceitam fazer xixi na minha boca?
Meninas: Isso não professor, o acordo era só nos lamber e cheirar.
Acabei o serviço e elas foram fazer o merecido xixi.
No domingo, eu levei as meninas para suas casas e vi que moravam na entrada de uma favela, mas não dei importância e fui para casa pensando porque moravam na favela.
Conversaria com Cristiane e Daniela, para saber o porque da moradia naquele local.
Na segunda-feira depois das aulas chamei Cristiane e Daniela e perguntei:
Eu: Meninas, sabem porque Andressa e Brenda moram na entrada de uma favela?
Meninas: Ah professor, elas perderam o pai bem cedo para o tráfico e a mãe é viciada em bebida, maconha e crack.
Fiquei chocado com a resposta das meninas, e jurei que iria adotar as gêmeas e mais duas de suas colegas.
No dia seguinte, juntei toda documentação necessária para a adoção só faltava as digitais das crianças.
Na quarta-feira peguei as digitais e entreguei a mãe das meninas para a polícia.
No próximo relato, contarei se consegui ou não a adoção de 4 meninas como minhas filhas.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,50 de 2 votos)

Por # # #

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Anônimo

    tenho 4 filhas adotivas 10 11 13 e14 sao as minhas putas

    • anônimo

      sério? que delícia conta mais… rs