# #

eu e minhas alunas safadinhas – 2

566 palavras | 0 |1.00
Por

Agora descevo o que fiz com 4 meninas que eu levei pra casa que já tinham sido dedadas.

Depois das meninas que levei para casa dei banho, dei lanche e levei as para escola continuei dando aulas, e fazendo de tudo para descobrir quem eu levaria para casa, na próxima semana.
Chega a próxima semana, e eu recebo a notícia de que eu levaria duas não, mas quatro meninas Cristiane, Daniela, Ester e Fernanda.
Dona Lourdes fala:
Lourdes: Essas meninas, já são mais receptivas as carícias pois já se masturbam toda a noite sem falhar um dia.
Eu: Pode deixar, sei como tratar essas meninas e continuo dizendo se ver vou querer pegar.
Naquela sexta-feira, eu peguei as meninas e levei para minha casa e dei as regras:
Eu: Primeiro, fazer xixi no sofá velho do jardim.
Segundo, tomar banho eu lavando os cabelos, a bucetinha e a bundinha.
Meninas: Professor, pode deixar com nós pode dar banho como quiser e pedir para ficar nua ou só de calcinha.
Eu: Meninas, se quiserem podem fazer xixi no sofá aqui de fora ou na patente na hora do banho.
Elas foram pra dentro, tiraram toda a roupa ficando nuas e indo pra fora para fazer xixi no meu sofá.
Lá foi só sentar, e começaram a mijar quase que no mesmo instante. Logo depois que acabaram foram para o banho e eu lavei seus cabelos, suas bucetinhas e suas bundinhas.
Na hora de dormir elas pediram:
Meninas: Professor, só conseguimos pegar no sono se alguém chupa nossas bucetinhas até nós gozarmos.
Eu: Meninas, aqui só tem eu sendo assim, tem que ser eu chupar suas bucetinhas, vamos lá?
Primeiro veio Cristiane e eu chupei e gosto do seu gozo era um leve adocicado.
Depois veio a Daniela e eu chupei e o gosto do seu gozo era meio salgadinho.
Em seguida veio a Ester e eu chupei e o gosto era doce.
Por último veio a Fernanda e eu chupei e o gosto era salgadinho
Em menos de 5 segundos já estavam dormindo.
Eu adormeci, com o gosto daqueles gozos infantis. No dia seguinte acordei elas, dei café, vesti a calcinha em cada uma, o uniforme, e as levei para escola.
Na semana seguinte, eu continuava dando aulas e as meninas ficando mais soltas a cada dia, ouvido mais suas vozes.
Na sexta-feira, eu fui conversar com D. Lourdes e falei:
Eu: Diretora, será que poço levar para minha casa não só duas, mas seis meninas?
Lourdes: Mas, porque as seis?
Eu: Quero levá-las a um parque aquático e dar aí um pouco de diversão. Sem ter que pagar nada.
Lourdes: Tá bom vou deixá-lo, só por ser um ótimo professor e fazer as meninas começarem a se expressar.
Eu sai mais cedo e levei as seis para casa, e lá falei:
Eu: Meninas, vocês podem ficar só de calcinha, pois queria dar um banho de mangueira em vocês ok! ?
Meninas: Ok! só que precisamos antes fazer xixi.
Eu: Podem fazer assim, venham na minha frente eu molho a calcinha e vocês fazem xixi na calcinha mesmo.
Meninas: Tá, bom professor assim acho que dá.
Elas foram cada uma, passava na minha frente e eu manda água e elas liberavam os seus xixis.
No próximo capítulo, contarei como foi o dia no parque aquático, elas fazendo xixi nas boias durante todo o percurso.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,00 de 1 votos)

Por # #

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos