#

desabafo de uma mãe separada que virou safada

1540 palavras | 15 |4.54
Por

depois que me separei, fiquei muito safada, não tinha preferencia por macho, quem me cantasse me comia, deixei até abusarem da minha filha…

tenho 34 anos, sou morena jambo, bunda grande, seios proporcionais ao meu corpo, gosto de me cuidar e sou bem bonita, era casada até 2019, temos um filha de 12 aninhos, que puxou pra mim em tudo(até na safadeza).
Fabi minha filha é moreninha, desde novinha tem corpinho bem formado, bundinha sempre chamou a atenção, é com oito aninhos quando ia com ela e o pai na praia, ouvia comentários sobre a bundinha dela dos homens.
Ela sempre foi sapequinha, mas coisa de menina, sabia que era natural as meninas irem se descobrindo e tendo interesse por homens mais cedo que os meninos.
Mas apesar de eu ser bem assediada tb nunca nada tinha passado de uma cantadas bobas uns elogios com segundas intenções, no máximo percebia que Fabiana às vezes deixava os peitinhos aparecerem mas do que o necessário e gostava de ficar sentada no colo de alguns tios e amigos do pai dela. Fora isso uma vida normal.
Ai eu e Júlio nos separamos, foi um trauma, vivíamos bem, tínhamos conquistado várias coisas juntos, éramos modelos pra nossos amigos e parentes.
Mas Júlio voltou a estudar e conheceu uma menina muito mais nova que ele, acabei descobrindo e ele sem alternativa foi morar com a piriguete, não quis mais saber de mim nem da minha família e até da filha se afastou, deixando de pagar pensão e quando vinha visita-la era 15 minutos no máximo.
Eu me revoltei com a situação, no começo só chorava, depois vi que era inútil, ai comecei a me arrumar, a colocar roupas mais curtas e decotadas, queria chamar a atenção e consegui.
Era paquerada na cara dura por vários homens, sorria pra todos, era super simpática com qualquer homem que aparecia, minha família dizia que eu estava despeitada e com o orgulho ferido.
Pode ser, só sei que comecei a gostar e a sonhar muita putaria com homens, imaginava as coisas mais loucas.
Como estava desempregada vendia pdtos de beleza e como tinha muito tempo livre minha mente foi viciando em sexo.
Tinha uma obra perto de casa e o mestre de obras, Sr Lima, era já um sr. de 45 anos, bem apanhado no geral, começou a me cantar e eu acabei tomando coragem e parei um dia pra conversar…fizemos amizade e ele sempre vinha tomar café em casa, ele era casado e isso me despertou um desejo enorme de fazer igual tinham feito comigo.
Fabi que o conheceu gostou muito dele e sempre perguntava se ele era meu namorado, claro que eu falava que era só meu amigo, que mamãe não ia querer saber de ninguém por um bom tempo.
Ela gostava dele, várias vezes vi ela conversando com ele, percebia que sem querer ela se insinuava pra ele, agachava pra aparecer os peitinhos, sentava de forma a ficar com as pernas abertas pra ele ver, tudo naturalmente, sem maldade creio, só instinto de mulher despertando nela….
Comecei a ficar mais oferecida a cada dia, ele foi entrando no jogo e um dia a tarde, nos beijamos como loucos na cozinha…aproveitei que Fabi estava na escola e sem medo fui me entregando aquele homem quase um estranho pra mim.
Ele era rude, as mãos ásperas dele começaram a tirar meu vestido, meus peitos ficaram a mostra ele caiu de boca e chupou com desejo que nunca tinha visto…as mãos dele avançaram pela minha coxas e senti elas por baixo da calcinha…os dedos enfiados na minha bucetinha me deixando louca.
Quando menos esperava estávamos os dois pelados na cozinha….eu vi o pau duro dele, enorme e sem pudor apalpei com minhas mãos apertando aquele membro grosso…ele gemia…e safadamente empurrou minha cabeça em direção a sua pica.
Eu agradeci, era o que queria…e cai de boca, adoro chupar…lambia as bolas e o saco, os pelos, tudo, ele gemia e batia com o pau na mina cara.
Já me chamava de puta e socava o pinto na minha garganta….eu adorava ouvir ele me chamando de puta…apertei o pau dele com a boca e senti o gozo dele jorrar abundante na minha garganta…ele urrava como louco….
mal tive tempo de engolir a porra toda ele violentamente me jogou sobre a mesa, fiquei de bruço, as xicaras e a garrafa de café caíram no chão…fique apoiada na mesa e minha bunda virada pra ele…ele começou enfiando os dedos na buceta e no cú, cheirava os dedos e batia na minha bunda.
Eu pedia meu macho come meu cú come gostoso…é claro que ele não resistiu a minha bunda enorme todinha pra ele desfrutar…caiu de boca nela e chupou meu cú e minha buceta por trás.
Eu já tava toda gozada…ai senti o pau dele roçar meu cuzinho…sem delicadeza nenhuma ele socou com força…eu só gritava: ai que gostoso, me come….
os vizinhos devem ter ouvido nossa putaria de tanto que gritávamos….ele socou num vai e vem eletrizante, eu gemia gozava,gritava…me sentia suja e puta…mas era bom demais.
Sentia o calor dele sobre meu corpo e as mãos dele na minha cintura e as vezs no meu peito….ele deslizava as mãos enquanto me comia e me deu os dedos e eu chupei um por um enquanto sentia o pau dele crescer cada vez mais dentro da minha bunda….
Ai senti ele gritar e mu cú se encheu de porra quente….gozei como louca tb…
Mal percebi que já estava quase na hora de Fabi chegar….me aprumei rapidamente e beijei aquele macho sem parar, ai ele pediu pra tomar um banho…eu levei ele ao banheiro louca de vontade de ficar mas fui pra cozinha e arrumei a bagunça….Ele saiu do banho, pelado…eu dei uma toalha pra ele e ele se enrolou, falei agora vou tomar um banho também minha filha logo chega.
Eu fui pro banho e quando sai, encontrei ele e Fabi na sala, Fabi de uniforme tinha acabado de chegar….Ele ainda só de toalha… e ela pasmem sentada no colo dele, via que ela mexia a bundinha de modo a sentir o pinto dele que com certeza tava duro…
ela falou oi mamãe….o seu Lima falou que vcs estavam tomando café e a garrafa quebrou e sujou vcs, por isso ele teve que tomar banho aqui…
Sim filhinha falei, mas no fundo sabia que ela não acreditou nessa estória.
Eu estava gostando de ver a cena, mas tive coragem pra mandar ela embora….falei agorava vai se trocar e tomar um banho tb….seu Lima já vai embora.
Ela então levantou do colo dele e ele falou não ganho nenhum beijo dessa princesinha adoravél…ela voltou e apoiou as mãos nas coxas dele e beijou ele no rosto…
ele brincou: se vc crescer rápido eu acabo me casando com vc…ela riu saliente e saiu rebolando a bundinha….
Depois ele foi embora mas uns dias depois repetimos a dose…ele acabou ficando mais tempo.
Eu tinha conversado com Fabi, queria explicar algumas coisas pra ela, mas ela como todas meninas da idade achava que já sabiam tudo….acabou me deixando sem fala.
Disse que tudo bem, que eu era bonita e chamava atenção dos homens era normal ter um namorado ou ficante….
Acabamos tendo uma conversa de mãe e filha sobre tudo e ele me confessou que tinha desejos por homens, eu perguntei se tinha algum menino na escola ai ela me disse que não que não gostava de pirralhos, que gostava de homens com sr Lima…mais velhos.
Falei pra ela sobre o perigo de ela gostar de homens mais velhos e que ela era muito novinha, muitos só iriam se aproveitar dela…etc…
Mas ele disse que não ligava que era esperta e tb não queria nada sério, só gostava de ficar perto deles, se sentia protegida.
Perguntei o que ela achava do sr Lima ela disse que gostava dele, que ele era bom e gostava de fazer carinhos e ela amava isso…Perguntei quando ele tinha feito carinhos nela, ela disse que um dia quando eu tomava banho e ele tava na sala ela sentou no colo dele e ele colocou as mãos por dentro da blusa dela e apalpou seus peitinhos.
Eu fiquei boba, mas tava excitada ouvindo.
E perguntei se ela tinha feito algo: ela disse que gostava de acariciar os peitos dele e ele deixou ela tocar de leve no pinto…ela riu essa hora…e se envergonhou…eu cortei a conversa…estava molhadinha.
Depois de uns dias voltei a conversar com ela, tinha me vindo uma ideia maluca na cabeça, falei que tinha convidado o Sr Lima pra comer uma pizza conosco, ela ficou toda contente.
Falei pra ela se arrumar bem bonita, que ia ser uma noite maravilhosa.
Depois eu falo como foi nosso noite e o que eu planejei.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,54 de 26 votos)

Por #

15 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Pedro J.

    que inveja do sr. Lima

  • Responder Anônimo

    Isso mesmo sua piranha ensina a sua putinha a agradar macho, mostra pra ela que a obrigação dela é abrir as pernas pro macho comer, que ela tem que dar a buceta e cu pra qq macho que quiser. Vocês cadelas nascem com buceta pra levar rolada. Prostitutas safadas que nem vocês tem que ter a buceta esfolada todo dia. Leva essa putinha na obra e deixa todos os trabalhadores fiderem ela, um monte de macho safado socando a rola em todos os buracos dessa puta que vc pariu, eles vão arregaçar ela inteira, depois vc leva ela pra casa vazando porra de um monte de macho que vcs não sabem nem o nome.

  • Responder Carlos cruz

    Que delicia eu sinto muito tesão por criança menina quero comer uma bucetinha infantil cel ccruzsilva

  • Responder mamãedalu.

    mamães aproveitem se tiverem filhas novinhas…deixem elas gozarem a vontade
    Incentivem, eu faço isso com a minha filhinha.

    • Carlos

      Interessante são de onde

    • Clayton

      Gostaria muito de ajudar vc

    • Moura

      Tem contato ?

  • Responder Maxx!

    Uauuuuu
    Q conto bem detalhado heim! Duas putas, adorei

    Me chamem @nalabuta
    [email protected]

  • Responder Karinhoso

    Adorei seu conto Marlene, me chama no email para conversarmos, tenho 40 anos…
    [email protected]

  • Responder De bem com a vida

    Ola. adorei esse inicio. Gosto de mulher como vc. Coisa de mulher inteligente, Meus parabens, espero que possamos trocar mensagens, Meu skype carinhoso93. se desejar falamos no zap . vc de onde mesmo?

  • Responder @escritorsecreto

    Maravilhosa descrição dos fatos. Ansioso para continuação.

  • Responder Kanekyti

    Cadelinha_Baby

  • Responder Nonsense

    Pelo jeito Fabi vai entrar na rola e dar como a puta da mãe

    • Luiz pp

      Gostaria de conversar com você, seu conto me deixou louco com a sua safadeza. [email protected]

  • Responder Karinhoso

    Otimo e excitante conto…
    Me chama no email para conversarmos, tenho 44 anos
    [email protected]