# #

A Putinha do Supermercado com Nome de Atriz Pornô

506 palavras | 1 |3.67
Por

Pâmela é uma leitora deste site, a conheci através dos meus contos onde por algum conto que escrevi ela me mandou um email falando que gostara muito deles e a adicionei posteriormente no Instagram.

Meu email é [email protected] (é um email feminino mas sou homem na casa dos 20 a 35 anos…)

Conversa vai, conversa vem, notei ela uma mulher super madura, elegante, porém, receosa em muitas coisas e, infelizmente, carente.

Solteira, sem tempo, trabalho longo, jornada dupla, mãe… Homens frouxas… Ela tinha muito pouco tempo pra se satisfazer e poucas pessoas mexiam com seu psicológico.

Porém, ela é uma mulher super interessante e que precisa ser descoberta, segundo ela só um cara até então mexeu com seus instintos…

Conversamos pouco, mas o que conversamos já notei o quanto ela é carente de rola, de sexo, de selvageria, de gozar gostoso… Ela fica com tesão com facilidade…

Marcamos de ligar a webcam pra mim conferir se ela não era mais um fake se passando por mulher só pra ver a minha rola…

E não, era uma mulher mesmo. Boca carnuda, sexy, seios fartos e um pouco acima do peso e, ela mesmo tem vergonha disso, mas isso me excita muito e não ligo…

Confesso que só queria ver em um primeiro momento se ela não era uma fake, mas, ela já ligou a webcam toda putinha, bem gostosa, sem qualquer vergonha… E olha que disse que nunca tinha feito nada do tipo e que era tímida…

Mas as minhas palavras já tinham mexido com ela e ela estava já ensopada. Sua expressão já mostrara um semblante de tesão… Sua mão já estava na buceta, não era difícil a deixar com tesão…

Ela tinha muito tesão pra pouca gozada que tinha dado na vida até então… Quem a encontrar pessoalmente e ter o privilégio de transar com ela, vai com certeza sofrer na bucetinha dela, é mulher pra sexo há qualquer hora e local.

Mas tem que saber instigar ela, deixá-la com a buceta efervescente…

Brincamos um pouco até então aquele dia na webcam, eu mostrando a minha rola e ela se tocando gostoso… Fizemos mais umas 2x e paramos por enquanto pois, como disse, ela não tem muito tempo e também, anda perguntando muitas coisas pessoais sobre mim e, como sabem de outros contos… Não falo nada relacionado a mim de vida pessoal e muito menos peço qualquer dado ou rosto também da pessoa do outro lado, nada mais justo…

Mas adoro conversar com ela e deixa-lá excitada durante o dia enquanto ela está trabalhando em um supermercado… Ainda acredito que iremos fazer muitas coisas se ela não ficar distante e se abrir mais comigo sem medo de gozar e ser feliz…

Só quero dar tesão a quem fala comigo…

Caso queira falar cmg segue meu email, é um email feminino mas sou homem na casa dos 20 a 35 anos… ([email protected])

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,67 de 3 votos)

Por # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mestre

    Qual é o site?