#

A amiga da minha filha

1179 palavras | 8 |4.54

Sou casado tem uns 10 anos minha filha veio antes do casamento, hj tenho 34 e com 20 ja era pai, na época era muito maluco, mas com a menina me concertei bem como minha esposa viramos um casal normal que trabalha e busca o melhor para família. Mas sempre fomos viciados em sexo e transamos sempre desesperadamente todo dia. Quando minha filha começou a trazer amiguinhas do colégio para casa fazer deveres aqui nunca fiquei de olho nelas, tratava bem levava em casa as vezes, ou os pai vinham buscar, eu e minha esposa temos um pequeno negocio e nos revezamos nele ate vir essa pandemia de merda, entao dispensamos uma galera e quadro reduzido.
Isso é so para vcs terem noção de como aconteceu, com a necessidade de sair diminui passei a ficar em casa e minha filha sempre recebendo suas amiguinhas ela tem uma amiguinha mais velha de 14 e minha filha tem 12 para 13.
Iris é uma menina bem bonita, pernas grossas para idade, peitinho durinho, corpo com belas curvas, minha filha é mirrada perto dela, cabelo preto grande e um sorriso safado.
Tudo começou com essas visitas as vezes ela vinha e dormia aqui com minha filha e pandemia eu e minha esposa transamos feito loucos todo tempo, bastava uma folguinha e estávamos ali feito dois coelhos, um belo dia íris pediu para ficar aqui no fim de semana, falamos com seus pais e eles deixaram, afinal ja eram amigas de longa data.
Sexta a noite eu e minha esposa engatamos numa trepada violenta, gozamos muito e apagamos, na manha de sabado acordei cedo e comecei a preparar o cafe, ai meu pesadelo começou, Iris acordou cedo para ir no banheiro como ela achava que ninguém estava acordado levantou de calcinha e foi no banheiro de fora, que passava na cozinha da casa ela passou e eu vi aquela delicinha semi nua meu pau ficou duro. Ela passou deu bom dia Tio e foi ao banheiro voltou sentou na mesa bocejando e comentou
-Eita tio, parece que o senhor judiou da tia ontem hein?
-Ta falando do que guria?
– Deu pra ouvir os gemidos da tia, a gente ouviu ela falando coisas hahaha
-isso nao é da sua conta pestinha – a mesa de vidro dava pra ver a calcinha dela e ela abrindo e fechando a perna balançado.
-A tio qual é, eu sei que vcs sao bem ativos na cama, sempre ouvi vcs ai fodendo alto
-Olha a boca menina. Meu pau tava ficando duro e eu tentando disfarçar, quando do nada ela solta
– agora to entendendo pq a tia geme alto, essa pirocona ai deve doer quando entra
– o guria da pra ficar quieta e parar de falar bobagem!?
– ela ta dura porque tio? Ta olhando pros meus peitinhos ou pra minha bucetinha?
-To olhando nada nao sua pirralha r vai pro quarto dormir ta muito cedo ainda
-Sem stress tio, to indo ela levantou foi ate a porta virou e mostrou os peitinhos deu um sorriso e saiu correndo.
Passamos o dia com minha filha e minha esposa teve que ir fechar umas contas na empresa, a tarde era so minha fui pro escritório uma sala que usamos para trabalhar em casa, estava la concentrado e derrepente sinto uma mão no meu peito me alisando minha esposa tem essa mania de fazer isso, nem pensei puxei e dei um beijo, quando abri os olhos era a putinha da iria sorrindo malandramente.
-Filha da puta que ta fazendo guria? Pensei que tava no quarto com a Marcela
-Ela dormiu, eu tava sem sono vim ver meu tio favorito, sentou no meu colo e meu pau dominou.
-Entendo pq a tia é gamada no senhor, beija bem e tem um baita pirocao que ta cutucando minha bucetinha.
-Menina sai de cima, tu vai me meter em encrenca
-Pode chamar minha bucetinha de encrenca se quiser, e mete nela hahaha
-E eu la vou me ferrar
-Ihh tio nao sou cabaço, so talvez nao aguente esse picao como a tia, mais eu quero sentir e o senhor vai me dar.
Peguei ela pela cintura levantei botei sentada na mesa, perdi a cabeça, levantei a saia dela puxei a calcinha pro lado, e chupei aquela bucetinha branca tesuda ela gemia gostoso, chupei uns minutos levantei ela joguei no sofa falei
-Fica ai ja volto.
Sai fui olhar o quarto da marcela tava apagada, mandei msg pra mulher e ela iria demorar, passei no quarto peguei o KY voltei a putinha estava deitadinha no sofa
Tirei a pica preta pra fora e falei
-chupa, ela se assustou vamos putinha chupa, nao era isso que queria
Ela se recompos e começou a mamada deliciosa, chupou gostoso, era uma boa boqueteira, virei ela de 4 no sofa dei um tapa na bunda dela ela assustou apostei a pica na entrada da bucetinha minuscula dela, e soquei ela fraquejou tentou escapar e perdeu o ar!
-Vai fugir nao piranha, queria pica agora vai ter, ficou provocando vou foder essa tua bucetinha como esse muleques nunca foderam.
-Calma tio! Ai ai ai ai teu pau é grande!!!
-Calma o caralho, dei um tapa na bunda e ela retesou e eu soquei gostoso segurei na cintura e comecei a martelada na putinha ela virava os olhos gemia se babava toda tava toda entregue peguei o KY besuntei o dedo, e soquei no cu dela ela tentou tirar meu dedo, segurei a mao dela e fiquei socando dedo e pica nos buracos dela. Ela toda dominada de 4 com um dedo no cu e uma pica na buceta deu uma gozada fenomenal, molhou meu pau todo, se arriou no sofa montei em cima, e preparei a enrabada ja tava na merda mesmo.
Apontei o pau no cu deu uma cuspida e peguei mais Ky e fui empurrado ela acordou da gozada com a cabeça entrando, tapei a boca dela e continuei socando, ela tava lagrimando e tentando escapar, soquei soquei ate gozar dentro do cu dela, levantei ela no colo levei pro banheiro.
Botei ela no box tirei minha roupa liguei o chuveiro e botei ela pra mamar iria gozar na boca dela. Fodi a boquinha como se fosse a buceta gozei e fiz ela engolir. Sai do box e mandei ela terminar o banho.

E ficar quieta a putinha tava toda dolorida mal conseguia andar, chegou no quarto se vestiu e foi dormir na cama da minha filha, a noite minha esposa chegou, e viu ela andando meio mancando, ela disse que estava com dor nos quadris pq tinha escorregado no banho. Minha esposa nem ligou muito pois estava exausta, deu um remedio pra ela e disse para descansar. Ela me olhava torto a noite toda, domingo passou e na segunda perguntei se queria carona para casa, ela disse que sim minha filha foi junto então não tentei nada.
Na outra sexta ela veio novamente, perguntou se poderia ficar o fds em nossa casa, disse que tinha sido divertido da ultima vez

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,54 de 37 votos)

#

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Patrão

    Conto bom sem enrolação !!!! Menina nova com fogo no cu realmente é difícil de apagar. Agora quero ver a continuação , espero que siga a mesma pegada.

  • Responder marcus

    Você tem.mt.sorte parabéns

    • Arrombador de buceta jove

      Que delicia , de conto , uma sorte dessas
      É 1 na vida de um homem

  • Responder grande

    Kkkkkkkkk parece ate com T……amiguinha da minha filha, ta viciada na minha pirocona, mas eu judiei mais.

  • Responder Vantuil OB

    Uma novinha é tudo de bom. Se tiver continuação, estou esperando

    • E.stupra.dor

      Sempre é bom enrabar essas mini putinhas

  • Responder Bruno

    Delícia de conto!! Adoro contos assim… [email protected]