# #

Tive que fazer um troca-troca de primos

676 palavras | 0 |4.20
Por

Meu primo e comedor trocou minha bundinha por uma bucetinha de prima…..

Meu apelido na infância era boneco, exatamente por ser bem branquinho, com cinturinha e ter uma bundinha bem redondinha. Isso lá no começo dos anos 70. Já contei que fiz muito troca-troca com meus primos nesta época. Na verdade por ser mais novo e mais inocente acabei dando muito mais (quase sempre) do que comendo.
Tinha um primo que foi o primeiro e o que mais me comeu , que já contei aqui me enganou nos primeiros troca-troca, depois ganhou meu cu no jogo da velha, depois me ensinou a brincar de papai -mamãe. Enfim ele dava sempre um jeito de comer. E eu acho que inconscientemente sempre dava um jeito de oferecer minha bundinha para ele .Para facilitar vou chamar de primo Paulo.
Um dia recebi na minha casa outro primo , vamos chamar de primo Gilberto. fomos brincar de lutinha e ele sempre me encoxando. No começo achei que era natural, mas aos poucos vi que ele só queria me encoxar e passar a mão na minha bunda. Depois de um tempinho ele fez a proposta.
—–Vamos fazer um troca-troca?
Aceitei na hora e fomos lá no fundo do terreno da minha casa onde tinha um espaço atrás da garagem que ficava bem escondido.
Chegando lá ele foi logo dizendo:
—–eu como primeiro. Eu já estava acostumado a dar sempre a bundinha por primeiro mesmo, então nem estranhei e fui logo baixando meu calçãozinho.
Ele baixou botou o pintinho para fora e foi logo me comendo. me comeu um pouco e foi pedindo.:
—–rebola um pouquinho, sei que tu gosta. Reagi , estranhando a colocação:
—–eu? como assim?
—–O primo Paulo falou. Ele disse que eu podia ässumir ¨tua bundinha , que agora que ele estava comendo a bucetinha da prima Rosa , ele ia dar um tempo da tua bunda.
Fiquei espantado e falei enquanto ele continuava a bombar na minha bundinha.
——-O que o primo tá comendo a Prima Rosa?
——-Sim verdade . Ele me disse que pegou ela duas vezes . A ultima na cama dela . Ela ficou peladinha e ele meteu na bucetinha dela.
——Bah…que legal. E tu pegou alguma prima?
—–Não ainda não. Por isso foi ter que ficar pegando tua bundinha mesmo.
—– Mas nós estamos fazendo um troca-troca. depois é minha vez.
—–O primo Paulo falou que era só eu passar a mão na tua bunda que tu ia dar para mim. Não tem nada de troca-troca, ele disse que tu já estava acostumado a dar.
Fiquei indignado , que sacanagem do primo Paulo ficar contando essas coisas. Ele me comia sim , mas não precisava ficar contando, alias ele tinha jurado que não contaria nada para ninguém.
Agora o primo Gilberto ia querer me comer sempre também. Tinha que tomar alguma atitude, senão ia parecer que eu era fácil, ou era viadinho. Então ainda rebolando falei:
——Mas tu vai deixar pelo menos eu passar a mão na tua bunda agora?
—–Tá bom , pode passar . disse ele tirando o pau da minha bundinha.
Me virei e passei a mão na bunda dele. Não pude deixar de reparar que o pauzinho dele ainda estava durinho.
——Teu pau ainda está durinho. Tu quer colocar mais um pouquinho na minha bunda. Eu deixo mas promete que não vai contar para ninguém?
——Claro que não conto, vira aí que boto mais um pouco.
Entrou fácil, ele deu mais umas estocadas e parou. Deve ter gozado, mas como muito jovens era só uns pinguinhos.
Então coloquei meu calção e disse:
—–se tu continuar deixando eu passar a mão na tua bunda e continuo deixando tu botar um pouquinho na minha bundinha .Mas não pode contar para ninguém….
—–Combinado.
Voltamos a brincar. Parece que eu ia ter que fazer uma troca-troca de primos, mas pelo menos o primo Gilberto deixava eu passar a mão na bunda dele. O primo Paulo só me comia
Acho que estava no lucro….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,20 de 15 votos)

Por # #

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos