# #

quando flagrei meu irmão com a filha da vizinha e também quis

620 palavras | 3 |3.55
Por

quando muda-nos de cidade e flagrei meu irmão fudendo a filha da vizinha e fiz chantagem para ele me fuder também

depois de um tempo depois #eu e meu irmão na inocência mudamos de cidade onde morava uma vizinha que tinha uma filha e a nossa mãe pagava ela para ela tomar de conta da gente.
um certo dia eu tava brincando com a minha irmã mais nova e fui para a sala para assistir tv e escuto uns gemidos do lado de fora da casa e vou lá bem devagar para ver o que estava acontecendo e vejo a garota de pernas aberta em pé e meu irmão metendo o pau dele dentro da bucetinha dela e ele ficava penetrando nela e eu fiquei muito excitada vendo aquilo, logo tive uma ideia pois também estava com vontade e fazia tempo que a gente não brincava de triscar mais desta vez eu ia querer que ele não somente triscasse mais penetrasse tudo dentro da minha ppk.
então eu coloquei o meu plano em ação e flagrei os dois, cheguei e dei uma supresa neles que ficou de nas mãos e ela toda sem jeito foi logo se vestindo e eu fiquei falando, eita vou contar para mamãe e eles ficaram sem graça e eu não de dizer eita vou contar vcs vão apanhar.
logo ele véi oferecer coisas para eu não contar
– maninha por favor não conta, o que eu posso fazer para vc não falar nada.
– Eu disse quero que vc faça o mesmo comigo e ele aceitou de primeira.
– mais quero que vc faça na frente dela para ela ver que vc também faz comigo.
ele reluto até que aceitou e falou que ia falar as condições para ela.
então marcamos em um igarapé que ficava perto de casa. No dia combinada fomos nós 3 tomar banho no igarapé e tinha um buraco onde a mente se escondia dos nossos pais, então ficamos neste buraco e logo ele colocou a pau para fora e pediu para eu afastar a causinha para o lado, eu logo obedeci e ele veio com o pau dele duro para penetrar cuspido na mão e lubrificou o pai dele e a minha ppk e veio penetrando e entrava com dificuldades mais ele foi metendo bem devagar e a namorada dele ficava só vigiando para ninguém pegar a gente. e ele me deixou em pé igual ele tava fazendo com ela eu afastava a causinha para o lado e ficava em pé de pernas abertas e ele penetrando dentro da minha ppk eu tava achando muito delicia ele metendo em mim ficava sentindo sensação que eu tava perto de. gritar de prazer e ele também gostando de penetrar dizendo que tava muito gostoso e ficava penetrando loucamente e a garota dele falando para nós terminar logo, pois poderia chegar alguém e eu tava gemendo muito. e ficamos nesta posição até ele gozar dentro da minha ppk ele gozou e continuou penetrando chega escorria na minha causinha e ele continuo até gozar mais uma vez ficamos bastante tempo assim que quase dava câimbras nas nossas pernas de tanto eu ficar em pé de pernas abertas e ele foi muito gostoso depois pulamos no igarapé e continuamos tomando banho. a garota dele ficou me perguntando se eu tinha gostado e a minha cara não negava e ela dizia e bom né ele mete gostoso e marcamos de um outro dia quando nossas mãe saísse a gente fazer no quatro dela onde ele ia ter que meter em nós duas ao mesmo tempo. depois conto tudo como que aconteceu.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,55 de 11 votos)

Por # #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Rafaella

    Legalzinho…

  • Responder Ivinho

    Que merda…
    Mais um lixo de conto, escrito por um ANALFABETO FUNCIONAL.
    Não dá…não existe a menor possibilidade de ler esta porcaria, tamanha quantidade de erros.

    • Junio

      eu gostei, a falta de inteligência é maior de quem não sabe interpretar e ver que é uma garota bem nova que está escrevendo do que de um jumento que está lendo.