# # #

Feriado com uma sobrinha neta 4 – Gran Finale

2395 palavras | 6 |3.36
Por

Fui até o banheiro e peguei um frasquinho de KY que usava as vezes com minha esposa… Ela, deitada na cama, olhando o frasco na minha mão

Olá pessoal, se quiserem entender melhor, leiam os contos anteriores, FERIADO COM UMA SOBRINHA NETA, FERIADO COM MINHA SOBRINHA NETA 2 e FERIADO COM UMA SOBRINHA NETA 3
Fui até o banheiro e peguei um frasquinho de KY que usava as vezes com minha esposa…
Ela, deitada na cama, olhando o frasco na minha mão: -O que é isso tio?
Eu: -É só um lubrificante, para amenizar a dor no seu cuzinho meu amor!
Ela, falando meio apreensiva: – Ta!… Mas confesso que estou com um pouco de medo!
Eu, vendo a preocupação dela: -Lika, tem certeza disso? Olha, depois fica gostoso, mas no começo dói um pouco!
Ela: -Eu sei tio! Estou com um pouco de medo mas quero que seja você! E hoje!
Eu: -Ta bom então, vem cá!….
Deitei ao lado dela, passei uma perna dela por cima comecei a passar a cabeça do meu pau na bocetinha dela desde o grelinho, já saliente de duro, a bocetinha ensopada e indo até o períneo e voltando; Fiquei passando o pinto assim por alguns minutos, até ela começar gemer e balbuciar, já perdendo o controle, coisas como: -Aiiinn tio! Mete um pouquinho! Põe um pedaço dele dentro da minha boceta tio! Ela quer!… Ela quer tio!… Ela esta piscando muito! Tio, você sabia que viciou minha xotinha em pau?… sabia?… Agora ela vai querer seu pinto gostoso dentro dela sempre tio!… Ai que delicia tio!… Põe logo tio!… mete em mim!…
Eu: -Você quer? Quer minha pica dentro da sua bocetinha? Quer que eu soque gostoso nela? Você vai rebolar no meu pau gostoso? Vai?
Ela? Eu vou tio? Mas mete por favor!…. Eu preciso gozar um pouquinho!
Eu castiguei ela mais um pouquinho, batendo com o pau no grelinho dela, fazendo ela se contorcer na cama e então fui enfiando devagar mas sem parar meu pau na bocetinha apertadinha dela, sentindo as paredes dela abraçando e piscando no meu cacete.
Quando cheguei até o final, eu fiquei parado, forçando o pinto la no fundo e comecei a siriricar o grelinho dela; Ela soltou um grito: -Haaaaaiiiii! Tio! Filha da putaaaaa!… Assim eu morro tio!…. Ai que gostoso!… Meu Deus que delicia!…. Tio, soca, por favor!…. mete!… Eu comecei a fazer movimentos de vai e vem e ela foi ao delírio total: -Tioooo!.. Ainnnn!… isso tira e põe!…. … tira e põe!.. … tira e põe!.. Tira e põenheeeeeee!!! Vou gozar!! E só grunhiu por uns minutos contorcendo o corpo: -Huummmmmmmm!…. Hummmmmmm!…. Huummmmmmmm!…. Hummmmmmm!…. Huummmmmmmm!…. Hummmmmmm!….
E soltou o corpinho com a perna sobre a minha e em seguida forçou meu pau duro pra fora da sua bocetinha ainda piscando!
Ela, voltando a respiração normal: -Tio, quando eu penso que meu orgasmo não poderia ser mais forte do que os que já tive você me faz isso, quase me mata de gozar!
Eu: -Minha princesinha, só quero te dar prazer!…
Ela: – Essa piroca ainda esta latejando tio! precisa gozar também! E levantou mais a perna sobre a minha deixando seu cuzinho bem na reta do meu pau!
Mas sabendo que só com a lubrificação da sua bocetinha e do meu pau não seria possível, e poderia por tudo a perder, estiquei a mão, peguei a pomada, espremi uma boa quantidade na mão, passei na portinha do cu dela e fui empurrando um dedo, lubrificando seu cuzinho todo!
Ela fechou os olhinhos e no silencio do quarto eu só ouvia ela fazer: -Shiiiihhh!! Shiiiihhh!!
Eu comecei a fazer movimentos de vai e vem dentro do seu cuzinho e depois de um tempo enfiei outro dedo e repeti o ritual, lubrifiquei um pouco mais e fazia movimentos de vai e vem, torcia os dedos dentro do seu cuzinho fazendo ela gemer de prazer, mas fazendo um pouco de careta de dor ou incomodo.
Parei, levantei, me posicionei entre as pernas dela, enfiei novamente dois dedos em seu cuzinho e comecei a chupar seu grelinho; Ela deu um grito: -Aiiii tio! que delicia! Chupa!…. Ai que gostoso!… Chupa vai!… Isso. Enfia o dedo no meu cuzinho tio! Ta gostoso….. Ta gostoso…. Nem dói mais sabia? Olha como ela pisca no seu dedo tio!.. Ai que delicia!… Eu vou acabar gozando com meu cu no seu dedo tio!…. para um pouco, eu quero sua piroca no cu tio! põe agora por favor!…. Ainnnnh!! Eu não quero gozar assim tio! Mas se continuar metendo com o dedo nele assim e chupando minha boceta desse jeito eu gozo tio!.. Paraaaaaaa!!! Shiiiii!….
Eu parei de chupar, fui tirando os dedos devagar do seu cuzinho, sentindo ele dar mordidinhas em meus dedos!
Coloquei ela de pernas abertas, deitada de frente na beirada da minha cama KING, encostei a cabeça da pica no cuzinho e forcei um pouco; Ela contraiu o cu e eu a tranquilizei mandando-a relaxar o máximo que pudesse! Ela assentiu com a cabeça e eu forcei novamente e num ”FLOP” entrou a cabeça e ela gemeu, mordendo o próprio braço de dor! Eu comecei a massagear sua bocetinha e fiquei parado com a cabeça la dentro acalmando ela. Dobrei devagar o corpo sobre o dela e comecei a beija-la e acariciar o bico do seu peito, falando: -Calma meu tezãozinho, se você quiser paramos ta!? Não quero machucar você ta bom!?
Ela: -Não tio!.. Aiii!.. Eu… não vou… desistir! Com cara um pouco de dor! –eu quero sentir tudo dentro do meu cuzinho! Sonhei com isso e não vou desistir agora! Só Espera eu me acostumar!
Eu: -O tempo que você precisar meu amor, daqui eu não saio! Rs…
Ela, me acariciando o rosto e abrindo um sorriso com misto de dor: -Não sai mesmo!.. eu não vou deixar tiozinho!
Depois de mais alguns segundos, meu pau estava estourando de tesão, ela pegou a pomada, esticou o braço e besuntou com a mão meu pau e as bordas do cuzinho dela e falou: -Entra mais um pouco tio!
Eu forcei um pouco mais e entrou a metade, em fiz um movimento de vai e vem sentindo as paredes do seu cuzinho piscar, mastigando meu pau; Cerrei os dentes para não socar tudo de vez e derramar toda minha porra la no fundo daquele cuzinho na hora!
Ela deve ter pressentido minha vontade, colocou as mãozinhas na minha barriga e falou: -Não!… para!… para!… para!… Aiaiaiai!!
Eu me assustei e tirei de uma vez o pau de seu cu!
Ela deu um gemido forte: -Oooohhhh! Shiiiihhhh!! Tiooooo!! Por que tirou! Tava ficando gostoso! Enfia de novo vai!…
Eu: -Achei que te machucou!
Ela: -Não meu gostoso! Fica parado dentro um pouquinho!
Eu aproveitei, besuntei minha pica um pouco mais com KY, e comecei a enfiar de novo e dessa vez, entrou com mais facilidade e quando estava na metade eu parei!
Ela: -Enfia mais tio, ta gostoso! Eu então empurrei de vagar até o fim!
Ela: -Shiiihh! Ai tio! Entrou tudo! Mexe de vagar! Isso!… assim!… mete tio!… um pouquinho mais forte!…. assim!….. Issooooo!… Ai tio!… Ai meu cu!… o Sr esta arrombando meu cu tio!… Ai que delicia, o sr esta fazendo de mim uma putinha completa!… Fala que sou sua putinha!…. Fala que sou a putinha do titio!…
Eu: -Sim! Estou arrombando seu cu! Vou fazer de você a putinha do tio! Abre bem essas pernas! Da esse cuzinho de putinha pro tio da!? Engole minha pica com esse cuzinho gostoso!
De vagar, enquanto socava a pica no cu dela enfiei um dedo dentro da sua bocetinha, achei o ponto G e comecei a massagear a parede porosa da sua bocetinha por dentro!
Foi como se eu acionasse o detonador de uma bomba!
Ela começou a rebolar desordenadamente no meu pau e no meu dedo balbuciando: -Tio!… tio!… Tio!… tioooooo!…. Uiiiii caralho eu vou morrer!…. O sr vai me matar tio!…. Eu vou morrer na sua piroca tio!… vou gozar!… !… vou gozar!… !… vou gozar tioooooooo!.. Uuuuuiiiiiiii que delicia!….. Vou me desmanchar toda no seu pau!! Uuuuuuuuiiiieeeeeeee!!!
O cuzinho dela piscava de uma maneira tão forte no meu pau que tive que empurrar forte meu quadril contra a bundinha dela para o pau não ser expulso daquele cuzinho!
Ela retesou o corpo todo num gozo tão forte que o corpo dela todo tremia; Eu na hora perdi o controle e quando as contrações do cuzinho dela ficaram menos fortes, eu comecei a socar forte e falei: -Aiiii Lika, eu vou gozar no seu cuzinho meu anjinho! Ai que delicia de cu apertadinho!
Ela com as pernas arreganhadas, pôs as duas mãozinhas no meu rosto, me olhando nos olhos começou a falar com cara de tezão: -Goza tiozinho!.. Isso!.. goza dentro do meu cuzinho!… Derrama todo leitinho la dentro!… Vou te ajudar!.. olha só!… E começou a rebolar o quadril na minha pica me pedindo pra gozar: – Goza tio senão sou capaz de gozar de novo!… Quero sentir seu leitinho dentro de mim esquentando meu intestino! Vai gostoso!
Não resistindo mais, socando até o saco bater na bunda dela, eu soltei toda minha porra no seu cuzinho até ir me acalmando de vagar; deixei meu corpo cair sobre o dela, com meu pau ainda dentro do seu cu, senti sua boceta molhada e aberta roçando minha virilha, fui me refazendo da respiração acelerada e ela me abraçou tentando segurar o máximo meu pau dentro do seu cuzinho!
Mas a medida que a pica ia perdendo a consistência, ia saindo do cu; Ela tentou trancar o cuzinho mas isso só fez acelerar a saída do pau! Ela reclamou, dizendo algo inaudível, me apertou contra seu corpo deu um gemidinho gostoso e falou: -Toma banho comigo tio!?
Entramos em meu banheiro, tomamos um banho demorado juntos, ela ficava na ponta dos pés e me beijava, dizia que desde adolescente sonhava em fazer amor comigo, que passava horas se masturbando e pensando em meu pau enterrado todinho nela, na boceta e no cu, mas que nunca imaginou que realizaria esse sonho e nem que seria tão intenso e doido assim! Que queria continuar fodendo muito comigo e ia dar um jeito de isso acontecer e como somos tio e sobrinha, ninguém vai desconfiar se sairmos de vez em quando sozinhos para fazer viagens de um dia ou coisa desse tipo!
Nesse papo todo, ficamos nos acariciando embaixo do chuveiro e quando dei por mim eu estava com dois dedos fustigando a bocetinha já melada dela e ela punhetando gostoso meu pau que já estava babando, misturado com a agua do chuveiro nas mãozinhas dela!
Só nos olhamos, sorrimos num beijo frenético, levantei o corpinho dela, a encostei na parede do banheiro, embaixo da agua e deixei o pau deslizar pra dentro da bocetinha dela!
Ela: -Ainnnnh tio! Assim em pé, que gostoso!
Ela passou os braços sobre meu pescoço, se pendurou em mim, me deixando livre para segura-la pela bunda e socar forte e rápido seu corpinho de menos de 50 quilos no meu pau bem gostoso!
Ela me beijava o tempo todo gemendo e falando: -Ai tiozinho!… Eu que deixei seu pau assim né!.. Agora come tio!.. Come minha bocetinha assim com força tio!… me come como o sr quiser! Mete gostoso tio!…. Isso!… Ela é sua tio!… Essa boceta é só do meu tiozinho gostoso!… Ela quer sentir sua piroca sempre que o sr quiser! Sempre!!… Sempre!.. sempre tio!…
Eu: -Vai? Vai dar essa bocetinha pro tio comer sempre? Assim? Pra mim socar bem gostoso princesa?
Com mais algumas estocadas ela falou, pendurada no meu pescoço e me olhando nos olhos: -Tio, vou gozar!…. vou gozar de novo tio!… Não para de socar tio!… vou gozar em pé, assim com seu pinto me socando até o fundo tio! Ai tio!… ai tio!… !… ai tio!… !… ai tio!… Eu vou gosar gostoso! Sente meu gozo escorrer no seu pau tio!… ta sentindo? Ta sentindo!…
Eu: -Sim meu amorzinho! Goza no meu pau assim gostoso!… goza tudinho!
Depois de gozar ela desceu do meu pescoço meio exausta, beijou meu peito e disse: -Ai tio, acho que nesses três dias eu gozei mais do que gozei minha vida toda! Que loucura!
Sentiu meu pau duro na sua barriguinha, segurou ele com as duas mão e falou!
: -Hummm!! Vamos ter que dar um jeito nisso! Rs…
Ajoelhou, abocanhou meu pau e começou a fazer uma chupeta, sugando forte metade do meu pau e punhetando ele quando não estava na boca; eu não aguentei cinco minutos de mamada e avisei: -Ai Lika, vou gozar!… Se continuar assim eu gozo na sua boca!!…
Ela Segurou firme meu pau e sugou gostoso, fazendo movimentos nele com a língua, eu não aguentei! Enchi a boca dela de porra; Ela deixou escapar um pouco pelo canto da boca mas engoliu o máximo que deu, depois espremeu meu pau para sair o restinho de esperma que fica no canal e sugou até não sair nem uma linha de melado.
Terminamos nosso banho, liguei para um restaurante conhecido e pedi um comida pra nós, deitamos pelados no sofá e ficamos nos acariciando até a campainha tocar então comemos ela se trocou, arrumou a mochila e falou: -Tio, obrigado por me receber aqui! Amei o fim de semana, quero que saiba que não me arrependo nem um pouquinho!
Eu: -Mas já? Fica até amanha, espera sua tia chegar!
Ela veio até mim, me deu um beijo demorado, daqueles de tirar o folego, me olhou dentro dos olhos e disse: -Tio, eu não quero mais ficar sem o sr, sem esse seu pau gostoso, mas, não posso ignorar tudo que fizemos, encarar minha tia agora não vai rolar! Preciso processar tudo isso primeiro e depois a gente eu encaro ela!
Desculpa tio, eu te amo!
Virou as costas e saiu pelo elevador.
Estou aguardando um contato dela. Preferi deixar a iniciativa com ela pra não forçar a barra!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,36 de 14 votos)

Por # # #

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Rola grande

    Muito gostoso tenho muita vontade de meter minha rola na bucetinha de uma criança tel ccruzsilva

    • Novinho tarado

      Nao esquece de encher esporrar por tudo, para isso que elas servem

    • NEGRO MIKE

      Ela ja é adulta. Tem 19 anos, mas tem corpo e carinha de 15 anos.

  • Responder Cesar

    Arregaçou o cu

    • NEGRO MIKE

      Sim. E elas amam porra!

    • NEGRO MIKE

      Muito