#

Segunda foda com cadela Galgo no cio

1377 palavras | 10 |4.94
Por

A cadela estava no auge do cio e passei trabalho para dar conta. Foi alucinante. Inesquecível.

Depois do dia em que eu havia transado com àquela cadela, fiquei me sentindo mal. Achando aquilo errado, que eu poderia pegar alguma doença ou mesmo engravidado ela. Bem mais tarde fui descobrir que eu simplesmente não poderia engravidar uma cadela…
Dois ou três dias haviam se passado e, por mais que eu sentisse que o que havia feito era errado, quando pensava no meu pau lá dentro daquela bucetona, quente e molhada, isso me deixava doido. O tesão me subia e o pau ficava a mil. Chegava a doer bastante de tanto tesão mas algo que antes nunca havia acontecido, os meus testículos ficavam doloridos sempre depois que eu ficava excitado e não “tirava o leite”. Era um tesão incontrolável e por isso evitava relembrar, mas a presença frequente da cadela lá por casa era o que me incomodava e o pior é que depois que eu trepei com ela a danada ficou bem mais chegada em mim.
No terceiro dia que seguiu à transa que tive com a cadela, um sábado à tarde, lá pelas 14:00, a cadela estava de novo lá por casa, incomodando e resolvi ir para o mato para “procurar orquídeas” já que para isso eu iria bem longe e poderia ficar sozinho com a cadela, e assim foi…
Antes de sair de casa, pequei duas camisinhas e coloquei no bolso, levei uma sacola para as orquídeas e chamei a cadela do meu primo que veio correndo e bem mais alegre que jamais vi. Até parecia que sabia o que iria acontecer.
Fomos mato a dentro por cerca de uma meia hora, até ficar bem longe de casa, e eu ia brincando, inticando a cadela que por sinal, continuava com a buceta enormemente provocante mas a danada sentia meu tesão e ficava correndo ao meu redor, pulando nas minhas pernas, cheirando e vivia metendo o focinho na minha virilha, cheirando meu pau. Ela provocava e o tesão só aumentando…
Já estávamos bem longe, mato a dentro onde até o sol era difícil de chegar, quando chamei a cadela que veio feliz da vida. Comecei a acaricia-la mas já indo direto ao que me interessava, a bucetona. Pior é que eu acredito que quando a cadela está no cio, atrai o homem porque o tesão estava demais, sozinhos no meio do mato. Esfreguei um pouco a buceta da cadela e percebi que começou a ficar molhada. Coloquei um dedo que entrou bem fácil e lisinho. Saiu molhado pra caramba e isso me deixava tarado e sedento pela buceta gulosa que em segundos iria engolir todos os 19cm do meu pau.
Quando não aguentei mais de tesão, tentei colocar uma camisinha para meter logo naquela racha deliciosa e quando terminei de colocar a camisinha, só deu tempo de encostar a cabeça do pau na entradinha e dar uma leve forçada para entrar que a cadela só se firmou e se empurrou para trás. Não entrava e a bichinha ficou num movimento de pequenos pulinhos como se estivesse procurando meu pau para entrar nela. Ficou assim por alguns segundos e quando parecia que não iria entrar ela só deu uma empinadinha e começou entrar o cabeção. Sei que entrou depois que ficou molhadinho, porque depois foi bem mais fácil. Quando começou a entrar, eu só soquei. Mandei tudo para dentro e foi que é uma beleza. Puxei todo para fora e meti novamente. Fiz isso umas 5 vezes e eu percebia o quão quente era mas não estava tão apertada quanto antes, nem fazendo aquele mastigar gostoso da última vez.
Pior é que com a camisinha o cara não sente tanto e isso me incomodava. O tesão, o desejo e essa coisa louca me fez ficar doido e tirei meu pau para tirar a camisinha. Só tirei e coloquei o pau novamente na buceta daquela cadela. Ela estava soltando um líquido incolor da buceta e com leve cheiro que só deve ser para fazer o macho ficar louco para meter. Pois foi isso que fiz. Coloquei meu pau na buceta que engoliu tudo, abraçou até a base. Escondi meu pau inteiro dentro dela. Nunca esqueço que era muito, mas muito quente lá dentro. Parecia ferver e acho que era pelo tesão dela no cio. Enfim, eu meti muito nela naquela tarde. Depois de uns 4 ou minutos socando nela, eu aguentando o que podia para não gozar, a danada começou a mastigar àquela buceta e quando isso começou, eu parei de socar nela e só deixei meu pau lá dentro. Cara, era demais. Mastigava e apertava muito forte num movimento que começava na base do pau e ia até a cabeça, mas na altura da grande ficava um lugar muito, mas muito apertado e acho que é onde prende o cachorro. No início até fiquei com um pouco de medo, mas o tesão era tamanho que eu mais queria prender meu pau naquela buceta. Ela ficou naquelas contrações por algum tempo e era muito gostoso, mas meu pau estava ficando um pouco dolorido e meus testículos precisavam ejacular. Quando comecei novamente a socar, foi mais difícil de puxar meu para fora dela. Tinha meio que prendido. Foi demais.
Só puxei meu pau até quase sair a cabeça e percebi que ela estava super molhada. Comecei a meter como nunca. Meti como se fosse a última coisa que eu faria na vida! Meti até meu pau ficar ensopado, molhar meu saco e escorrer perna abaixo. Depois só percebi que a porra vinha a mil e só meti e deixei lá no fundo dela, onde era quente e meu cabeçudo não queria sair. Gozei muito. Ainda continuei socando um pouco depois disso, mas não levou muito tempo o pau começou a ficar meia bomba e tirei. Como estava de 4 atrás dela, quando saí dalí estava todo molhado de suor, sem as calças e todo ensopado com o líquido dela. Meu pau estava muito inchado e fiquei até preocupado, mas sabia que era porque ela havia “prendido” e apertado e como deixei dentro dela… Essa primeira foda da tarde tinha levado uns 20 ou 25 minutos e a cadela no máximo dava umas gemidinhas e nada de querer sair dalí. Ela gostava porque tinha quem desse um jeito no tesão dela. A buceta dela era muito grande, num vermelho escuro por fora e rosa bem forte por dentro. Era muito macia, apertada demais, o que faria qualquer um gozar fácil mas o melhor é o molhadinho que tem lá no fundo. Àquilo quando pega na cabeça do pau e dá a primeira puxada pra fora que vem molhando o canal e o cara toca pra dentro de novo, a partir daí é uma luta para não gozar, sem falar no calorão que é dentro da buceta de uma cadela no cio. Só quem comeu sabe…
Depois dessa foda, a cadela lambeu a bucetinha e ficou deitada. Eu estava exauto, vesti as calcas e fui tentar procurar algumas orquídeas.
Mais ou menos uns 40 minutos depois, a cadela veio para mim e se atracou direto na altura do meu pau. Começou a balançar o rabo freneticamente e daí eu imaginei que ela queria foder novamente. Só passei a mão na parte traseira dela e ela ficou estática, empinou a bundinha e mostrou a bucetona. Eu tive que tirar o pau, dei umas esfregadas naquela buceta e taquei pra dentro de novo, sem cerimônias, mas tive que fazer em curtos movimentos de vai e vem até ir tudo. Não tive opção a não ser fudê-la pois se ela ficasse com tesão, isso me deixaria com tesão e iria acontecer de qualquer forma e assim, transei com àquela cadela mais uma vez naquele sábado à tarde, me inclinando sobre ela, os braços por cima, mãos no chão e metendo gostoso. Assim foi até gozar e ficar com as pernas bambas. Tive de descansar depois antes de ir embora…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,94 de 16 votos)

Por #

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Sexogang

    Comecei com cadelas, mas acabei transando muito mais com vacas e dentro ou fora do cio, são bem quentes sem falar que têm a buceta grande e fofa que dá para dar-lhes pirocada forte que aguentam tudo!
    Logo contarei quando fiz pela primeira vez com a vaca “Mineira”.

  • Responder Anônimo

    Deixa o seu ai

  • Responder Sexogang

    Hoje escrevo outra experiência que tive com duas cadelas… Ambas no cio e, pense numa loucura! Elas competem entre si, sabia? Duvido dar conta (eu não dei conta)!!! Foram 6 vezes. Nem sentia as pernas!

  • Responder marcelo

    top, tbm curto orquideas, e tbm sou taradao em zoo.

  • Responder GarotoRS

    Delícia de conto.

    • Sexogang

      Estou relatando em ordem em que aconteceram, mas apenas as experiências TOP. A próxima significativa foi com duas cadelas no cio e foi PUNK. Tive uma baita surpresa…

  • Responder Sexogang

    Sim. Qual seu?

  • Responder Quero cadela

    Sou louco por uma cadela, nunca peguei nenhuma
    Quem tiver e quiser dividir sou de SP

  • Responder .

    Muito bom, fiquei louco por uma cadela agora

    • Sexogang

      Porquê não experimenta? Só vai com calma e quando no cio. No auge do cio não tem erro.