#

Se esperneando no meu colo

1425 palavras | 9 |4.52
Por

Depois de ganhar a confiança da avó investi fundo pra comer o rabinho daquela menina, as chupadas na bucetinha ela adorava, mas quando fui no rabinho

Foi com a ajuda da própria avó dela, que eu tracei o rabinho gostoso daquela menina na minha casa..enquanto sua avó fazia as tarefas de casa eu sempre brincava com ela,no começo brincava de se esconder,rodava ela, e passei a dar uns tapinhas na bunda dela sempre que passava por mim, ela ficava rido depois passei a sentar ela no meu colo ensinando lhe jogos na internet e depois de ganhar a confiança da avó e dela também, assim que chegava eu já puxava ela pra sentar no meu colo quando ela saia, dava-lhe uma tapinha na bunda, e ela e sua avó só riam, ela achava brincadeira mas sua avó no fundo já notava e sentia que o eu queria mesmo era comer sua netinha, ai ela fazia questão de me agradar mesmo, pois a menina vivia vestindo uns shortinhos curtos e justo quando vinha pra minha casa e ao chegar, logo mandava ela banhar e trocar de roupa, vestindo nela sempre conjuntinhos de saia e blusa curtinhos, sexy de mais…eu adorava ver aquela menina gostosinha assim: banhadinha e cheirosinha pra mim, em compensação eu pagava lhe um bom salário, sempre pagava salão de beleza para as duas, fora as gordas gorjetas que eu ainda lhe dava, quando vinha num sábado, assim mais cedo ou mais tarde eu tinha mesmo era que comer aquela menina..
Certo dia, depois de brincar muito com ela, chupar ela todinha, frente e verso, resolvi investir fundo pra comer o cuzinho daquela menina, toda vez que lhe chupava a bucetinha, passei a chupar o cuzinho também, lubrificava seu botãozinho, passava gel anestésico na bordinha do cuzinho, dava-lhes uma dedadas devagarzinho mas logo enfiava o dedo até o talo, deixando o cuzinho dela lisinho e faminto por pica e certo dia, sua avó disse que precisava ir no Brás, se eu podia ficar com ela até ela voltar, eu disse é claro !! quando ela veio no outro dia com a menina, umas 9hs, quase tive um troço: A menina já estava banhada, cheirosinha, com um conjuntinho de saia e blusa, curtinho, fino… meu pau deu sinal na ora…
A D. Sandra já foi dizendo, Livia, vê se não faz bagunça e obedece ao tio tá?, se não, quando eu chegar vai levar umas chineladas na bunda!! Mas você , seu Zé, pode dar-lhes umas boass palmadas se ela lhe desobedecer, essa menina anda muito malcriada…
Pode deixar, ….mal ela saiu, tranquei a porta, fui no quarto, peguei um frasco de KY, deixei ao lado do sofá..pedi pra ela ir buscar um copo de água pra mim,enquanto ela foi tirei minha cueca e fique só de camiseta e shorts, assim que ela veio, bebi lhe dei o copo ai em vez dela levar, deixou na estante….nisso eu disse: ei, é ai que põe o copo?..depois eu levo…NÃO, me levantei peguei ela, fiz pegar o copo e abraçando ela por traz a levei até a cozinha, já acochando aquele rabinho por traz, agarradinho a ela, voltamos do mesmo jeito ai lhe disse, vc fez traquinagem, agora vai levar umas palmadas nessa bundinha…senta aqui..ela sentou no sofá eu sentei ao lado e a puxei pra deitar de bruços no meu colo, ela a princípio resistiu mas eu a puxei e disse: sua mãe me autorizou lembra, se não deixar vou falar pra ela ai vc vai apanhar mais dela quando chegar… ela já se acomodou e eu PLAFT, PLAFT, PLAFT, PLAFT…dei duas palmadas em cada nádega ai já subi sua sainha dando mais palmadinhas na bundinha quase nua, pois sua avó mandou ela vestir uma calcinha pequenina, enterrada no reguinho dela ai eu e disse: vem cá que agora vou chupar esses peitinhos gostosos, sentei no sofá e fiz ela sentar de pernas abertas no meu colo, e assim, chupei seus biquinhos, apalpei sua bundinha, lhe apertava deixei ela se tremendo de tesão… depois a deitei no sofá, arranquei sua calcinha e abocanhei sua bucetinha toda..chupei seu grelinho até ficar vermelhinho ela logo virou os olhinhos e gozou na minha boca, aproveitei enquanto ela estava gozando e seu cuzinho melado,atolei o dedo todinho no cuzinho dela, dedilhei legal, preparando para comer seu cuzinho gostoso, pois já estava decidido enrabar aquela pequena gostosinha e assim o fiz, virei ela de bruços no braço do sofá, fiquei passando a rola em sua bucetinha, pra La e pra cá, deixando ela loquinha de tesão e aflita, pus a cabecinha só pra melar mais, pois eu já derramava ky gel em seu reguinho e meu pau aparava assim eu tirei a cabecinha da pica de sua bucetinha e apontei minha rola, dura como pedra bem no olho do cuzinho dela…..
Nas primeiras forçadas senti seu cuzinho se afundando para dentro.
A menina se mexeu um pouco, eu fiz mais um pouco de pressão e a cabeça começou a deslizar para dentro daquele buraquinho pequeno, ela se agarrou a uma fronha querendo minimizar o efeito da dorzinha daquela penetração.
Com um pouco mais de força a cabeça entrou toda, a garota gemeu, ficou bem inquieta,.
Eu já não via mais a cabeça do meu pau, estava todinha dentro daquele cuzinho, fui bombando bem devagar, fazendo a cabeça entrar mais e sair, coloquei mais K-Y sobre meu pau para facilitar ainda mais a penetração, e assim meu pau foi entrando,alargando seu cuzinho e rasgando suas preguinhas, ela arfou, AINNSS, AI TIO, e olha que eu tinha colocado Só até a metade ainda e comecei um vai e vem gostoso, eu fui bem calmo para não deixar ela assustada,Chegou um momento que a garota se acostumou com a metade do meu pau dentro, eu senti ela mais tranqüila, a partir dali eu fodi ela com um pouco mais de gana, meu pau entrava e saía molhadinho de K-Y daquele cuzinho pequeno, era tão gostoso a sensação, seu cuzinho apertava bastante meu pau, eu só queria que aquilo nunca terminasse, tava muito bom.. porém me deu logo uma vontade incontrolável de atolar a rola até o talo naquele cuzinho..tirei devagar, passei mais ky e cochichei no ouvido dela: você é linda e gosatosinha, por isso o tio vai comer sua bundinha toda tá?mas…, segurei ela bem a cravei-lhe a rola.. TIÍIUU..só ouvi o grito dela… ENFIEI ATÉ O TRONCO… e fiquei paradinho com ela espetada na rola, pra ela se acostumar ai ela só berrou: AI TIOOOO, AI TIOOOO, tira, tio, quero ir fazer xixi!!!
– Não vai não lindinha – você Vai ficar aqui presa na pica do seu tio, bem espetadinha assim oh…que cuzinho gostoso você tem, hoje você vai ser bem enrabada, agora, vou deixar seu cuzinho, acostumado na minha rola, agüenta ai…levava ela até a ponta da pica e trazia até o tronco AIISSSN, AIISSSN,…. a cada estocada um gemido desesperado mas eu fudia gostos o rabinha daquela menina e Fuder um cuzinho virgem é muito prazeroso, e ainda mais de uma menina de 10 anos… aquela sensação de estar enterrando o pau num cu pequeno como aquele é unicamente inexplicável.
Eu metia mais e mais, definitivamente meu pau estava recebendo tratamento vip do cuzinho virgem daquela bundinha, fudi seu rabinho uns 10 minutos, dando-lhes estocadas profundas, tanto que ela se mijou mesmo no sofá, mas não larguei ela, agarradinho em sua cintuira a puxei pro meu colo, setei no braço do sofá e fiz ela sentar até o tronco e ela ficou espetadinha na rola, ela tentou se desvencilhar, escapar, isso fez ela se remecher mais ainda na minha rola, eu a prendia firme em meu colo e ela se reenchendo assim dei uma gozada gostosa lá no fundo do cuzinho dela, enchi o cuzinho de porra, foi uma gozada maravilhosa, cheguei a dar uns trancos na hora gozo.
Depois que meu pau muchou, eu cochichei em seu ouvido> que bundinha gostosa você tem… agora vai no banheiro se limar vai, depois vou te dar um presente especial..desengatei ela que saiu cambaleando pro banheiro, com o cuzinho ferido de pica, arrombadinho…eu fui limpar meu pau que estava sujo de sangue e merda.
Essa foi só a primeira de umas dezenas de enrabadas que dei naquela menina.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,52 de 29 votos)

Por #

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Baby

    vocês é doente ou oque? que inferno, olha oque esse maluco tá falando na comentários, tem é que castrar vocês, bando de filha da puta.

  • Responder Cal

    Nojento espero que um dia vc seja também inrrabado assim e depois morra de tanta porrada como um pedófilo nojento como vc merece

  • Responder Júlio César

    Muito bom

    • Baby

      que desgraça de conto

  • Responder Isabela

    Que nostalgia esse connto me trouxe. Fiquei molhadinha de lembrar que o tio da cantina da minha escola trou meu cabacinho quando eu tinha 9 anos e todo dia ele me dava um lanche no recreio

    • Zorro

      Quantos anos vc tem hoje?

  • Responder MANOEL Barcelona

    Eta trem bão.

  • Responder Carlos

    Delícia sinto muito tesão por criança menina. Tem que Arrombar as bucetinhas mesmo dessas meninas tel ccruzsilva

    • Cal

      Tem que arrombar teu cu pra ver como é gostoso e depois te matar na porrada pedófilo nojento um dia isso vai acontecer contigo doente