# # #

Primos e Irmãs apaixonados PT 7

1618 palavras | 7 |5.00
Por

Aqui eu conto a primeira vez que a minha irmãzinha, Manu, foi penetrada

…Bom, a Manu chega no nosso quarto correndo, e a Leticia se esconde de baixo da minha cama. Manu pula em cima de mim e me beija, Manu me olha sorrindo e diz:

Manu: Tem pipoca doce pra você na mesa, quando a gente for tomar banho juntas, a gente pode brincar de sexo?

Eu arregalei os olhos já que a Leticia provavelmente deveria ter escutado aquilo, e Manu me olhou confusa e perguntou:

Manu: Ta assustada com o que?
Eu: Nada Manu, acho que a mamãe te chamou
Manu: Sério? Eu não ouvi nada
Eu: Sério, vai lá, senão ela vai ficar brava.

Manu sai dali, e Leticia sai de baixo da cama com um sorriso boquiaberto e eu fico mais vermelha do que a pimenta malagueta, Leticia olha pra porta e diz:

Leticia: Ela é uma criança…
Eu: E eu sou uma adulta pra ser presa por pedofilia?
Leticia: Primeiro o teu primo, agora tua irmã pequena, você curte mesmo esse negócio de família.
Eu: Manu gosta tá? Eu não a forço a nada.
Leticia: Eu não acredito que você faz sexo com sua irmã pequena…
Eu: Pequena não, ela tem só 7 anos.
Leticia: Caraca, isso é muito errado kkkkkk.
Eu: Errado pra quem? Nós duas gostamos disso, ela que me pediu, você viu, eu não a induzi a nada.
Manu: A mamãe não tava me chamando…

Manu olha a Leticia no nosso quarto sem roupas e fica confusa, eu e Leticia ficamos nervosas e Manu diz:

Manu: Vocês fizeram sexo?
Leticia: Garota, você tem idade pra saber disso?
Manu: Eu tenho…
Eu: A Leticia veio aqui brincar um pouco comigo.
Leticia: Sabia que é errado uma criança fazer sexo?
Manu: É não, eu gosto disso.

Eu olho pra Leticia com um olhar de “Eu avisei” e Leticia olha pra Manu e diz:

Leticia: O que vocês fazem exatamente?
Manu: Nos beijamos, nos lambemos, coisas de sexo eu acho.
Leticia: VOCÊ BEIJA A GAROTA?
Eu: Beijo ué, sexo sem beijo não é tão gostoso.
Manu: Né? kkkk.
Leticia: Vanessa ta fazendo um harém kkkk.
Manu: O que é um harém?

Leticia faz um olhar maldoso e olha pra Manu com sorriso pervertido e Manu fica um pouco corada e Leticia diz:

Leticia: Manu, você já foi penetrada?
Eu: LETICIA?
Manu: O que é isso?
Leticia: É quando um macho, ou algo duro e rígido, entra dentro de você.
Manu: E-Eu não… dói…
Eu: Eu já enfiei meus dedos nela.
Leticia: Mas dói no começo, depois você vai até gostar disso.
Eu: Leticia, o que você pensa que ta fazendo?
Leticia: Te ajudando com sua irmã ué, ta na cara dela, que ela nunca teve um pênis dentro dela, ou um vibrador ou algo do tipo.
Manu: Vibra… dor?
Eu: LETICIA!!!
Leticia: kkkkk que foi amiga? quer ou não iniciar tua irmã totalmente no sexo, posso dar uma mãozinha com isso.
Manu: O que é um vibrador?
Leticia: Em breve você vai saber, pequena putinha, em breve você vai saber.

Leticia se veste e vai embora e Manu me olha confusa e eu estava muito sem graça, Manu era muito fofa e ingênua sobre sexo, eu queria manter ela assim pelo menos até os 10 ou 11 anos. Manu se deita do meu lado e pergunta se penetração era gostoso, eu fico um pouco preocupada e digo que ela ainda não tinha idade pra isso, Manu diz que eu também tinha dito que ela não tinha idade pro sexo, e agora ela fazia comigo, Manu queria saber sobre a penetração e eu decidi explicar pra ela:

Eu: Olha Manu, normalmente isso ocorre entre um homem e uma mulher, mas a meios de fazer sem um homem, o homem tem uma parte no meio das pernas que nós mulheres não temos, e essa parte entra bem na nossa xana, no começo dói sim, mas com o tempo você vai se acostumando.
Manu: Tipo o que você faz com o primo?
Eu: É, exatamente, mas você é muito nova pra isso, no começo dói um pouco por você não estar acostumada.
Manu: O primo pode me ensinar sobre isso?
Eu: Eu não sei se ele aceitaria fazer isso com você…
Manu: Por que? Ele não gosta de mim?
Eu: É que você é novinha demais pra ele.
Manu: Por favor Nessa, pede pro primo fazer isso comigo.

Eu suspiro e falo que ia conversar com o Gustavo, Manu me dá um beijo e sai do quarto toda feliz, eu não sabia se Manu estava pronta pra ser penetrada, eu tinha medo de machucar ela, mas eu decidi conversar com o Gustavo.
Depois de bastante conversa, o Gustavo decidiu ajudar, pois ele sabia que se Manu fosse contrariada, ela poderia acabar contando tudo pra todo mundo.
Numa tarde, minha tia foi pagar as contas, e nos deixou sozinhos, Manu olha pro Gustavo de um jeito amoroso, e ele fica sem graça, e a Manu pediu pra eu falar com o Gustavo, eu falei e nós 3 fomos pro quarto dele.
Manu estava bem ansiosa, ela parecia estar indo no parque de diversões pela primeira vez, e de certa forma, estava mesmo kkkk. Ela e o Gustavo tiraram as roupas, e ao ver o tamanho do “documento” do Gustavo, ela ficou olhando e disse:

Manu: É isso que vai entrar dentro de mim?
Eu: É Manu, mas já aviso que vai doer um pouquinho no começo, mas depois a dor passa.
Manu: É grandão.

Manu deita na cama e abre as pernas toda animada, eu começo a beijar ela e a deixar ela mais excitada, enquanto o Gustavo, provocava ela passando o pênis dele pela xana dela, Manu começa a amolecer e sua xana começa a ficar úmida, eu tiro a minha roupa e começo a lamber o corpo da Manu, começo a lamber os peitinhos dela e ela dá um gemido, eu mordo de leve o bico do peitinhos dela e ela se contorce um pouco. Gustavo começa a penetrar ela e ela grita de dor, mas eu tampo a boca dela, e digo pra ela aguentar.
Pra ela não gritar, eu decido beijar a boca dela, enquanto o Gustavo ia enfiando o pau dele na Manu, Manu se debatia e eu seguro os braços dela, e ela estava tentando se soltar, mas eu a segurava com força. Logo os olhos da Manu começaram a lacrimejar, e eu olhei pra ela séria e disse:

Eu: Foi você quem quis isso, agora aguenta firme.
Manu: Mas ta doendo muito…
Eu: Eu sei, mas vai passar logo, aguenta Manu.

Eu olho pra xana da Manu, e vejo que estava começando a escorrer o sangue e Gustavo enfia mais um pouco nela, e ela dá um gemido de dor misturado com choro, eu sabia que estava doendo, mas ela me encheu o saco pra aquilo, agora ela ia ter aquilo.
Gustavo começa a meter na Manu e ela pergunta quando ia acabar, eu falo que logo, logo, Gustavo estava aproveitando aquele momento, eu estava meio irritada pois eu sabia que no fundo, ele estava gostando de comer a minha irmã pois a Manu era bonitinha demais.
Com o tempo, Manu foi parando de gemer de dor, e foi começando a gemer de prazer, ela começou a sorri e disse que a dor estava começando a sumir, eu sorrio e dou um selinho nela.
Gustavo acaba gozando dentro da Manu e Manu dá um grito e faz uma cara de prazer com a língua de fora e diz:

Manu: Foi totoso kkkk.
Gustavo: Agora ela não é mais virgem.
Eu: Aproveitou?
Gustavo: O que?
Eu: Aproveitou a xana da minha irmã?
Gustavo: Que isso, foi você quem pediu pra eu fazer isso com ela.
Eu: Você sabe do que eu estou falando, você não pode gozar dentro de mim, mas pode dentro dela.
Gustavo: Isso não vem ao caso.
Eu: Como não vem ao caso? Eu vi a cara de prazer que você fez, você estava gostando de meter nela pois sabe que não tem risco de ela engravidar ainda.
Gustavo: Ela é jovem demais pra mim, você é a minha preferida.
Eu: Eu sou sua preferida, então você teve que escolher?
Gustavo: Vanessa, para com isso, acabou, sua irmã já está bem.
Eu: Você pretende fazer sexo com ela de novo?
Gustavo: Como é?
Eu: Você me entendeu você quer comer minha irmã de novo?
Gustavo: Que tipo de pergunta é essa?
Eu: O tipo de pergunta que eu faço pra quem sente mais prazer comendo uma xana de uma criança do que a minha.
Gustavo: Você está com ciúmes da Manu?
Eu: Claro que eu estou com ciúmes, você gozou dentro dela, ela foi a primeira a ter o seu sêmen dentro dela, enquanto eu não posso, por essa maldita preocupação com engravidar.

Manu estava dormindo enquanto a gente discutia, a xana dela estava escorrendo o sêmen do Gustavo, fazendo uma poça de baixo da bunda dela, ela parecia feliz e agora ela tinha descoberto um novo mundo de possibilidades sexuais.
Bom, é isso meu povo lindo, desculpe a demora, esse fim de ano foi corrido pra mim, se quiserem que eu continue a contar histórias da nossas famílias, só pedir nos comentários, eu vou indo nessa gente, um beijo molhado pra todos, e feliz ano novo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 4 votos)

Por # # #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Junior

    Continua!!!

  • Responder Gggg

    Continua

  • Responder Vantuil OB

    Adorei todos os contos. Muito bom. Continua

  • Responder A+

    Quando que seu primo vai pegar a irmãzinha dele?

  • Responder Safadinho de 15 anos

    Nossa que dlc, continua contando 😈

  • Responder Abusada

    Quem + da sua família tem história pra contar. Continua quero detalhes

  • Responder Neto incesto

    N parac continua