# # #

Dona Nalva e a primeira vez no motel 2

493 palavras | 0 |5.00
Por

Depois de um tempo, sem nós pegarmos dona Nalva minha sogra e eu marcamos de nós ver em um motel.

Carregando Nalva engatada com meu pai na sua boceta , a levei até a piscina da nossa suite, fizemos um sexo gostoso como um casal apaixonado, em pouco tempo gozamos mais uma vez. Então tomamos um banho e fomos para cama dar uma descansada. Ligamos a TV e de cara já tinha um filme porno gay passando, ela olhou fez uma cara de nojo e continuou passando, na sequência a cena era uma mulher chupando 2 caras, ela deixou e continuou assistindo eu como sempre observava quieto aquela coroa gostosa focada nas duas rolas. Logo percebi sua tensão e respiração incomoda então pergunto a ela.

– O que foi minha sogra está gostando?

Nalva sem graça responde;

– Vittors ela vai foder com os dois? Como ela aguenta, ainda mais duas rolas grande assim como a sua?

Eu então disse:

– Sogra com tesão e o que nos impede, isso te excita não? Tem coragem?

– Tá doido? Nalva me respondeu!
Não sou tão safada assim vittors, mas me deixa excitado sim, mas não aguento com dois.

Então eu comecei a pensar maldade como sempre, logo comecei a tocar no seu grelinho já te beijando eu disse;

– Vamos ver se a senhora aguenta!

Então eu abri um vibrador daqueles que vendem no motel super caros, e comecei a chupar buceta dela que nessa altura já estava molhadissima e coloquei o vibrado com uma velocidade mínima então coloquei meu pau na sua boca, minha sogra delirava de prazer que chupava com muita vontade, ela literalmente gemia muito com meu pau na boca.

Eu dizia a ela:

– então minha rainha a senhora esta gostando de sentir dois paus em você?

Ela só gemia quase se engasgando com meu pau.
Pedi para ela ficar de 4 enquanto aumentava a velocidade do vibrador, eu caí de boca naquele cuzinho gostoso e junto ao filme rolando ela gemia e se contorcia toda. Depois de tanto chupar seu cuzinho derramei quase um pote de vasilina no meu pau e a lambuzei um pouco daquela raba gostosa e coloquei a cabeça naquele cuzinho apertadinho, mas que ela estava tão excitada que nem deu tanto trabalho. Logo eu estava enrabando ela enquanto ela sentida duas girobas grande dentro dela.

Logo comecei a sussurrar putarias em seu ouvido e dizia:

– tá gostando minha puta, minha sogra puta, era isso que vc queria?

Ela gemendo respondeu:

– Isso meu gênero gostoso, come a sua sogra enche meu cuzinho de leite gostoso enche meu genro!!!

Pouco depois minha sogra da um grilo forte suas pernas amolecem e eu gozo muito naquele cuzinho gostoso. Eu disse a ela o quão safada ela era por aguentar aquelas duas gebas inteiras, a minha e um vibrador de um tamanho considerável ali eu já saí pensando em que ia chamar para comer minha sogra junto comigo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 6 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos