# #

Brincar, trepar e gozar, que delicia!

1283 palavras | 3 |4.50

Somos um casal na faixa dos 40 anos e Aline está ainda mais deliciosa e linda , sempre se cuidou e agora vem os frutos .
Sexo pra gente sempre foi quente e delicioso , más depois de mais de quinze anos tem que ter muita imaginação pra ficar com o fogo aceso , e conseguimos fantasiamos muito e ela adora gozar nessas brincadeiras.
Más um acontecimento gerou uma mudança deliciosa.
Dois meses atrás recebi um convite de amigos de uma empresa que trabalhei , era pra ir a um barzinho pra beber e relembrar os dias juntos , ela me incentivou e deu força , eu estava confesso com preguiça de ir , más fui , e foi muito bom , rimos e bebemos.
Era meio de semana e cheguei em casa passava das duas horas , entrei em silencio e no escuro , sabia que ela deu o incentivo , más chegar a esta hora ia tomar uma bronca.
Entrei no quarto e fui agarrado por trás ,e escuto sua voz , safado me deixa sozinha e vai pra farra , consigo me virar e a vejo , com uma camisola curtissima, com estampa de onça , decote que não cobria suas tetas , e ela continua devia estar com alguma vagabunda , tinha muita mulher no bar, ela falava e tirava minha camisa , me cheirava , e soltando o sinto da calça a abaixa com a cueca junto , estava assustado más adorando tudo, ela me joga na cama e cai de boca no meu pinto , que nessa altura estava duro como pedra, me lambia e chupava a cabeça do meu pinto , e entre linguadas perguntava se tinha alguma mulher mais gostosa que ela , e eu falava que tinha muitas mulheres deliciosas , lindas , e ela abaixa a pele e coloca a cabeça rosada do meu pau pra fora e suavemente o engole , fui a loucura e falo que nenhuma era tão deliciosa como ela , eu estava quase gozando na boca dela, más ela então sobe em cima de mim , sem calcinha encaixa meu pinto na sua bocetinha toda molhadinha e eu escorrego dentro dela , ela geme alto , me xinga novamente , e solta as alças da camisola e fás seus seios saltarem pra fora , ela se curva e eu abocanho seus bicos deliciosos , e ela adora ser comida e ter suas tetas chupadas, geme cada vez mais alto , nunca tinha visto ela com esse tesão , os vizinhos devias estar ouvindo e adorando , e grita que ia gozar , acelero as estocadas e gozamos quase juntos.
Acabados , abraçados e melados , pergunto que tesão era esse , e ela fala que a sensação de saber que eu estava na noite sozinho a merce dos perigos femininos a deixou louca de tesão .
Na hora senti um calor enorme e a beijando falei , quero sentir tudo isso que voce sentiu , ela me olha com espanto e eu continuo , suas amigas vivem te chamando pra sair a noite , agora quero que voce vá , aceite, ela me olha e fala amor tem certeza ? claro quero voce linda , desejada e deliciosa solta na balada, nos beijamos e fizemos amor novamente.
Passou uma semana e cheegou o dia que ela ia sair com as amigas , que ficaram felizes pois ela sempre recusava .
Pra ela ficar mais a vontade e não querer desistir , falei que ficaria no escritorio até mais tarde e assim ela sairia tranquila.
Cheguei em casa devia ser uma 21 horas , e foi diferente a casa toda no escuro e sem ela , sentia a cada segundo mais exitação, sentia um tesão enorme quando imaginava ela na noite.
Toca meu celular e era ela , uma voz molinha de quem bebeu um pouco , ouvia o barulho e ela perguntava se estava em casa , se estava bem , respondia tudo e meu tesão era enorme , e pergunto a ela se tinha muito cara no bar e ela falava que sim , um mais gostoso que outro , todos garotões lindos , e que ficavam me paquerando o tempo todo , e continua e fala que devia ser por causa do vestido vermelho que estava usando , fiquei louco , ela foi com um vestido que a deixa fantástica, curto solto no corpo com um decote generoso e decotes laterais que deixas suas tetas a mostra de todos , eu sei que ela nunca usa soutien com esse vestido e pergunto se ela estava usando ? e ela rindo me fala não sei , talvez , nem seis se coloquei a calcinha , alucinado gritava de tesão querendo a resposta e ela ria , e fala vou desligar pois vamos dançar agora.
Fui tomar um banho pra me acalmar e me masturbar.
Deitado sem dormir , escuto um carro parando e olho pela janela , e vejo ela descendo do uber , passava das 2 :30 hs..
Ela entra no quarto e agora eu a agarro por trás e coloco minha mão pelo decote lateral e pego suas tetas , a safada estava sem soutien , solto seu vestido que cai e ela estava sem calcinha , a jogo na cama e caio de boca na sua boceta , chupava e ela gemia e falava , vem meu garanhão chupa tua esposinha safada, eu chupava e queria saber de tudo e ela falava que bebeu bastante , dançou muito , e eu querendo saber mais e ela fala que um garotão a pegou pra dançar, e que não resistiu e colocou a mão pela lateral do vestido e encheu a mão em suas tetas , enlouqueci , ela falava e gemia , seus clitóris crescia e inchava , e perguntei se ficou nisso , e ela gemendo falou que sim , más foi dificil resistir , e que ficar no meio de tantos machos sem calcinha foi alucinante , e grita gozando , a chupo com mais força e tiro dela um gozo enorme, e enquanto ela ainda gozava eu a penetrei , funfo e ela grita alto e pede que eu a foda forte , a cada estocada ela queria mais força , e se vir e fica de quatro e fala vem gostoso fode sua putinha , come a sua bocetinha que ficou louca pra dar pra outo e ficar toda cheia de porra , meti com força e batendo em sua bunda, ela goza de novo, e eu encho ela de porra.
Foi alucinante , uma sensação unica totalmente diferente de tudo, ela me abraça me beija e fala que foi delicioso, fiquei ouvindo agora os detalhes da noite e no final nos beijamos e falei que essa brincadeir tinha que continuar e ela concorda e fala que é perigosa pois a noite é alucinante , eu a olho e falo que sim e que a partir desse dia ela tinha liberdade pra quando fosse sair com as amigas fazer o que quiser , ela me olha e pergunta tudo? e falo que sim , só que na volta dos nossos passeios noturnos , contaríamos tudo fazendo amor , ela me beija sobe em cima e mim coloca meu pinto na sua buceta e senta suavemente, e fala e voce vai me chupar sentindo o sabeor da porra de outro macho , e eu completo vou entrar dentro da sua boceta sentido ela toda melada de tanta porra, e ela me beijado fala quero te beijar e sentir o sabor de outra buceta na tua boca, e sentir o cheiro de buceta no teu pau quando eu chupar , e gemendo alto metemos muito e gozamos juntos.
Outras noites vieram e foram deliciosas , se ela trepou ela não me falou , más sentir outros caras colocando os dedos na sua boceta já e me deu tanto prazer na cama que foi fanástico .
Vamos ver o que acontece agora.
.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 12 votos)

# #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Trovão

    O inicio e sempre assim a minha hj ja transou com 7 contando um que broxou e ainda manda mensagens querendo uma segunda chance ela me disse que não mais sei lá elas viram uma putinha deposito de porra que não pode ver um pau grande e grosso

    • LORD D

      Ja fiz essas propostas para minha esposa mas ela nunca quis topar
      Ela diz que se insinuar é uma coisa e dar é outra
      [email protected]
      Trocar ideias

    • alguemai1

      meu sonho conhecer um casal assim, haha.