#

A Segurança Safada

1190 palavras | 1 |5.00
Por

Historia rápida que ocorreu no meu local de trabalho. mas vale a pena ser contada…

Como disse antes apenas contos verídicos, apenas os nomes são trocados.. Meu nome é Óziel. e o dela é Cilene.

Ela Era segurança em uma festa onde trabalhei um tempo, sempre pagava de durona, mas sempre gostava de uma farra, e estava sempre de brincadeirinhas com os meninos, porém parecia sempre ser uma entrada para algo melhor, eu sempre a provocava e sempre ficávamos nesses brinquedos, e um dia eu tive a oportunidade perfeita para tentar algo. Bom começamos  no  trabalho, ela sempre tinha uma mania de quando estávamos fechando as atividades ela ia no banheiro dos homens se olhar no espelho, porém como era sempre no fim das festas ficava mais fácil, e  quem ficava para fechar era eu e ela, e eu já estava planejando algo, então em um determinado dia eu entrei no banheiro e lá estava ela se olhando no espelho como uma boa dama. Dai eu cheguei como quem não quer nada com nada, e falei:

– Tu sabe que esse é o banheiro dos homens né…

Ela- Sei sim e dai??

-E dai que eu quero usar e sempre tenho que tá te correndo… (falei em tom sarcástico)

Ela- Ué usa horas… ( falou rindo enquanto  ia saindo do banheiro de fininho)

– Olha Que uma hora eu nem quero saber, vou tá apertado e já vou ir pondo o troço para fora, e azar que tu veja…

Ela- ai sim né (falou e logo deu uma gargalhada)

Depois disso fomos embora, neste dia não consegui dormir, antes tive de ferrar uma punheta poderosa, mas estava decidido eu iria adiante e tentar algo… e era na próxima vez…

Passou se os dias, e finalmente chegou o dia tão esperado; Festa vai festa vem, tudo normal e enfim chegamos ao fim de mais uma noite, arrumamos as coisas, o pessoal indo embora e eu de olho nos movimentos dela, liberei os últimos seguranças, e ela foi indo para o banheiro tipicamente para se olhar no espelho, eu arrumei o que tinha que arrumar, e rapidamente corri para os fundos do estabelecimento, rezando para que ela estivesse no banheiro dos homens e não nos das mulheres, ao dobrar para ir ao banheiro eu já visualizei seu vulto pela janela, e abri um sorriso… É agora pensei, não vai ter volta, vou fazer o que eu disse que ia fazer, eu avisei ela… Mil pensamentos ruins vinham na minha cabeça, eu estaria passando dos limites, mas eu queria muito, então fui… Virei correndo em direção ao banheiro já com as mãos na zíper da calça, enquanto ela através do espelho viu eu chegando, quando viu que eu estava com a mão lá deu um sorriso sarcástico, enquanto eu chegava.

O espelho fica em frente a pia, e do lado tem alguns mictórios e eu parei no que tem do lado da pia, afinal era o mais perto também, ela olhou e disse:

Ela- tu não vai fazer isso né…

Eu- Vou sim, te avisei ontem, se tá no banheiro dos homens é porque é homem e não se importa de ver o dos outros…

Ela- To louco então que tu vai fazer isso tu não é louco…

Quando ela terminou de falar isso eu já tinha aberto o zíper e coloquei o pau para fora no ato ela ficou olhando com uma cara de espanto, mas de maneira positiva, não assustada mas como se tivesse se surpreendido com a minha atitude… e falando: eu não acredito que tu fez isso guri…(somos do sul por isso o sotaque)

Enquanto isso eu terminava de urinar, e ela ficou olhando com a mão na boca, depois balancei meu pau e já ia guardar quando ela falou:

Ela- aah não, que nojo, pelo menos te limpa direito…

Eu- mas é assim que homem se limpa…

Ela- nada ver, passa um papel higiénico nisso… espera ai…

Ela disse esperai, e meteu a mão num papel que tinha ali em cima, tirou um pedaço, e falou: deixa que eu limpo, não acredito que tenho que ensinar marmanjo a se limpar direito… Claro que quando ela falou e estava com o papel pegando no meu pau ele já estava duríssimo, ela simplesmente limpou mesmo, ele, deixou um brilho, e fez de maneira bem lenta, limpou a cabeça que já estava duríssima, enquanto olhava para ele fixamente, já com a respiração mais intensa,  logo  que terminou ela falou: Agora ta limpinho, da até para beijar olha só… e beijou a cabeça, beijou os lados dizendo: ó da para chupar também…

e ai começou a festa, o plano tinha dado certo, eu sabia que ela queria uma piça dura pra ela… ela começou a chupar com força depois de um tempo parou e perguntou se eu tinha fechado tudo, eu disse que sim que estávamos sozinhos… Então ela seguiu a chupada enquanto eu metia a mão nos seus peitos e ia aos poucos tirando a camisa e o sutiã, logo levantei ela e dei umas mamadas nele, eram maravilhosos, grandinhos bicos pretos e longos, ela gemia a cada chupada, logo ela estava sentada em uma cadeira que tinha ali de pernas abertas para eu chupa-la… Depois começamos as penetrações… Botei as roupas no chão onde tinha um espaço ali, fazendo uma cama improvisada, e tiramos a roupa, eu a peguei por traz e começamos quase como um de quatro, mas ela deitou totalmente e eu ralei pika afundo, enterrava direto, ela gemia feito doida, rebolava o sexo estava intenso, segurei muito para não gozar ali mesmo, depois ficamos de lado, assim consegui me controlar mais, nesta posição ficamos mais tranquilos e aproveitamos melhor o sexo, depois  fizemos papai e mamãe, depois ela cavalgou, e nossa, foi demais, ela geme e rebola muuuuuuito… Ali nas cavalgadas senti várias gozadas, sentia as pernas tremerem e algo escorrer quente por baixo da buceta dela, ela lavou o chão várias vezes com caldo de buceta… e quando cansou a buceta eu ainda estava querendo mais,e ela liberou o cuzinho… sim ela fez anal… Algo raro, foi ótimo, ela ficou de lado e eu coloquei a piça la dentro, ela disse para aproveitar pois não costumava fazer isso, e que só estava liberando porque estava muito bom a transa. Depois num papai e mamãe acabei gozando na barriga e peitos dela, foi lindo aquele corpo negro tapado de leite branco… Depois deste dia tudo mudou entre nós… Esta foi uma noite e tanto… Ao  terminar ficamos deitados no chão mesmo com a roupa ensopada, e ela dizendo: não acredito que fizemos isso… Eu só dizia que queria repetir, ela respondia dizendo que talvez sim talvez não, que ia pensar kkkkk… Claro que teve…

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 10 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Morenax1 ID:w71qdtqii

    Conto delicia. Ja Dei pra um colega de trabalho no local ainda.