# #

Realizando a fantasia de um leitor

1077 palavras | 1 |3.67
Por

Sou do RS e adoro contos eróticos.. principalmente onde filhos transam com suas mães… mas ultimamente havia ficado decepcionado com alguns contos que não tinham em nada com a realidade.
Resolvi “ajudar” um destes amigos que aqui escrevem… selecionei alguns contos e entrando em contato com alguns escritores achei um próximo a minha cidade. Conversando com ele, este confessou-me ser apenas um sonho.. Disse POSSO REALIZAR SEU DESEJO. Contei a ele uma maneira de ele transar com sua mãe sem que ela jamais desconfiaria de nada. Proposta feita, detalhes acertados fomos aos finalmentes… Obviamente não colocarei nenhum detalhe que possa identificar as pessoas envolvidas.
Aproveitando que morava apenas ele com sua mãe foi muito fácil..

Na hora que ela entrou para tamar banho ele bipou meu celular, abriu a porta e eu entrei… amarrei as mãos dele e o amordacei.. quando estava tudo pronto, joguei uns vasos de flores que estava em cima da mesa, empurrando umas cadeiras fazendo um barulhão… A mãe dele gritou do banheiro o que havia acontecido… não respondemos nada.. fomos até o quarto dela e ele ficou deitado na cama.. derrepente ouvimos barulho na porta.. era ela vindo. quando ela deu de cara com ele deu um grito e venho na direção dele correndo, fechei a porta e disse fica quietinha e não me olha se não ele morre.. ela, que estava somente de roupão, ficou morrendo de medo, tremia toda.. coloquei ela deitada de bruços e amarrei suas mãos estrategicamente para a frente e a vendei… encenei um assalto onde procurava dinheiro, jóias… sempre assustando e ameaçando os dois.. como não tinha nada de grande valor fingi que estava louco de raiva.. que iria ter sangue e tudo o mais… ela só chorava… sentei no meio dos dois (que estavam deitados) e disse: e agora? não tem nada de valor aqui.. o que eu faço com vcs dois??? Ela só dizia não nos machuque.. conforme combinado, pequei o celular dela e disse para os dois.. “já que não tem dinheiro vou me divertir”… coloquei a mão por baixo do roupão dela e ela simplesmente travou.. o filho dela começou a pular querendo reagir (tudo ensaiado) eu fui para cima dele e dei uns tapas nele.. voltei nela e dei uma chupada naquela bunda gostosa.. quando ela começou a reagir fui no filho dela e dei mas uns tapas nele. Avisando ela: ou vc faz direitinho o que eu quero ou vou arrebentar este fdp… ela fez sinal de positivo.. voltei nela e chupei muito ela.. um bucetão cabeludo a coisa mais linda… como ela estava vendada não podia ver o filho babando de tesão pelo que estava acontecendo.. vi que ele estava de pau duro sorrindo feito criança… afinal a sua mãe estava totalmente peladinha sendo chupada e logo logo seria penetrada… foi o que fiz.. botei uma camisinha e comi aquela xota de tudo que é maneira.. com o celular que havia pego tirei várias fotos dela.. até que chegou o auge da nossa fantasia.. fiz sinal para ele ficar com cara de sério e tirei a venda dela.. os dois um de frente para o outro e disse: “agora vadia vc vai dar para ele”!! ele, conforme ensaiado, protestou disse que não.. ela disse o mesmo, daí fui “obrigado” a tomar medidas drásticas… peguei a faca e dei um leve corte nas costas dele.. disse olha aqui mamãe do ano, se não quiseres algo muito maior com o teu bebe é melhor aceitar… ele, como combinado, disse não faça isso não mãe.. como mãe é mãe ela aceitou… cortei as roupas dele, e eu comecei a orquestrar o que ela devia fazer.. como as mãos dela estavam atadas para a frente mandei ela pegar no pau dele e mexer gostoso… via nitidamente que ela estava envergonhada… disse para ela “se vc quiser posso botar a venda em vc novamente” para nossa alegria ela aceitou, estava envergonhada demais.. quando coloquei a venda nela o seu filho começou a sorrir e a se contorcer de prazer novamente.. disse para ela beijar seu filho, ele “reagiu” e tive que “bater-lhe” novamente.. ela deu um selinho nele.. tive que bater nele até que ela cedeu e deu-lhe um beijo de língua que eu fiquei de pau duro novamente.. cada nova tarefa que eu mandava ela fazer ele protestava.. eu o “agredia” e ela pedia para parar que eles iriam colaborar.. Até que pedi para ela chupar o pau dele.. quando ela botou na boca teve ânsia de vomito.. disse que nunca tinha chupado um.. forcei ela mesmo assim a chupar.. nessa hora eu fui para tras dela e comecei a meter nela novamente.. o filho dela estava louco de tesão e disse sorrindo para mim.. “pelo amor de deus cara, ela é minha mãe, não faz isso.” depois de uns 10 minutos deste jeito ela não não tinha mais ânsia muito pelo contrário mamava bem gostoso… depois disso foi a vez da penetração.. mais “protestos e mais uma surra…” nunca vi uma pessoa tão feliz… coloquei ela por cima e mandava”como ela deveria fazer, qual ritmo seguir… o “bebe” não aguentou muito tempo… mandei os dois ficarem paradinhos como estavam.. mandei ela deitar sobre ele e dar muitos beijos e foi o que fizeram.. desta vez não precisei brigar.. acho que naquele momento ela já estavam gostando.. depois de um bom tempo assim, tirei a venda dela.. lembram daquele celular? obriguei os dois a fazerem poses.. ela chupando ele, ele chupando ela, tirei foto do rosto deles “se amando” e ameacei.. se soubessem de alguma denuncia na policia, no jornal ou algo assim, mandaria fazer alguns banners e colocaria espalhado pela rua deles…
Já passou 2 meses disso.. até hoje falo com ele por e-mail. Disse que sua mãe ficou uns 3 dias sem falar com ele com vergonha do que havia acontecido.. depois de 10 dias já estavam normais conversando de boa.. nunca tocando no assunto.

É uma pena que este tipo de brincadeira só dá para fazer uma vez com cada parceiro. Estamos aí para conversar e trocar uma ideia de como realizar VERDADEIRAMENTE esta fantasia.

Abraços,

elanaosabe.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,67 de 18 votos)

Por # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Alguém

    Porra mais q merda