# # #

perdi minha inocencia

851 palavras | 6 |4.37
Por

uma breve explicação ,apos ler um conto a poucos minutos lembrei do que aconteceu comigo e decidi conta aki ,atualmente tenho 19 anos e essa lembrancas me assombram um pouco

isso aconteceu ja faz algum tempo quando eu tinha 10 anos tipo 2011 a 2012 n lembro ao certo mas na epoca tava tendo na minha cidade alguns albons de figurinha tinha de pokemon,digimon e sempre pedia dinhero pro meus pais pra compra figurinhas e eles me davam 1 a 5 reais que dava entre 4 a 20 figurinhas e eu sempre trocava com uns colegas da rua q tinham a mesma idade ,agente sentava na calçada e trocava as repitidas e brincava com as cartinhas que viam junto das figurinhas ,e um desses colegas tinha um irmao mais velho que tinha uns 17 anos de idade e trabalha na oficina perto de casa,basicamente do lado ,e num dia eu tava voltando da loja com algumas figurinhas e ele me parou pedindo pra ver as figurinhas e eu ingenuo deixei o nome ele ou o meu n vou falar mas vou chamalo de M e eu de E

M:oi E deixa eu ver as figurinhas que vc tem ai ?
disse ele ficando em minha frente me envolvendo em seus bracos pra eu n recuar e foi pegando minhas figurinhas

E:pode mas me devolve

disse eu bem timido e um pouco assustado pois tava so eu e ele por perto ,ele pegou minhas figurinhas e começou a olhar e separando algumas pra ele

E:oque vc ta fazendo ?elas sao minhas !

disse eu com um pouco de coragem e ele falou devolvendo algumas figurinhas
M:calma te dou dinhero pra compra outras ,te dou 5 reais
na hora eu aceitei
M:passa la na oficina amanha que te do o dinhero mas passa la penas 17 :30

no outro dia fui feliz pega meu dinhero e ao chega la vejo ele fechando a oficina e chamo ele pra ele me paga

E:oiii vim pega os 5 reais
disse olhando pra ele com um sorriso de orelha a orelha esperando o dinhero pra pega mais figurinhas
M: claro vem aki pega

me aproximei dele e ele tava incostando os portoes de ferro da oficina quando ele fez outra oferta
M:E que tal se eu te der mais 10 reais ?

ingenuo aceitei e falei oque tinha que fazer

M:vamos la pra dentro comigo

disse ele me guiando pra dentro da oficina enconstando o portao e me levando pra um tipo de quarto nos fundos ,n sei se era um quarto ou um tipo de deposito mas tinha um monto de banco de carro ,ele falou que eu tinha que da o cu pra ele ,eu burro falei que nao que podia e ele ja me colocou contra a parece abaixando meu shots com minha cueca e eu falei que ia grita ,e ele falou ,grita e eu conto pra todos que vc e um viadinho ,na hora fiquei quieto em quanto tremia de medo pois ele tava tirando o shorts dele e senti ele guspir no meu cu e enfiando um dedo ,doeu mt do o dedo e eu fechie os olhos soltando um grito curto torcendo pra acabar rapido e sinto ele tirar o dedo de dentro do meu cu e eu achei que tinha acabado mas entao sinto o pau dele encostando na minha bunda procurando meu cu e na hora eu fechei meus olhos e meu cu com toda a forca que eu tinha mas foi inutil ele forçou e tampou minha boca com um pano de limpa graçha e com a mao eu soltei um grito forte de dor mas abafado pelo pano ,sentia lagrimas em meu rosto em quanto ele metia em mim sem se importar ate que ele falou que ia goza dentro eu na hora n sabia oque era mas torcia pra acabar el entao eleda uma estocada forte gozando dentro de mim e me mando fica de 4 em cima de um dos bancos de carro e obedeci e so senti ele abrindo minha bunda com as duas maos e eu sentia aquele negocio quente saindo de mim chorando ainda ele me mandou me vestir e ir embora ,n questionei e fui o mais rapido possivel e ao chega em casa fui pro banheiro toma um banho ,minha mae perguntou pq eu tava andando estranho na hora ,eu falei que tinha torcido o pe e que ia toma banho ,depois no outro dia o irmao dele veio me casa me chamar pra gente compra figurinha ,eu fui pq queria esquecer de tudo quando eu e ele estavamos passando a esquina vi ele com uns 3 amigos e passei por ele com a cabeça baixa de medo … depois disso achei que numca mais ia passar por isso … quem diria que eu tava tao errado … se quiserem eu continuo … desculpa e que eu numca escrevi um conto e n sei bem como contar isso pq e dolorido pra mim e tbm ja faz tempo se quiserem podem me da dicas mas sei la ultimamente esssa memorias estao voltando com força …

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,37 de 19 votos)

Por # # #

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Gostosa

    Sinto muito que você tenha passado por essa experiência! Mas procura grupos de apoio, nem que seja grupo de facebook, pra conversar a respeito sobre isso! É muito importante! E quando você puder, será bom ver um psicólogo, é um profissional qualificado pra lidar com traumas. Tudo de bom, anjinho caído. Beijos, tô torcendo por ti.

  • Responder Felipe

    Muito bom… Faltou mais detalhes mas blz rsss

  • Responder Lucianaa

    Sacanagem isso, ele poderia ter te covecido de outra forma, saber seus limites, isso pelo visto tá te traumatizando até hoje

    • anjocaido69

      vc n faz ideia … eu queria conversar com alguem que sofreu algo parecido

  • Responder .

    Sinto muito que tenha passado por isso, de verdade.

    • anjocaido69

      bem acho que ninguem escolhe isso mas alguns contos parece que a pessoa ta gostando