# # #

Comi minha irmã de 8 anos

611 palavras | 13 |4.20
Por

conto onde relato a sensação de comer o cu da minha irmã puta que fode desde os 7!

me chamo Lívia, tenho 16 anos, moro no rj, sou branca magra e alta. Tenho muitos irmãos e irmãs, mas tds moram sozinhos, porem no inicio do ano minha mãe conheceu um cara de uns quarenta e poucos anos que tinha uma filha, na época com 7 anos. Até então nunca olhei pra ela de uma forma diferente, brincavamos normal e dormiamos no mesmo quarto, várias vezes ela vinha pra minha cama quando sentia medo. Sempre fui viciada em me masturbar como era virem enfiava varias coisas na minha buceta e até arriscava enfiar a escova e cabelo no cu que se alarava cada vez que eu socava a escova grossa nele tocava no quarto na sala, no banheiro, logico sem ninguem perceber. Um dia enquanto me masturbava no quarto quando já não havia mais ninguem em casa, me arregacei toda, abri minha berta de frango assado e soquei a escova no cuzinho, gritando de dor e tesão, imaginado ser um pau duro e grosso latejando na minha bunda agora larga e toda aberta, quando ia tirar a escova pra fuder minha buceta, a porta se abre e vejo minha irmãzinha com a mochila da escola nas costas, olhando fixamente para aquele buraco enorme, fiquei paralisada por um momento e logo tentei me esconder, mas a vagabunda veio na minha direção e pediu pra olhar pro meu cu aberto mais uma vez, e assim eu fiz, virei de quatro e abri meu rabão com as duas mãos, ela passou a mão no rego e enfiou o dedo no buraco, sem cuspe nem nada, mas já não doía tanto por que estava largo. Quando ela tirou o dedo do meu cu eu olhei pra trás e a vi com a mão na bucetinha branca, apertada e chupando o dedo que ela acabara de tirar do meu cu. Naquele momento eu quase gozei so vendo a puta chupar o dedo melado de gozo de cu.
– deixa eu chupar também.- peguei o dedo melado do meu cu e agora de cuspe e chupei, depois peguei o que estava na buceta dele e como eu imaginava, estava todo molhado de porra. – Então você é uma puta safada, ne? Vem cá que agora eu vou brincar com você.- peguei ela e botei na cama, a beijei na boca igual gente grande faz, duas apaixonadas, chupava sua lingua e enfiava meu dedo na sua buceta que estava molhada quase que completamente. Tirei sua roupa
– A puta vai deixar eu chupar o grelinho não vai? Ja ta toda molhada- ela balançou a cabeça e abriu as pernas, pra minha surpresa a puta tinha o buraco do cu tão aberto quanto o meu, ja tinha tido todas as pregas arrombadas, estava com o bico estufado. Ela viu minha cara de surpresa e riu.
– Eu via você brincando com a escova e quis fazer igual.- Ela disse com cara de vagabunda.
-Então você socou ela no cu?.- E a resposta que ela me deu foi surpreendente
-Não, meu pai me viu tentando meter a escova, e me disse que mocinhas não deviam enfiar isso no rabinho, mas que se eu queria ficar arrombada ele me ajudaria. Ele me botou de quatro, lambeu meu cu e meu grelo, e socou sua piroca em mim, naquele dia ele gozou dentro do meu rabo, e fazemos desde então.
quando eu ia dizer algo, meu padrasto chega e nos pega nua na cama, igual duas putas.
Se quiserem eu conto o resto.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,20 de 25 votos)

Por # # #

13 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder 𝑱𝒂𝒔𝒐𝒏𝑽𝒐𝒓𝒕𝒆𝒙

    𝒒𝒖𝒆𝒎 𝒄𝒖𝒓𝒕𝒆 𝒆𝒔𝒕𝒖𝒑𝒓𝒐 𝒅𝒆 𝒃𝒆𝒃𝒆𝒔 𝒆 𝒒𝒖𝒆𝒓 𝒄𝒐𝒏𝒗𝒆𝒓𝒔𝒂𝒓 𝒔𝒐𝒃𝒓𝒆 𝒎𝒆 𝒄𝒉𝒂𝒎𝒂 𝒏𝒐 𝒕𝒆𝒍𝒆𝒈𝒓𝒂𝒎: @𝑱𝒂𝒔𝒐𝒏𝑽𝒐𝒓𝒕𝒆𝒙

  • Responder Was

    Contínua

  • Responder Pervertido

    Muito tesuda essa história, vamos lá, continue

  • Responder Rafaella

    Lindo conto Livia.. parabéns pras duas..

  • Responder Wander

    Eu não tenho irmãos, mas meu pai tem duas enteadas. Hj elas já são casadas, e ainda moram na mesma cidade onde nasceram. Mas o que rolou entre a gente, já faz mais de vinte anos. Qdo eu ia visitar o meu pai, ss duas meninas não me davam sossego. Eu tinha 17a na época, a Lílian tinha 10 e a Luíza 8, não precisam acreditar, mas foi eu quem tirou o cabacinho das duas. E por incrível que possa parecer, tirei primeiro o da Luíza, e depois o da Lílian. Qdo a mãe delas descobriu que eu estava trepando com as filhas, a Luíza já estava com 16 anos. Ela nunca soube que fui eu que tirei o cabacinho delas, pq pensava que a menina havia deixado de ser virgem a pouco tempo com um namorado da escola. Até hj eu acho que a filha caçula da Lílian é minha filha tbm, pq até as minhas manias a menina tem, além de parecer muito comigo. Mas só tive contato com ela duas vezes, qdo entrou na escola, e qdo fez 7a. Depois nunca mais. E sexo com as duas juntas, rolou várias vezes. E era delicioso trepar com as duas juntas…
    Bons tempos aqueles.

  • Responder Amilton

    Com 16 anos arrombei minha irmã de 6 e metia gostoso naquele cuzinho com 9 comecei a mente na bucetinha mas tinha medo uma vez resguei a xaninha dela depois de um tempo socava tudo nela e aguentava mês 19cm com o sozinho arregalado , hoje tenho 30 e sou amante da minha maninha só dá o cuzinho pra mim.

    • Chupeta de Neném

      Que delícia cara. Tenho experiência também. Chama no telegram @meachow

  • Responder Papai Carinhoso

    Que delícia.
    Conta mais.
    Gozei aqui, meu e-mail de contato: [email protected]

  • Responder Cabeçao.

    Boa tarde me diz se e verdade esses telegram. Gostei dos contos são bons.

  • Responder ric

    Delicia conta aí…

  • Responder JSS

    Que delicia Livia conra mais, nossa fiquei de pau duro so de imaginar o cu de voces duas que [email protected]

  • Responder 123

    lol kkk

  • Responder Rx

    Continua