# #

Comi a mulher, mas tive que dar para o marido

1297 palavras | 4 |4.40
Por

minha primeira vez com mulher, e com macho adulto

La no início dos anos 80 era muito comum falsificar as carteira de estudante junto aos Grêmios Estudantis dos colégios. Tinha 15 anos ,mas consegui uma carteira de estudante de 18 anos.
Trabalhava em um supermercado da av. Protasio Alves aqui em Porto Alegre, perto do cine RITZ.(hoje fechado).
Um dia um colega me convidou para ver um filme pornô , “Emanuelle’, com A atriz Silvia Kristel.
Claro que aceitei. Estava super contente por usar minha carteira falsificada. E ainda por cima assistir aquele filme.
No meio do filme meu colega começou a passar a mão na minha coxa . Achei estranho , mas ele era mais velho que eu, inclusive casado. E começou a me fazer perguntas sobre sexo. Se eu já tinha dormido com mulher, se batia punheta enfim um monte de perguntas. Fui respondendo que gostava de punheta e nunca havia dormido com mulher. Ele foi avançando e passou a mão sobre meu pauzinho, que estava endurecendo. Fiquei meio sem jeito, mas o filme acabou com meu pau bem duro, tivemos que esperar as pessoas saírem . Então ele me convidou para ir na sua casa conhecer sua mulher. Pegamos uma cerveja e fomos para o ponto do ônibus.
Chegamos na casa dele , ele me apresentou sua mulher, que era bem bonitinha, morena , boa de corpo, mais ou menos 30 anos, a mesma idade dele. Tomamos mais umas cervejas e ele contou para ela que estávamos no cinema vendo o filme e contou alguns pedaços do filme.
Fui ficando vermelho de vergonha, eles riram. Ela pediu licença e foi para o quarto se trocar.
Voltou vestida com uma lingerie bem transparente me deixando ainda mais vermelho.
Sentou-se ao lado no sofá e não demorou estava passando a mão no meu pauzinho. Ele se levantou e saiu da sala . Ela puxou minha cabeça para seu peito e me fez lamber suas tetas. Ela ia me explicando como fazer e eu meio bêbado meio confuso fui obedecendo. Depois ela foi descendo sua cabeça em direção ao meu pau , baixou minha calças e se pôs a lamber um pau.
Ele chegou só de cueca e começou a tirar minha minha roupa . Então quando meu pau estava bem duro ela puxou minha cabeça em direção a sua buceta. Nunca tinha chupado e ela foi me explicando e ajudando, logo estava de quatro ajoelhado no chão com ela sentada no sofá com as pernas abertas e eu com cara enviada no meio da sua buceta. Era tanta tesão que nem percebi que ele ia me acariciando as costas e bunda. Não tive coragem de parar de chupar para reclamar.
Fui deixando e quando me dei por conta seus dedos percorriam minha bunda , meu reginho e forcavam meu cuzinho.
Ela me puxou pela cabeça e me fez enviar meu pau na sua buceta. Eu estava com pau muito duro e a buceta dela estava bem molhadinha. Não encontrei dificuldade de penetra-la . Mas marinheiro de primeira viagem, gozei muito rápido. Segundos depois de penetra-la já tinha gozado.
Continuei mesmo assim , mas meu pau foi amolecendo. Ele continuava brincando no meu cuzinho.
Ela fez beicinho e me empurrou para baixo, para chupar de novo sua buceta.
Não pude negar, pois ela não tinha gozado. Acabei chupando aquela buceta toda melada. Era minha primeira vez , mas não podia decepcionar . Meti a cara e acabei mesmo sem querer melando minha cara com meu próprio gozo.
Ele atrás de mim continuava e massagear meu cuzinho> só que agora passava o dedo na buceta dela e depois colocava no meu cu. Já tinha feito troca-troca com meus primos antes, então sabia o que ele queria. Mas depois de comer a mulher dele não podia negar-lhe este capricho.
Ele também começou a passar a mão no meu pau , que lentamente foi ficando duro.
Quando ela percebeu que estava duro me puxou para cima e enviei nela novamente .
Começamos a nos beijar e em seguida seu marido levantou e postou-se do nosso lado. Ela parou de me beijar e começou a chupar seu pau. Aí começou a alternar , chupava o pau do marido e depois me beijava. Já estava com gosto da minha porra e nem percebi diferença.
Não tardou ele colocou seu pau direto nas nossas bocas enquanto nos beijávamos.
Estava tudo muito melado, boca pinto buceta. Não conseguia gozar nem manter meu pinto duro. Ela percebeu meu constrangimento e me me ajeitou sobre o sofá. Ela ainda sentada me deitou no sofá com a bunda para cima e cara novamente na sua buceta. me fez chupar mais. Dizendo que eu deveria chupa-la até ela gozar. Obedeci.
Mas enquanto isso seu marido enviava o dedo na buceta dela e na minha boca , depois tirava o dedo e enviava no meu cu. Acabei abrindo as pernas para facilitar, deixando uma perna no sofá e a outro no chão. Meu colega então começou a enviar o pau na buceta dela e na minha boca. fez isso 3 ou 4 vezes e depois sentou-se em cima de mim e tentou enviar seu pau no meu cuzinho. Reagi, tentei me mexer , mas ela segurou minha cabeça carinhosamente e disse:
——- Calma , relaxa, vai ser bom…..
Depois de comer a mulher dele, ser chupado por ela , penetrado pelo dedo dele, acabei cedendo. Ele foi gentil. Enviou só a cabeça, deixou eu me acostumar, tirou ,cuspiu no meu cu, enviou de novo. Ele parecia que sabia o que estava fazendo.
Logo senti todo o seu peso sobre minha bunda. Ela apertava minha cabeça contra sua buceta e ele empurrava seu pau com força no meu cuzinho.
Senti umas estocadas fortes e logo encheu meu cu de porra.
Paramos os três. Ela se levantou e foi tomar um banho. Ele continuava sobre mim e só se levantou quando ela voltou a sala. Levantou e foi ao banho também. Ela sentou , fez carinho na minha cabeça , eu quase adormeci. Quando ele chegou pedi para ir tomar um banho.
Voltei, eles estavam tomando cerveja. Me ofereceram, mas eu estava meio embriagado.
Peguei minha roupa no chão, mas eles não deixaram . Me sentaram no sofá , me acariciaram e logo ela estava brincando no meu pau mole e me fez inclinar o corpo por sobre seu marido. Me vi com a cara no seu pau. Ela enviou o dedinho na minha boca , foi abrindo ate eu começar a chupar o pau dele. Não demorou a ficar duro .Então ela comandando toda a situação me levantou e me fez sentar no colo dele . Ele rapidamente cuspiu na mão e passou no pau. Quando sentei já foi direto no seu pau pau. Doeu um pouquinho. mas acabou entrando. Ela se ajoelhou na nossa frente e passou a chupar meu pauzinho mole. Demorou mas ele foi crescendo . Então com seu marido me puxando para cima e para baixo acabei gozando na boquinha dela. Ela levantou-se e me deu um longo e molhado beijo na boca. Quando terminou de me beijar seu marido me virou sobre o sofá e com estocadas bem fortes gozou novamente no meu cu.
Não sei o que foi melhor: se a primeira trepada com mulher ou o primeiro adulto a comer meu cu.
Voltei na casa deles 2 vezes , mas na terceira vez ela já não estava e não era mais a mesma coisa . Acho que ele queria só me comer. Acabei perdendo o interesse e não saímos mais.
Meu email : [email protected]
Cusp

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,40 de 15 votos)

Por # #

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Tony Bahia

    Delicia de conto Cara, uma foda a três é mais gostoso. [email protected]

  • Responder Daniel Coimbra

    Muito muito bom mesmo. Conta mais casos assim se tiver.

    • boneco

      tenho outros contos relatados aqui. pesquisa por “boneco”, vão vários que escrevi.

  • Responder Ze

    Q merda!