# # #

Aos 13 fui descabaçada pelo meu irmão mais velho!…

1797 palavras | 8 |4.46

Me chamo Larissa, tenho 13 anos, moro no interior do rio, com meus e meu irmão Carlos de 18 anos, vou contar de como ele tirou minha virgindade.

Tudo aconteceu semana passada, eu e meu irmão a gente tava voltando da escola pra casa e ele me comeu no caminho, rsrs. Mesmo eu tendo 13 anos, meus pais pediam pro meu irmão me levar e buscar na escola, pois eles sempre alertavam do perigo de andar por aí sozinha.

O meu irmão sempre foi muito carinhoso, protetor e amável comigo, isso desde que ele tinha 10 ou 11 anos, a gente brincava muito, e brincamos até hoje. Mesmo com nossa diferença de idade, mesmo ele sendo uma rapaz namorador, (muito mesmo, rsrs), a gente era muito amigos, e eu amava muito ele, amava ele mais que amava meus pais até, rsrs. Ele me levava e me buscava na escola todos os dias, ele ia de bicicleta e me colocava no guidão, de frente pra ele e ficava mandando beijos e caretas pra mim, eu ria muito e mandava beijinhos pra ele também, rsrs.

Só que de um dia pro outro ele começou a agir diferente comigo, começou há uns 2 meses atrás mais ou menos. Quando estávamos sozinho ele me agarrava e ficava me cutucando e me alisando, eu sentia algo diferente nesses carinhos dele, mas ele não fazia nada além de ficar me tocando, alisando e encoxando.

No começo eu achava que era parte da brincadeira dele, mas logo percebi que ele fazia aquilo por sentir prazer, pois eu ouvia ele gemendo bem baixinho enquanto esfregava seu pau na minha bunda.

Até que um dia, a gente tava na sala brincado de lutinha, ele que é mais forte que eu ganhava sempre, até que ele me fez ficar de bruço no chão. Aí ele debruçou sobre mim, logo senti seu pau bastante duro em minha bunda, fiquei bastante assustada, mas como ele era carinhoso comigo eu não falei nada.

Até que na semana passada, ele me descabaçou, tudo aconteceu muito rápido, e eu fiquei um muito assustada naquele momento, pois meu irmão nunca tinha olhado pra mim, como olhou naquele momento.

A gente tava caminhando de bicicleta, com eu no guidão, da minha posição eu logo notei um volumes crescendo no short que ele usava. Sabia o que era aquilo, meu irmão tava de pau duro, só não sabia o porquê, achei que era por causa do meu uniforme, pois eu tava de saia.

Um tempo depois ouvi um barulho, aí meu irmão parou e mandou eu descer, quando desci vi que o pneu tinha furado. Aí ficamos uns 5 minutos andando até que encontramos um lugar pra descascar, tinha um banco grande e uma árvore grande atrás.

Eu fui correndo e sentei lá, aí meu irmão sentou ao meu lado, colocou a mão na minha coxa e falou – Tá cansadinha irmã?. Eu me arrepiei ao sentir o toque da mão dele, aí sorri e falei – Aham. Aí ele começou a me acariciar, fazendo eu me arrepiar todinha, aí eu falei – O que você tá fazendo irmão?. Ele – É só carinho, rsrs.

Aí eu não falei mais nada, até que meu irmão sem falar nada me deitou no banco, e começou a alisar minha bucetinha por cima da minha calcinha, fazendo eu ficar ofegante em pouco tempo.

Aí meu irmão olhou ao redor pra ver se não tinha gente vindo, em seguida tirou seu pau pra fora, se ajeitou na minha frente, aí olhou pra mim e falou – Vou fazer mais carinho tá?… Vai doer um tiquinho, mas garanto que você vai gostar… Se doer muito pode gritar, tá.

Eu não falei nada, porquê eu tava paralisada, aí ele puxou minha calcinha e enfiou seu pau na minha bucetinha de uma só vez, senti uma dor dor enorme e gritei bem alto. Em seguida meu irmão iniciou um vai-e-vem rápido, fazendo minha dor ir embora em pouquíssimo tempo, aí eu comecei a gostar do vai-e-vem que ele fazia.

Um tempo depois ele levantou e falou pra eu sentar de frente pra ele, que me ergueu um pouquinho e em seguida enfiou o seu pau na minha bucetinha de novo. Dessa vez não senti dor, só um pequeno incômodo quando o pau dele entrou, aí ele começou o vai-e-vem, e foi mais rápidos que na primeira vez.

Meu irmão ficou nesse vai-e-vem por pouco tempo, ele logo tirou seu pau, aí me levantou e ficou se masturbando até gozar no chão, aquela era a primeira vez que via aquilo, vi meu irmão se masturbando e gozando pela primeira vez. Aí ele percebendo meu olhar curioso falou – Sabe o que é isso irmã?. Eu bastante envergonha, apenas balancei a cabeça dizendo “não”, aí ele falou – É o leitinho do teu irmão, rsrs.

Aí ele vestiu minha calcinha guardou seu pau e falou – Mamãe e papai não podem saber disso tá. Eu nada falei, tava mega envergonhada, aí ele beijou minha testa fez carinho no meu nariz e falou – Não vai contar pra ninguém que a gente fez isso né?. Eu disse não com a cabeça, ele – Que bom… Agora vamos pra casa.

Aí ele me fez sentar no banco da bicicleta e foi empurrado ela até chegarmos em casa, e assim que entrei fui correndo pro banheiro, pra tomar um banho, pois eu tava toda suja de sangue e do “leite” do meu irmão. Quando saí do banho fui pro meu quarto nem olhei pro meu irmão que tava na cozinha fazendo seu lanche.

Um tempo depois meu irmão entrou no meu quarto e sentou na minha cama, eu que tava olhando pra parede, como se lá tivesse passando alguma coisa, e de fato passava, pois eu me lembrava do que meu irmão havia feito comigo.

Aí ele se aproximou de mim, virou meu rosto pra ele, mas eu na hora virei o olhar pra outro lugar, não queria ver meu irmão – Olha pra mim irmão (falou sério). Aí eu olhei pro rosto de meu irmão, mas logo desviei meu olhar pra baixo, aí ele levantou meu rosto e com os olhos chorosos falou – Desculpa irmã… Eu não devia ter feito aquilo… Eu te machuquei?. Eu bastante tímida falei – Ahã.

Aí ele deitou ao meu lado e ficou acariciando meu rosto e meus cabelos, e a todo momento dizia “te amo muito maninha”.

Logo as imagens do meu irmão me tocando e abusando de mim sumiram, meu nervosismo foi aos poucos indo embora junto, tava calma já, aí falei – Irmão… Por quê fez aquilo comigo?. Ele todo e envergonhado fala – Não sei… Eu… Eu só fiz… Você me desculpa?. Eu – Desculpo sim irmão… Mas é que… Ele – O quê?. Eu devo ter ficado bem vermelha, aí falei – É que eu gostei… Bom… Eu não gostei, mas gostei… É estranho né, rsrs. Ele – Você gostou memso?. Eu – Acho que sim, não sei dizer. Ele – Bom irmã… Você não gostou… Foi o seu corpo que gostou. Eu – Como assim irmão?. Ele – Seu corpo gostou porquê é uma coisa gostosa de se fazer… E você não gostou porquê não tava preparada, entendeu?. Mesmo sem ter entendido eu sorri e falei – Entendi

Depois daquela conversa eu já tava bem mais calma, e meu irmão diferente de mais cedo, tava me acariciando de um modo que só um irmão de verdade acaricia a irmã. Eu logo cai em sono e dormi feito pedra, ao acordar meu irmão ainda tava deitado ao meu lado acariciado meus cabelos e olhando pra mim, e quando me viu acordada falou – Oi dorminhoca… Dormiu bem?. Eu com um enorme sorriso no rosto o abracei e falei – Sim irmão… Dormi muito bem. Ele – Bom a mamãe tá chamando pra jantar! Vamos.

Aí a gente foi jantar, depois do jantar eu e ele ficamos na sala assistindo um filme, a gente ficou deitados no sofá meio que de conchinha com ele atrás de mim, e a todo momento acariciava meu rosto e dizia “te amo irmãzinha”.

Ficamos um tampão ali, e acabamos dormindo na sala, de manhã acordei no meu quarto. Aí eu fui até o quatro de meu irmão, que ainda tava dormindo, eu deitei com ele e fiquei ali até ele acordar, e quando ele acordou me abraçou e disse “te amo irmã”.

Aí eu acabei dormindo novamente, e quando acordo, estou de bruços e pelada, com meu irmão em cima de mim e com seu pau dentro da minha bucetinha. Quando ele percebeu que eu tava acorada, parou e se deitou ao meu lado, aí eu olhei pra ele e falei – Por quê você tava fazendo isso irmão?. Ele – Porquê é bom. Eu – É mesmo!… Por quê parou?. Ele – Quer que eu continue?. Eu – Não sei, rsrs. Ele – Como assim não sei?… Quer ou não quer?. Eu – Você quer?. Ele – Quero!. Eu – Então eu quero também.

Aí ele debruçou-se sobre meu corpo de novo e enfiou seu pau na minha bucetinha, e logo que ele iniciou o vai-e-vem, eu senti um relaxamento no meu corpo, eu quase dormi de novo, aí meu irmão falou – Que foi irmã?… Gozou foi?. Eu que não sabia o que tinha acontecido comigo e mem do que ele tava falando falei – Não sei. Ele – Posso continuar?. Eu – Pode… Mas vai logo… Tô cansada. Ele – Tá bem irmã… Já to gozando já.

Aí ele ficou num vai-e-vem rápido por uns 30 segundos e parou, e no que ele parou senti um líquido saindo do pau dele. Depois meu irmão deitou ao meu lado e ficou me acariciando, em seguida fomos tomar banho, primeiro ele mandou eu ir e quando saisse do banheiro era pra chamar ele pra tomar seu banho. Eu fui, tomei meu banho, depois chamei ele, que foi pro banheiro e tomou seu banho.

Depois daquele dia eu e meu irmão fazemos isso quase que todos os dias, eu quero fazer todos os dias, mas ele diz que é arriscado, pois nossos pais não podem descobrir que a gente faz essas coisas, rsrs.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,46 de 37 votos)

# # #

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Curioso

    Eu tenho vontade de iniciar minha irmã de 12 anos mais não sei como kk acho que vou deixar um conto aberto no computador. Oque vocês acham ?

    • Linda

      Acho horrível, pra iniciar ela precisa querer, não ser forçada. Isso pode causar traumas e você ser preso

    • B_

      Cara, não faz isso não… Primeiro você têm que ter intimidade com sua irmã… Aí você vai começar com umas sacanagens de leve (“carinhos”)…

      Conversa com essa menina no instagran

      https://instagram.com/kmt.dvorak?igshid=1ijok8ui1evbc

      Ela me ajudou a perder minha virgindade com minha irmã…

      Aí conta pra gente se tu conseguiu

    • B_

      Faz isso não mano…
      Antes de tudo você têm que ter intimidade com sua irmã…
      Aí você vai começar com uma sacanagem de leve (tipo ficar de pau duro na frente dele, mas toma cuidado pra ela não contar pros seus pais)…
      Conversa com uma garota no Instagram o nick dela é kmt.dvorak
      Ela me ajudou a perder minha virgindade e iniciar minha irmã de 11 anos e ela é bem de boa…
      Aí se você conseguir conta pra gente como foi
      Boa sorte

  • Responder Gtk

    Esqueceu se describer….

  • Responder Rola gostosa

    E hj qual a sua idade Larissa ,virou uma putinha que gosta de rola grossa , gostaria de saber mais sacanagem sua chama lá [email protected]

    • Anon

      Nem leu o conto direito, se é que sabe ler.

    • Rolagostosa

      Confesso que errei só que eu sei lê sim seu imbecil