#

amor de pai (4)

879 palavras | 3 |4.29
Por

olá sou a MANUELA ,mais uma vez cá estou para continuar com a minha estória desde os meus 17 anos até aos 30 que ainda vou fazer no dia 21 de dezembro , então 2 meses depois de eu fazer os 17 anos dia 23 de fevereiro de 2007 o meu querido pai amante o meu melhor amigo faleceu de um acidente terrível de viação na zona industrial da Maia porto foi esmagado por um camião longo de mercadorias o carro do meu pai ficou completamente esmagado o motorista era espanhol a empresa também o resultado do acidente depois de ser feita a perícia o motorista saiu da faixa onde circulava porque o sr. teve um AVC . estão a imaginar o desgosto de toda a nossa família e amigos . para piorar mais a situação em março não me veio a menstruação abril também não então eu falei com a minha mãe do que estava a acontecer , fomos á farmácia fazer o teste de gravidez para meu espanto deu positivo estava mesmo grávida ,de seguida a minha mãe levou-me á ginecologista e confirmou gravida de 3 meses . ficamos arrasadas ,eu queria tirar o bebe a minha também o meu irmão não estava de acordo disse que ate gostava de ter um irmão, então a minha mãe preocupada com a vizinhança não me conheciam com um namorado nunca me virão nem com amigos ia ser falada então a minha mãe decidiu vou vender tudo e vamos viver para alvor no algarve onde tinha-mos a nossa casa de férias , todos concordamos e assim foi , a minha mãe vendeu a lavandaria e a casa que ficava por cima da lavandaria á empregada vendeu a oficina de mecânica chapeiro e pintura aos quatro empregados do meu pai eles fizeram questão de ficarem com a empresa a nossa moradia foi vendida um ano depois , eu já tinha o meu filho Rafael menino lindo fruto de um grande amor que teve uma morte trágica .então em alvor não foi nada fácil a minha mãe que só bebia em festas começou a beber vinho ás refeições e depois das refeições bebia vinho do Porto que normalmente quem bebia era o meu pai , depois do jantar era um problema ,comia mal bebia muito chorava constantemente , e para a levar para a cama era um castigo ,eu na altura com um barrigão era difícil então era o meu irmão que tinha que a levar para o andar de cima tinha que lhe dar banho e mete-la na cama, eu pouco podia ajudar .o pior para o meu irmão é que ela queria que ele dormisse com ela , o meu irmão coitado lá lhe fazia a vontade , mais tarde conseguimos que ela não bebesse , só á noite queria beber um pouco de vinho do porto dizia que ficava mais calma , quanto ao meu irmão é que ela fazia questão que ele dormisse com ela , o meu irmão tinha 23 anos não se sentia nada á vontade com essa situação ,fiquei a saber mais tarde pelo meu irmão que não foi possível aguentar mais , a minha mãe era e ainda é linda corpo perfeito e na altura ela tinha 44 anos o meu irmão 23 sangue a ferver a minha mãe sempre teve o hábito de dormir sem roupa isto deve ser de família porque todos nós temos o mesmo hábito de dormir despidos , o meu irmão está com 36 continua a dormir com mãe , a minha mãe sabe que eu sei mas nunca comentou nada comigo . o meu irmão safado não perdeu a oportunidade quando eu estava já quase com 9 meses com um grande barrigão um domingo de manha depois da minha sair para ir á missa foi ao meu quarto completamente nu e meteu-se na minha cama e pediu-me desculpa e disse que adorava comer uma grávida assim com esse barrigão , eu no momento nem reagi ele então não perdeu tempo , começou por me beijar na boca eu aderi abriu-me as pernas e começou a lamber-me a pitinha fiquei tão maluca e pedi para eu chupar o pau dele de seguida pedi para ele me foder o cu ele adorou e disse a mãe adora que eu me venha na boca ela engole a leitada toda e também gosta que eu foda no cu , e então disse eu estás consulado , ele e muito e temos que repetir , e então eu disse afinal a mãe não te satisfaz . e muito ,mas tu és diferente mais nova e também é bom variar estou muito feliz á muito tempo que eu andava a pensar fazer-te a cantada , mas estava com receio da tua reação , então hoje arrisquei e fui bem sucedido ,finalmente comi uma grávida, bom demais . obrigado mana e desculpa a invasão , podemos repetir ou nem por isso , por favor diz que sim . tá desde que a mãe nunca saiba .continuo em breve bj.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,29 de 7 votos)

Por #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Ebannus

    Eita, Vaz repetir com teu irmão, o que fizestes com teu pai?

  • Responder Fmfm

    Boa historia, mas tenta melhorar o texto.

    • LARANGEIRA

      meu pai faleceu dois meses depois de eu fazer 17 anos e dois meses depois soube que estava grávida do meu querido e saudoso pai . e depois o sr. tem que ler os meus contos desde o inicio que já vai no ( 4 ) e assim evitava o comentário . mas gostei é sinal que lé algo do que eu escrevo bj.